Chega coloca cartaz a dizer “Vergonha” ao lado da Assembleia da República

Chega

André Ventura e o seu partido, o Chega, prepararam uma “surpresa” para esta segunda-feira. Junto à entrada principal da Assembleia da República, colocaram um cartaz em que se lê, em letras garrafais, a palavra “Vergonha”. 

O cartaz surge depois de esta semana, no debate quinzenal, o deputado do Chega ter sido repreendido pelo presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, por ter usado a palavra “vergonha” durante a sua intervenção, onde falava sobre o tema da remoção de amianto das escolas públicas.

Em declarações ao Correio da Manhã, André Ventura disse que “era uma surpresa para amanhã”. “Não nos calaremos nem deixaremos de usar a palavra vergonha na Assembleia da República”, garantiu.

Segundo o deputado eleito pelo Chega, a colocação do cartaz tem dois objetivos: mostrar que não calarão o partido e mostrar que o que se passa no hemiciclo é uma vergonha. “Com as atitudes como as que teve Ferro Rodrigues os portugueses sentem cada vez mais que o que se passa na Assembleia da República e no sistema político português é uma vergonha”, disse o deputado.

À TSF, Ventura garantiu que vai continuar a fazer o seu trabalho de oposição ao Governo de António Costa e recusa que a colocação do cartaz nas imediações do Parlamento seja uma provocação a Ferro Rodrigues.

Não é nenhuma provocação, é apenas a manifestação da nossa força”, sustenta, acrescentando que “não foi Ferro Rodrigues” que elegeu o deputado único. “Só os [portugueses] é que nos podem tirar do Parlamento. Qualquer tentativa de nos silenciar ou amordaçar, esbarra no próprio conceito de democracia e liberdade de expressão, que o dr. Ferro Rodrigues parece não entender bem. Esta não é nenhuma provocação, não é nenhum confronto, é uma afirmação de valor.”

Ninguém nos vai calar! Se pensavam que nos amedrontavam, estão enganados! O Deputado André Ventura foi eleito pelos…

Publicado por CHEGA em Domingo, 15 de dezembro de 2019

Na quinta-feira, André Ventura intervinha no debate sobre a remoção de amianto de edifícios públicos e estava a terminar o seu discurso quando criticou que o Governo tenha verbas para subsídios vitalícios, mas não ter para a remoção daquele material. “Uma vergonha”, afirmou o deputado do Chega.

Ferro Rodrigues afirmou que Ventura “usa muitas vezes” as palavras “vergonha” e “vergonhoso”, quando se dirige à câmara. “O senhor deputado utiliza com demasiada facilidade as palavras vergonha e vergonhoso, o que ofende muitas vezes este parlamento e ofende-o a si também”, afirmou Ferro Rodrigues, aplaudido pela bancada do PS.

André Ventura pediu a palavra para “defesa da honra” (uma figura regimental): “Penso que um deputado usa as expressões que são legítimas no contexto que entender legítimo” em nome da liberdade de expressão. Ferro respondeu: “Não há liberdade de expressão quando se ultrapassa a liberdade dos outros, que é o que o senhor faz”.

Ferro Rodrigues disse que se André Ventura voltar a falar em “vergonha” na Assembleia da República “será novamente repreendido”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Venho por este meio pedir ao governo português em meu nome e de todos os portugueses… que todos os feriados nos fins de semana passe automaticamente para uma sexta ou uma segunda.
    Obrigada assim seja Ámen…

RESPONDER

Bolsonaro veta transferência de 1,5 mil milhões de euros para estados e municípios

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, vetou na quarta-feira a transferência de 8,6 mil milhões de reais (1,5 mil milhões de euros) do Fundo de Reservas Monetárias (FRM) para estados e municípios combaterem a covid-19. A decisão …

O núcleo da Terra pode esconder mais de cinco oceanos no seu interior

Um novo estudo sugere que o núcleo da Terra pode abrigar uma grande quantidade de água no seu interior. Segundo os investigadores, a quantidade pode chegar ao equivalente a cinco oceanos. Muitos estudos comprovam que, sob …

Descoberto novo tipo de matéria exótica no "coração" das estrelas de neutrões

Uma investigação levada a cabo por um grupo de cientistas da Finlândia encontrou fortes evidências da existência de matéria exótica de quarks no interior dos núcleos das maiores estrelas de neutrões. Em comunicado, os cientistas …

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ser "filhos" de um mesmo pai

Os asteróides Ryugu e Bennu podem ter sido formados a partir de um outro asteróide de grandes dimensões, sugere uma investigação internacional. Simulações numéricas de grandes ruturas de asteróides, como as que ocorrem no cinturão de …

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …