Chernobyl vai ter o maior parque de energia solar do mundo

activsolar / Flickr

Parque solar de Mityaevo, na Crimeia

Parque solar de Mityaevo, na Crimeia

O local de um dos maiores desastres nucleares do mundo está agora prestes a tornar-se um marco na produção de energia sustentável.

Em 1986 o mundo sofreu a maior tragédia nuclear da história, o famoso acidente de Chernobyl, na cidade de Pripyat, na Ucrânia. Mais de 300 mil pessoas foram evacuadas da região e até hoje o local é um deserto apenas povoado pelos escombros do que foi deixado para trás.

Até hoje, os danos do acidente ainda se fazem sentir, e são incalculáveis. As terras agrícolas, por exemplo, ainda estão contaminadas – e assim continuarão durante séculos,  impróprias para a agricultura.

Os animais, 30 anos depois do desastre, estão, aos poucos, a começar a repovoar a região e os arredores, embora sejam totalmente proibido o seu consumo – à conta dos seus altos níveis de radiação. Por causa disso, há muito que se procura uma solução para a região – e parece que finalmente foi encontrada.

Pelo menos, é o que pensa um grupo de cientistas, investidores e empresários chineses e alemães que, segundo a Bloomberg, querem transformar o local no maior parque de captação de energia solar do planeta.

De acordo com o projecto, a capacidade do novo parque solar de Chernobyl será de 2 gigawatts de energia – a mesma energia gerada por dois reatores nucleares.

Mas quando pensamos em produção de energia, não podemos pensar apenas nos números de watts gerados – mas em todos os benefícios que rodeiam a energia solar, como por exemplo o facto de ser energia limpa, que não agride a natureza – como acontece com as gigantescas áreas alagadas de uma central hidroeléctrica, que matam todo o ecossistema.

Mais ainda, é necessário considerar os a inexistência de risco de um novo desastre nuclear como o que, mesmo com todo o aumento na segurança após Chernobyl, aconteceu em Fukoshima, no Japão, em 2011.

Além disso, outros 2 pontos interessantes acerca da energia solar chamam a atenção.

O primeiro deles é que, após o investimento inicial, a energia solar tem apenas custo de manutenção – a fonte de energia é inesgotável e garantida para o resto das nossas vidas.

O segundo é que, com o arrendamento da área onde serão instalados os painéis, a Ucrânia, um dos países do Leste Europeu mais devastado pela guerra nos últimos anos, terá um reforço na economia e uma forma de alavancar os índices de desenvolvimento da região.

Duas companhias chinesas sozinhas, a GCL System Integration Technology Co Ltd. e a China National Complete Engineering Corp, planeiam já injectar mil milhões de dólares no projecto – nada mau, para um pequeno país que continua dependente dos caprichos da sua poderosa vizinha Rússia.

Para terminar, um ponto mais emblemático do que palpável: este pode bem ser o primeiro grande passo para que brevemente a energia solar seja definitivamente encarada em todo o mundo como a fonte de energia do futuro.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Entretanto com o avanço da investigação melhores e mais eficazes sistemas solares hão de surgir certamente assim os investigadores se empenhem na matéria e que tal pensar em converter o frio em calor impossível não será certamente!.

  2. “O primeiro deles é que, após o investimento inicial, a energia solar tem apenas custo de manutenção – a fonte de energia é inesgotável e garantida para o resto das nossas vidas.”

    A fonte de energia é esgotável, mas não no nosso tempo de vida. Mas o problema está na primeira parte da frase, após o investimento inicial, os paineis têm um tempo de vida útil e portanto “tem apenas custo de manutenção”… até terem de ser substituidos e não para todo o sempre, o que torna, por agora, a energia solar mais cara do que outras fontes.

    Converter frio em calor é converter menos energia, o frio, em mais energia, o calor, o que é certamente impossivel.

RESPONDER

O titanossauro mais antigo do mundo foi descoberto na Patagónia

Ninjatitan zapatai viveu há aproximadamente 140 milhões de anos, no início do Cretáceo, na atual Patagónia, na Argentina. Segundo os cientistas, o novo espécime fóssil de tiranossauro pode ser o mais antigo do mundo. Com cerca …

Volvo prepara mudança estratégica e apresenta o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge

A marca de automóveis sueca apresentou o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge. O modelo representa mais um passo no caminho para a eletrificação total da Volvo, já que esta semana a marca …

Benfica 2-0 Estoril | Águia carimba presença na final

O Benfica venceu o Estoril Praia por 2-0, no Estádio da Luz, e apurou-se para a final da Taça de Portugal, a segunda consecutiva do emblema “encarnado”. Os comandados de Jorge Jesus confirmaram a superioridade …

Um reator nuclear pode ajudar a resolver o mistério do desaparecimento de Amelia Earhart

Uma equipa de investigadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos, vai submeter uma folha de alumínio velha e gasta a um feixe de partículas do coração de um reator nuclear na esperança de …

Musk quer criar uma nova cidade no local de lançamento da SpaceX. Vai chamar-se Starbase

O empresário norte-americano Elon Musk está a tentar criar uma nova cidade chamada Starbase nas instalações de lançamento da SpaceX no Texas, nos Estados Unidos. As instalações da SpaceX no Texas estão localizadas em Boca Chica …

Chatbots: A tecnologia que "ressuscita" os mortos é cada vez mais uma realidade

Foi recentemente revelado que em 2017 a Microsoft patenteou um chatbot que, se construído, ressuscitaria digitalmente os mortos. Usando Inteligência Artificial e machine learning, o chatbot proposto traria o nosso ente querido de volta à …

Casal acertou no jackpot de 210 milhões de euros do Euromilhões (mas não registou o boletim)

Dois jovens britânicos pensaram que tinham ganho 182 milhões de libras (cerca de 210 milhões de euros), mas afinal o boletim não tinha sido registado por falta de dinheiro na conta online. Rachel Kennedy, de 19 …

A Islândia foi atingida por 17 mil terramotos na semana passada (e uma erupção pode estar iminente)

Mesmo para uma ilha vulcânica acostumada a tremores ocasionais, esta foi uma semana incomum para a Islândia. De acordo com o Escritório Meteorológico da Islândia, cerca de 17 mil terramotos atingiram a região sudoeste de …

Mulheres portuguesas trabalham mais uma hora e 13 minutos que os homens

As mulheres portuguesas trabalham em cada dia útil mais uma hora e 13 minutos do que os homens, entre trabalho pago e não pago, continuando a ter maior dificuldade em conciliar a profissão com a …

Três sismos acima de 7 na escala de Richter abalam a Nova Zelândia. Autoridades alertam para tsunami

A costa nordeste da Nova Zelândia foi esta quinta feira atingida por três sismos de magnitude acima de 7 na escala de Richter. A proteção civil emitiu um alerta de tsunami após o primeiro terramoto, …