Chefe da Marinha demitido, mas os argentinos querem é respostas

Marina Guillen / EPA

Familiares dos 44 tripulantes do ARA San Juan protestam em Buenos Aires

A crise provocada pelo desaparecimento do ARA San Juan está longe de conhecer um ponto final, e um mês após o último contacto do submarino, o governo argentino anunciou a destituição do responsável máximo da Marinha Argentina, Marcelo Srur.

A agência estatal “Télam” informou que o ministro da Defesa argentino, Oscar Aguad, solicitou ao chefe do Estado Maior da força naval a sua aposentação, e designou um substituto interino. O responsável de submarinos da Armada Argentina continua encarregado da investigação em curso.

Além desta substituição, vai ser formada uma comissão investigadora composta por três antigos tripulantes de submarinos – entre os quais o capitão Jorge Bergallo, pai do capitão de corveta Jorge Ignacio Bergallo, segundo comandante do San Juan, um dos tripulantes desaparecidos no submarino.

A comissão investigadora será independente do Ministério da Defesa argentino, e “terá um orçamento próprio e ilimitado, para poder chegar à verdade do que aconteceu com o submarino”, indicaram as fontes oficiais.

Enquanto o desaparecimento do ARA San Juan continua por explicar, os familiares dos 44 tripulantes apenas querem respostas para as muitas interrogações que o desaparecimento do ARA San Juan levantou.

Para Marcela Moyano, esposa de um dos tripulantes do ARA San Juan, é reconfortante saber que as autoridades contam com o apoio das pessoas e que não irão descansar enquanto a verdade não for revelada e o submarino encontrado.

Há um mês, o ARA San Juan fez o seu último contacto, enquanto viajava do porto de Ushuaia até à  sua base, na cidade de Mar del Plata. Atualmente, navios de vários países continuam a trabalhar nas buscas, a cerca de 400 quilómetros do litoral argentino.

A área das buscas foi delimitada em torno de uma região do oceano na qual várias agências internacionais registaram uma explosão horas depois do desaparecimento do submarino, perto do local onde o contacto com a embarcação foi perdido.

ZAP // EFE / Euronews

PARTILHAR

RESPONDER

O Bosão de Higgs foi apanhado a fazer algo inesperado

Uma equipa de cientistas do Laboratório Europeu de Física de Partículas (CERN) observou o Bosão de Higgs, a fazer algo inesperado: à medida que caía, esta parecia decompor-se numa combinação inesperada de partículas. De acordo com …

Feitos de estrelas. Os nossos ossos são compostos por estrelas que explodiram

Uma nova investigação concluiu que metade do cálcio do nosso Universo é oriundo de uma supernova rica em cálcio, que explodiu há milhões de anos. O novo estudo, cujos resultados foram esta semana publicados na revista …

"Monarquia criminosa". Parlamento declara Catalunha republicana e não reconhece o rei

O Parlamento catalão aprovou esta sexta-feira uma resolução na qual declara que “a Catalunha é republicana e, portanto, não reconhece nem quer ter um rei”, rotulando a monarquia de “criminosa”. A resolução foi aprovada em sessão …

Novo método deteta metais tóxicos em alimentos e água em apenas algumas horas

Uma equipa de cientistas da Universidade de Joanesburgo, na África do Sul, desenvolveu um método sensível para detetar níveis perigosos de metais pesados em alguns alimentos e água. Os vestígios de metais como chumbo (Pb), arsénico …

Meghan Markle vence primeira batalha judicial contra jornal britânico

A Duquesa de Sussex conseguiu que o Tribunal Superior de Londres optasse por manter anónima a identidade das suas cinco amigas, como parte da ação legal que está a ser levada a cabo. O 39º aniversário …

Cientistas obrigados a rebatizar dezenas de genes humanos. A culpa é do Excel

Só no ano passado, os cientistas viram-se obrigados a mudar os nomes de 27 genes humanos por causa de um erro de leitura do Microsoft Excel. Tal como explica o portal The Verge, que avança …

"Vai continuar a queimar". Covid-19 é mais parecida com um fogo florestal do que com ondas e picos

Com o surgimento do novo coronavírus no mundo, vários especialistas previam que este iria surgir em ondas e picos. Agora a visão de futuro é outra e os especialistas dizem que a pandemia se compara …

Mudanças climáticas podem vir a causar mais mortes do que a covid-19, alerta Bill Gates

  As mudanças climáticas podem custar muito mais vidas nas próximas décadas do que a pandemia do novo coronavírus (covid-19). O alerta é do co-fundador da Microsoft, Bill Gates, que, através de uma reflexão no seu …

Descoberta a primeira disrupção gigante nas nuvens de Vénus

Uma equipa internacional de cientistas, que incluiu um investigador do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), descobriu a "primeira disrupção gigante" nas nuvens de Vénus que tem fustigado as zonas profundas da atmosfera …

TVI aposta em estúdio a Norte. Nuno Santos quer Informação mais ao estilo da SIC Notícias do que da CMTV

O diretor-geral da TVI, Nuno Santos, afirmou, em entrevista ao jornal Público, que a estação de Queluz de Baixo vai apostar num estúdio no Norte, revelando ainda que pretende mudar a Informação do canal mais …