Chega coloca cartaz a dizer “Vergonha” ao lado da Assembleia da República

Chega

André Ventura e o seu partido, o Chega, prepararam uma “surpresa” para esta segunda-feira. Junto à entrada principal da Assembleia da República, colocaram um cartaz em que se lê, em letras garrafais, a palavra “Vergonha”. 

O cartaz surge depois de esta semana, no debate quinzenal, o deputado do Chega ter sido repreendido pelo presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, por ter usado a palavra “vergonha” durante a sua intervenção, onde falava sobre o tema da remoção de amianto das escolas públicas.

Em declarações ao Correio da Manhã, André Ventura disse que “era uma surpresa para amanhã”. “Não nos calaremos nem deixaremos de usar a palavra vergonha na Assembleia da República”, garantiu.

Segundo o deputado eleito pelo Chega, a colocação do cartaz tem dois objetivos: mostrar que não calarão o partido e mostrar que o que se passa no hemiciclo é uma vergonha. “Com as atitudes como as que teve Ferro Rodrigues os portugueses sentem cada vez mais que o que se passa na Assembleia da República e no sistema político português é uma vergonha”, disse o deputado.

À TSF, Ventura garantiu que vai continuar a fazer o seu trabalho de oposição ao Governo de António Costa e recusa que a colocação do cartaz nas imediações do Parlamento seja uma provocação a Ferro Rodrigues.

Não é nenhuma provocação, é apenas a manifestação da nossa força”, sustenta, acrescentando que “não foi Ferro Rodrigues” que elegeu o deputado único. “Só os [portugueses] é que nos podem tirar do Parlamento. Qualquer tentativa de nos silenciar ou amordaçar, esbarra no próprio conceito de democracia e liberdade de expressão, que o dr. Ferro Rodrigues parece não entender bem. Esta não é nenhuma provocação, não é nenhum confronto, é uma afirmação de valor.”

Ninguém nos vai calar! Se pensavam que nos amedrontavam, estão enganados! O Deputado André Ventura foi eleito pelos…

Publicado por CHEGA em Domingo, 15 de dezembro de 2019

Na quinta-feira, André Ventura intervinha no debate sobre a remoção de amianto de edifícios públicos e estava a terminar o seu discurso quando criticou que o Governo tenha verbas para subsídios vitalícios, mas não ter para a remoção daquele material. “Uma vergonha”, afirmou o deputado do Chega.

Ferro Rodrigues afirmou que Ventura “usa muitas vezes” as palavras “vergonha” e “vergonhoso”, quando se dirige à câmara. “O senhor deputado utiliza com demasiada facilidade as palavras vergonha e vergonhoso, o que ofende muitas vezes este parlamento e ofende-o a si também”, afirmou Ferro Rodrigues, aplaudido pela bancada do PS.

André Ventura pediu a palavra para “defesa da honra” (uma figura regimental): “Penso que um deputado usa as expressões que são legítimas no contexto que entender legítimo” em nome da liberdade de expressão. Ferro respondeu: “Não há liberdade de expressão quando se ultrapassa a liberdade dos outros, que é o que o senhor faz”.

Ferro Rodrigues disse que se André Ventura voltar a falar em “vergonha” na Assembleia da República “será novamente repreendido”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Venho por este meio pedir ao governo português em meu nome e de todos os portugueses… que todos os feriados nos fins de semana passe automaticamente para uma sexta ou uma segunda.
    Obrigada assim seja Ámen…

RESPONDER

Manifestantes que invadiram o Capitólio terão recebido uma transferência em bitcoins em dezembro

A Chainalysis, uma empresa de dados de criptomoedas, informou recentemente que grupos e personalidades envolvidos na invasão do Capitólio, nos Estados Unidos, receberam mais de 500 mil dólares em bitcoins de um doador francês, no …

Programador esqueceu-se da password para recuperar 236 milhões de dólares em bitcoin. Já só lhe restam duas tentativas

Um programador alemão que vive em São Francisco, nos Estados Unidos, não se recorda da sua password do disco que lhe dará acesso à sua carteira digital, onde tem 7.002 bitcoins, que valem, segundo a …

PGR abre inquérito ao caso do procurador europeu José Guerra

O Ministério Público instaurou um inquérito ao caso da nomeação do procurador europeu no seguimento da participação criminal apresentada pela Ordem dos Advogados e de uma denúncia anónima. "Na sequência de denúncia apresentada pela Ordem dos …

Donald Trump diz que "reconstruir o Exército foi uma honra"

O Presidente cessante dos Estados Unidos enviou, esta quinta-feira, uma mensagem às tropas norte-americanas, dizendo que "reconstruir o Exército foi uma honra", destacando o investimento da sua administração no Pentágono. "Foi uma honra reconstruir o nosso …

Julgamentos de Tancos e do homicídio no SEF suspensos após caso de covid-19

As próximas sessões do julgamento de Tancos e do homicídio do cidadão ucraniano nas instalações do SEF foram suspensas depois de o advogado Ricardo Sá Fernandes, que representa arguidos nos dois casos, ter testado positivo …

"Uma tragédia anunciada". Manaus não tem oxigénio para tratar doentes

Manaus, capital do estado do Amazonas, no Brasil, está a atravessar uma situação caótica devido ao aumento de casos covid-19 e à falta de oxigénio dos hospitais. Imagens que circulam nas redes sociais mostram as próprias famílias …

Wayne Rooney termina carreira de jogador para treinar Derby a tempo inteiro

O antigo internacional inglês terminou a carreira de futebolista, aos 35 anos, para assumir o cargo de treinador do Derby County, anunciou, esta sexta-feira, o clube da segunda divisão inglesa. Wayne Rooney, que assinou contrato até …

Populistas europeus que o apoiavam desvinculam-se agora de Trump

A derrota eleitoral de Donald Trump, a sua recusa em aceitá-la e a violência que se seguiu parecem ter prejudicado as perspetivas de líderes de europeus populistas, apoiantes do Presidente dos Estados Unidos (EUA). "O que …

Carvalhal explica porque é que disse "não" ao Flamengo

Carlos Carvalhal explicou, em entrevista ao Esporte Interactivo, porque é que recusou o convite para treinar os brasileiros do Flamengo. "Não foi uma questão de não querer, foi não poder", explicou o técnico, que agora …

Bruno Fernandes é o melhor jogador de dezembro da Premier (e faz história)

O internacional português foi eleito o melhor jogador de dezembro de 2020 da Liga inglesa, tornando-se o primeiro futebolista a ter quatro distinções num único ano. "O médio do Manchester United torna-se o primeiro jogador a …