CEO do Goldman Sachs quer os funcionários de volta ao escritório. Teletrabalho “é uma aberração”

O CEO do Goldman Sachs, um dos maiores grupos de bancos de investimento e valores imobiliários a nível mundial, quer que os seus funcionários voltem ao escritório assim que possível, considerando o teletrabalho uma “aberração”.

A pandemia de covid-19 tornou o trabalho remoto numa realidade um pouco por todo o mundo, mas David Solomon não vê grandes benefícios neste regime laboral, considerando que o mesmo não se encaixa na cultura de trabalho do grupo que lidera.

“Acho que para uma empresa como a nossa, que está inserida numa cultura de aprendizagem colaborativa e inovadora, [o teletrabalho] não é o ideal. E não pode ser um novo normal. É uma aberração que vamos corrigir o mais rápido possível”, disse David Solomon numa conferência em fevereiro passado, citado pela emissora BBC.

O CEO do Goldman Sachs mostrou-se especialmente preocupado com o grupo de 3 mil novos trabalhadores que “não beneficiaram da mentoria direta” de que precisam. “Estou muito focado na ideia de que não quero uma outra ‘turma’ de jovens a chegar de forma remota ao Goldman Sachs no próximo verão”, sustentou.

Apesar de reconhecer que a pandemia ajudou a impulsionar a adoção de tecnologias digitais e criou novas caminhos para o banco operar de forma mais eficiente, David Solomon não acredita em grandes mudanças a longo prazo após este período.

“Não acredito que, ao sairmos da pandemia, o modo geral de funcionamento de uma empresa como a nossa seja muito diferente”, rematou.

A revista Forbes sublinha que a posição de David Solomon é partilhada por outros responsáveis do setor financeiro. Em setembro, o CEO do JP Morgan, Jamie Dimon, afirmou que trabalhar em casa tinha um efeito negativo na produtividade e ordenou que todos os seus trabalhadores – banqueiros, analistas, corretores – regressassem às instalações da empresa até 21 de setembro, depois de seis meses de trabalho remoto.

Já o líder do Barclays, Jes Staley, expressou recentemente que espera que a vacina contra a covid-19 permita que os seus funcionários regressem em breve ao escritório.

Há também outros grupos do setor financeiro que já começaram a implementar mudanças a longo prazo relacionadas com o trabalho remoto: o Lloyds Banking Group revelou que pretende reduzir em 20% os espaços de escritórios que usa em três anos e o HSBC anunciou recentemente um corte de 40% no trabalho presencial.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Bons hábitos alimentares podem reduzir a probabilidade de contrair covid-19

Um novo estudo indica que as pessoas que comem muitas frutas e vegetais podem ter menos probabilidades de contrair covid-19. Num pesquisa que envolveu 590 mil adultos, os investigadores descobriram que as pessoas que eram adeptas …

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …