CGD pode entrar como “remédio” no processo de consolidação do Novo Banco

Miguel A. Lopes / Lusa

Paulo Macedo, presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos (CGD).

O futuro do Novo Banco deve passar pela consolidação, numa fusão com outro Banco, num processo que só deverá avançar depois de 2021. E nesse cenário, a Caixa Geral de Depósitos (CGD) pode entrar no processo, no âmbito da aplicação de “remédios”, para ficar com activos que fiquem fora do negócio.

O Dinheiro Vivo avança esta possibilidade, realçando que “a Caixa Geral de Depósitos (CGD) pode vir a fazer parte do futuro do Novo Banco“.

A norte-americana LoneStar, principal accionista do Novo Banco, já anunciou que até 2021 não pretende vender a instituição. Mas depois disso, a solução deverá passar pela consolidação com outro banco, como avança a publicação económica. Uma eventual “fusão com o Millennium BCP” pode ser viável, frisa o Dinheiro Vivo, antecipando que, para que aconteça, será provavelmente necessária “a aplicação de “remédios”, como a alienação a outros bancos de alguns negócios”.

É nesse âmbito que surge a CGD, como o Banco “favorito a poder ficar com esses activos” que sobrem no processo de consolidação.

“Num cenário de consolidação do Novo Banco, em que fiquem activos disponíveis, a CGD não pode ficar de fora“, aponta uma fonte do sector citada pelo Dinheiro Vivo.

O presidente executivo da CGD, Paulo Macedo, já alertou que até 2020, o banco não pode fazer aquisições, no âmbito do Plano Estratégico que acordo com Bruxelas. Mas “depois de 2021, qualquer gestor tem de estar atento ao que se passa no mercado“, realçou, como lembra o Dinheiro Vivo.

O Ministério das Finanças negou nesta semana que o governo esteja a preparar uma nova injecção de capital no Novo Banco, depois de o Público ter noticiado que estaria a ser preparada uma nova ajuda estatal de 1400 milhões de euros, com vista a acelerar a sua venda.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Se repararmos os bancos em Portugal são o maior problema, estamos sempre a injectar dinheiro e nunca funciona..então não precisamos dos bancos só dão prejuizo e é sempre na casa dos miles milhões não sei quê, está a levarnos a falênçia, chega de bancos.

  2. o Novo Banco nunca deveria ter nascido, o BES deveria por e simplesmente ter ido à falência assim como as outras palhaçadas do BANIF e outros.

    enquanto isso continua a esbanjar milhões dos contribuintes.

    • Exacto, tal como foi feito noutros países, resolvendo o problema. Claro que há investidores que perdem, mas pelo menos aí os contribuintes não foram saqueados. Neste caso do BES, perdemos todos: investidores e contribuintes, sem solução final à vista.

Pai de Rosa Grilo constituído arguido por suspeita de favorecimento pessoal

O pai de Rosa Grilo, Américo Pina, foi esta quarta-feira constituído arguido num segundo processo relacionado com a morte do triatleta Luís Grilo. Segundo o jornal Público, a notícia foi confirmada por fonte próxima do processo, …

NOS e Vodafone vão partilhar equipamentos de redes móveis

A NOS e a Vodafone fecharam acordos com vista à partilha de infraestruturas e equipamentos de rede móvel, abrangendo as tecnologias 2G, 3G e 4G. A NOS e a Vodafone anunciaram um acordo de partilha de …

Eutanásia começa a ser discutida. Deputados consideram pergunta "confusa" e "não" é quase certo

A discussão sobre a eutanásia começa hoje no Parlamento e estende-se até sexta-feira. A proposta, que conta com o apoio da Igreja Católica, deve ser chumbada, tendo em conta os sentidos de voto já conhecidos, mas …

Cabrita mantém auditoria sobre falhas na GNR e PSP em segredo

A auditoria "Cartografia de Risco", feita pela Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) que detetou falhas na formação e organização na GNR e na PSP, continua em segredo no gabinete do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Em …

Assassino publicou áudio a dizer que "vingou o profeta". Pai de aluna e dois menores podem ter sido cúmplices

O assassino do professor francês que mostrou caricaturas de Maomé numa aula divulgou uma mensagem de áudio nas redes sociais em que dizia ter vingado o profeta, após publicar uma fotografia da sua vítima, avança …

Avanços e ajustamentos em pezinhos de lã. Sem certezas, Governo tenta aproximar-se à esquerda

A tensão entre o PS e a esquerda já dura há duas semanas. O Governo já fez algumas cedências em troca do "sim" dos parceiros, mas falta a análise que tarda em chegar. Fonte do Governo …

"Bazuca" dá mais mil milhões para "revolução" nos transportes de Lisboa e Porto

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, diz que estamos perante uma "revolução" que vai mudar muito a circulação das pessoas em Lisboa e no Porto. O dinheiro vindo da União …

"Médicos pela Verdade". Ordem abre processo contra movimento que desvaloriza gravidade da covid-19

A Ordem dos Médicos abriu processos disciplinares a 7 médicos do movimento Médicos pela Verdade, grupo que desvaloriza a gravidade da covid-19 e se mostra contra o uso generalizado de máscaras e de testes de …

"Esta é a crise das nossas vidas". Vieira da Silva diz que chumbo do OE seria "dificilmente compreensível"

O ex-ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, elogiou, em entrevista ao jornal ECO, a proposta para Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) e disse que seria "estranho" que não …

Podemos acusado de financiamento irregular, crime eleitoral e falsificação de documentos

O partido espanhol Podemos é acusado de financiamento irregular, crime eleitoral e falsificação de documentos comerciais. A acusação consta num despacho do juiz de instrução Juan José Escalonilla, datado de 10 de setembro, ao qual a …