Chuvas torrenciais em Maiorca fizeram 10 mortos. Há 1 criança desaparecida

Pelo menos 10 pessoas morreram e uma criança está dada como desaparecida na sequência das inundações que devastaram na noite de terça para quarta-feira o leste de Maiorca, a ilha principal do turístico arquipélago espanhol das Baleares.

No último ponto de situação feito pelos serviços da proteção civil, as equipas de socorro tentavam na tarde desta quarta-feira localizar essa criança, o último desaparecido, que viajava com a mãe de carro quando foram apanhados por uma inundação que arrasou a localidade de Sant Llorenç.

A mãe morreu, mas antes conseguiu salvar uma filha de oito anos, não se sabendo se terá conseguido fazer o mesmo com o filho mais pequeno, que está desaparecido.

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, visitou esta tarde a área afetada e assegurou às pessoas afetadas que o executivo irá “empenhar todos os recursos para que possam voltar à normalidade das suas vidas o mais rapidamente possível”.

Um total de 630 pessoas, incluindo militares, policias, bombeiros, psicólogos e outros profissionais de emergência trabalham no terreno afetado pelas inundações provocadas pelas fortes chuvas no leste de Maiorca.

Fazem parte deste contingente os 120 homens e mulheres da Unidade Militar de Emergência (UME) que foram enviados para a ilha esta manhã.

Segundo as autoridades, a tempestade atingiu níveis nunca vistos naquelas ilhas, tendo-se a intempérie localizado numa estreita faixa de terra, o que levou ao transbordo de um riacho que atravessa a cidade de Sant Llorenc des Cardassar, cerca de 60 quilómetros a leste de Palma de Maiorca.

Vídeos gravados em telemóveis pelos moradores na zona mostram uma forte corrente de água e lama que enterrou carros e arrancou árvores no seu caminho pelas ruas da aldeia de 8.000 habitantes.

Vias de comunicação inundadas e carros amontoados depois de arrastados pela força da água, alguns deles ao longo da berma da estrada principal, eram uma imagem normal esta quarta-feira em Sant Llorenc e outras localidades dos arredores.

Segundo o Governo regional balear, chegaram a cair até 220 litros de água por metro quadrado nas zonas mais afetada pela intempérie, havendo entre os mortos “dois cidadãos britânicos”.

O governo das Ilhas Baleares anunciou, entretanto, três dias de luto e pediu ao governo central que decrete o estado de catástrofe devido às graves inundações.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Museu de Nova Iorque devolve ao Egito "caixão dourado" roubado em 2011

O Museu Metropolitan (MET) de Nova Iorque vai devolver ao Egito um sarcófago roubado em 2011, durante as manifestações da chamada "Primavera Árabe", anunciou este domingo a instituição nova-iorquina. Construído em ouro para o sacerdote Nedjemankh, …

Quase um terço da população chinesa terá mais de 65 anos em 2050

Trinta por cento da população chinesa terá mais de 65 anos, dentro de três décadas, informou hoje um jornal chinês, ilustrando o rápido envelhecimento do país, apesar de ter abolido a política de filho único. “O …

Trump pede à Europa que julgue os seus "jihadistas" (ou os EUA terão de os libertar)

O presidente dos Estados Unidos apelou aos países europeus, nomeadamente o Reino Unido, a França e a Alemanha, para repatriarem e julgarem os seus combatentes do Estado Islâmico feitos prisioneiros na Síria. Caso contrário, aponta …

Depois de 11 mortes e 1800 condenações, franceses querem o fim dos Coletes Amarelos

A maioria dos franceses defende que devem parar os protestos nas ruas dos “coletes amarelos”, três meses após o início das primeiras manifestações que fizeram 11 vítimas mortais, noticia esta segunda-feira a agência France Presse. Uma …

Uma tese de doutoramento levou Marcelo à capa do El País

A tese de doutoramento sobre Marcelo Rebelo de Sousa é de autoria de uma professora universitária e jornalista da RTP. O tema já chegou ao jornal espanhol El País. O jornal percorre as provas de popularidade …

Seguros de saúde sobem para 2,6 milhões com crise no SNS

No primeiro semestre de 2018 o número de contratos de seguros de saúde aumentou 3%, em termos homólogos, para 2,6 milhões, escreve esta segunda-feira o Jornal de Notícias na sua edição impressa. Os dados, da Autoridade …

PSP usa critérios étnicos para avaliar risco de bairros problemáticos

Apesar de a recolha de dados étnico-raciais não ser permitida em Portugal, a PSP utiliza ainda critérios étnicos na avaliação do grau de risco de zonas urbanas sensíveis (ZUS), avança o jornal Público esta segunda-feira. Segundo …

Pyongyang fala em “momento decisivo” em vésperas de nova cimeira com Washington

O principal diário norte-coreano, Rodong Sinmun, escreve esta segunda-feira que o país enfrenta "um momento decisivo", em termos de desenvolvimento económico, a pouco mais de uma semana da cimeira entre o líder norte-coreano e dos …

OCDE quer tribunais especiais para julgar a corrupção

Portugal precisa de fortalecer os mecanismos de prevenção da corrupção, defende a OCDE, que sugere a criação de tribunais especializados e a redução das possibilidades de recurso dos arguidos.  O retrato da análise da corrupção …

Costa "está a colocar todos os potenciais sucessores no palco”

No seu habitual espaço de comentário político semanal na SIC, Luís Marques Mendes falou sobre as recentes alterações no Governo, a moção de censura do CDS que "não faz sentido" e a "crise anunciada" da …