Município alemão está a oferecer um milhão de euros a quem provar que a cidade não existe

Uma cidade na Alemanha está a oferecer um milhão de euros à primeira pessoa que fornecer “provas incontestáveis” de que aquele local não existe.

Autoridades em Bielefeld, a cerca de 100 quilómetros de Hanover, estão a oferecer uma recompensa de um milhão como uma piada antiga de que a cidade, que não tem grandes marcos ou características geográficas, na verdade, não existe.

De acordo com a Newsweek, tudo começou em 1993, quando o estudante universitário de engenharia informática Achim Held criou uma teoria sobre a inexistência de Bielefeld e publicou-a num grupo de conversação Usenet, vindo a ganhar grande popularidade depois na Internet.

Seria uma piada com retoques satíricos, embora repleta de “factos” e “argumentos”  e baseava-se numa premissa simples: “algumas pessoas perceberam que nos media se falava muito de uma cidade chamada Bielefeld, mas ninguém conhece ninguém de Bielefeld nem alguma vez lá esteve”.

Em 1999, era um tópico de conversação nacional e os fundadores da cidade publicaram um comunicado de imprensa no Dia das Mentiras, confirmando que a cidade, de facto, existia. Num discurso de 2012, a chanceler Angela Merkel chegou a dizer numa reunião que tinha estado recentemente em Bielefeld, acrescentando “se existir mesmo”.

Diferentes teorias surgiram para explicar a “conspiração de Bielefeld”. A mais popular afirma que uma organização obscura conhecida como SIE (“eles” em alemão) manteve a ilusão de uma cidade para fins nefastos. Outros dizem que é uma fraude perpetrada pelo Mossad de Israel, pela CIA e por alienígenas que operam na Universidade de Bielefeld.

A “conspiração” pode ser consultada, por exemplo, no WayBackMachine, o site-arquivo de páginas da Internet (aqui via Google Translate em tradução automática para português – e tem também direito a página na Wikipédia e está preservada no Google Groups). Mas quem hoje aceder ao site bielefeldverschwoerung.de vai encontrar outro material: o concurso acabado de lançar pela cidade-alvo da conspiração.

É uma campanha oficial de promoção da cidade e da sua “existência” – Die Bielefeldmillion – O Fim de uma Conspiração ​- e é um plano para acabar de vez com a piada sobre a cidade que “ninguém conhece” e que “não é célebre por nada”. Oferece-se um milhão de euros a quem provar que a dita, de facto, não existe. Segundo a radiotelevisão alemã Deutsche Welle, para ganhar o prémio será necessário defender e fundamentar bem a teoria.

Bielefeld, com mais de 800 anos e que fica no estado da Renânia do Norte-Vestefália, tendo mais de 300 mil habitantes, espera com esta campanha não só afastar a duradoura conspiração como aproveitar para promover-se como destino turístico.

“Estamos muito animados com todas as criativas contribuições e estamos 99,99% seguros de que conseguiremos rebater quaisquer reivindicações”, comentou o diretor de marketing do município, Martin Knabenreich, à Deutsche Welle. No site, há contribuições em fotografia, texto e vídeo.

A competição está aberta até 4 de setembro e toda a gente que quiser concorrer tem até, pelas contas das autoridades da cidade, 0,01% de possibilidades de ganhar o milhão.

Além do concurso, Bielefeld planeou uma festa para comemorar os 25 anos da piada sobre a sua existência. O criador da teoria de conspiração é um dos convidados.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Bielefeld é uma cidade linda onde meu amor nasceu e toda família dele. . Eu amo cidade floresta e duas arquiteturas lembrando que grande fábrica de Dr Ocker está localizado na cidade .tschüss

  2. Se Bielefeld não existe, experimentem convidar James Arthur para ir lá dar um concerto e vão ver o que acontece a Bielefeld!!!
    Não só vai deixar de existir como vai desaparecer no meio de tantas pessoas! 🙂

Prémios e dados pessoais. Worten alerta clientes para falso SMS em circulação

A Worten alerta os clientes para não partilharem dados pessoais em resposta a mensagens publicitárias falsas que estão a circular por SMS em nome da retalhista, a anunciar um prémio. "Alertamos que não devem ser facultados …

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …