Município alemão está a oferecer um milhão de euros a quem provar que a cidade não existe

Uma cidade na Alemanha está a oferecer um milhão de euros à primeira pessoa que fornecer “provas incontestáveis” de que aquele local não existe.

Autoridades em Bielefeld, a cerca de 100 quilómetros de Hanover, estão a oferecer uma recompensa de um milhão como uma piada antiga de que a cidade, que não tem grandes marcos ou características geográficas, na verdade, não existe.

De acordo com a Newsweek, tudo começou em 1993, quando o estudante universitário de engenharia informática Achim Held criou uma teoria sobre a inexistência de Bielefeld e publicou-a num grupo de conversação Usenet, vindo a ganhar grande popularidade depois na Internet.

Seria uma piada com retoques satíricos, embora repleta de “factos” e “argumentos”  e baseava-se numa premissa simples: “algumas pessoas perceberam que nos media se falava muito de uma cidade chamada Bielefeld, mas ninguém conhece ninguém de Bielefeld nem alguma vez lá esteve”.

Em 1999, era um tópico de conversação nacional e os fundadores da cidade publicaram um comunicado de imprensa no Dia das Mentiras, confirmando que a cidade, de facto, existia. Num discurso de 2012, a chanceler Angela Merkel chegou a dizer numa reunião que tinha estado recentemente em Bielefeld, acrescentando “se existir mesmo”.

Diferentes teorias surgiram para explicar a “conspiração de Bielefeld”. A mais popular afirma que uma organização obscura conhecida como SIE (“eles” em alemão) manteve a ilusão de uma cidade para fins nefastos. Outros dizem que é uma fraude perpetrada pelo Mossad de Israel, pela CIA e por alienígenas que operam na Universidade de Bielefeld.

A “conspiração” pode ser consultada, por exemplo, no WayBackMachine, o site-arquivo de páginas da Internet (aqui via Google Translate em tradução automática para português – e tem também direito a página na Wikipédia e está preservada no Google Groups). Mas quem hoje aceder ao site bielefeldverschwoerung.de vai encontrar outro material: o concurso acabado de lançar pela cidade-alvo da conspiração.

É uma campanha oficial de promoção da cidade e da sua “existência” – Die Bielefeldmillion – O Fim de uma Conspiração ​- e é um plano para acabar de vez com a piada sobre a cidade que “ninguém conhece” e que “não é célebre por nada”. Oferece-se um milhão de euros a quem provar que a dita, de facto, não existe. Segundo a radiotelevisão alemã Deutsche Welle, para ganhar o prémio será necessário defender e fundamentar bem a teoria.

Bielefeld, com mais de 800 anos e que fica no estado da Renânia do Norte-Vestefália, tendo mais de 300 mil habitantes, espera com esta campanha não só afastar a duradoura conspiração como aproveitar para promover-se como destino turístico.

“Estamos muito animados com todas as criativas contribuições e estamos 99,99% seguros de que conseguiremos rebater quaisquer reivindicações”, comentou o diretor de marketing do município, Martin Knabenreich, à Deutsche Welle. No site, há contribuições em fotografia, texto e vídeo.

A competição está aberta até 4 de setembro e toda a gente que quiser concorrer tem até, pelas contas das autoridades da cidade, 0,01% de possibilidades de ganhar o milhão.

Além do concurso, Bielefeld planeou uma festa para comemorar os 25 anos da piada sobre a sua existência. O criador da teoria de conspiração é um dos convidados.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Bielefeld é uma cidade linda onde meu amor nasceu e toda família dele. . Eu amo cidade floresta e duas arquiteturas lembrando que grande fábrica de Dr Ocker está localizado na cidade .tschüss

  2. Se Bielefeld não existe, experimentem convidar James Arthur para ir lá dar um concerto e vão ver o que acontece a Bielefeld!!!
    Não só vai deixar de existir como vai desaparecer no meio de tantas pessoas! 🙂

Responder a Mauro Cancelar resposta

Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica. Ao contrário dos …

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …