Centeno superstar alimenta guerra PS-PSD: Rio é como os comerciantes que aumentam preços antes dos saldos

Mário Cruz / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno, foi a grande figura de destaque no comício de Setúbal do PS, alimentando a “guerra” travada com o PSD nos últimos dias com duras críticas ao líder social democrata, Rui Rio.

Segundo Mário Centeno, que fez questão de garantir que encontrava a câmara certa, Rui Rio é um “ilusionista”, um promotor de “aldrabices” com “poucos escrúpulos” e com propostas da “direita radical”.

A intervenção do responsável da pasta das Finanças, regada com algum humor e ironia, ofuscou as participações dos demais socialistas, entre os quais estava o secretário geral e também primeiro-ministro, António Costa, e o eurodeputado Pedro Marques.

Centeno comparou o cenário macroeconómico do PSD à “aldrabice” de um comerciante que aumenta preços antes da época dos saldos, advertindo que Rio vende o velho carro com uma pintura “novinha”. O candidato pelo PS no círculo de Lisboa, fez um ataque cerrado ao programa económico do PSD, colocando a questão das eleições de domingo entre o atual “rumo de segurança” do Governo e as “promessas vãs” dos sociais-democratas”.

“Onde é que é a câmara? Olá doutor Rui Rio, boa noite, está a ouvir-me?”, foi assim que Centeno se dirigiu ao presidente do PSD, virado para as câmaras de televisão dizendo.

“Sei que está sempre atento ao que digo, estou agora também a falar para si. Doutor Rui Rio, a sua magia não é nada de especial, funciona muito como a daqueles comerciantes, felizmente poucos, com poucos escrúpulos, que aumentam o preço antes da época dos saldos. A isso os portugueses chamam aldrabice”, considerou, recebendo uma salva de palmas da plateia.

Segundo Centeno, no cenário macroeconómico que Rui Rio apresentou, “o PSD deu uma de mão de PIB (Produto Interno Bruto) ao velho modelo do choque fiscal de 2002, insuflou de receita fiscal – totalmente inventada – e depois diz que a vai baixar”. “Mas vai baixar exatamente o quê doutor Rui Rio? Ou seja, vai inventar a receita de impostos que inventou. Elimina o que não existe (uma pura ilusão). Aumenta-se o preço antes do dia da época de saldos para depois o cortar”, disse.

De acordo com o ministro das Finanças, o presidente do PSD “está a vender aos portugueses o mesmo velho carro sem motor, mas com uma pintura novinha em folha”.

“O doutor Rui Rio tentou um truque baratucho que normalmente acaba em liquidação total, mas não nos enganemos porque o cenário do PSD é mesmo radical e não encontra sustentação no sucesso de hoje da economia portuguesa. O doutor Rui Rio sabe que tem um buraco de 4,75 mil milhões de euros e tem de falar verdade aos portugueses”.

Centeno que, face ao cenário de instabilidade internacional, o próximo Governo tem de ser de legislatura e não de conjuntura, “e só o PS pode garantir a estabilidade”. “Não nos deixemos enganar por promessas vãs“, declarou, em novo ataque ao PSD.

Num discurso muito aplaudido, Mário Centeno adaptou versos de António Gedeão para criticar o PSD, considerando que “eles não sabem nem sonham que é a confiança com estabilidade que comanda a vida”.

Rui Rio já reagiu. Através do Twitter, acusa Centeno de baixa o nível e de se recusar a debater com Joaquim Sarmento, o seu homem forte das Finanças, por medo.

Críticas a Sarmento e uns reparos à esquerda

Mário Centeno estendeu também o rol de críticas a Joaquim Sarmento, o responsável de Rio pelas Finanças, que o próprio líder do PSD rotulou com o “seu Centeno” num debate a dois com António Costa. A guerra de Centenos marcou a campanha e parece que vai estender-se até aos seus últimos dias.

Chamou-se o “autor da campanha publicitária, que afinal gosta ainda menos de ser deputado do que o líder do PSD” e que começou o “cenário do Conselho de Finanças Públicas” para se basear, para terminar “com o cenário do professor Pardal: uma invenção sem nexo nenhum”, disse ainda Centeno, citado pelo jornal Público.

Até os parceiros de esquerda – Bloco e PCP – foram visados, ainda que de leve. Mário Centeno advertiu que “não é solução entregar o país a quem quer colocar em causa a sua credibilidade, propondo saídas do euro e o não pagamento da dívida pública para depois acabarmos a pagar ainda mais”.

“Quem protege a estabilidade de Portugal não são seguramente aqueles que pretendem partir para o desconhecido e colocar as pensões e os salários em causa, jurando que têm contas certas. Esses, ao mesmo tempo, acrescentam 30 mil milhões de euros à despesa pública. Quem isto promete não faz acontecer hoje, mas faz seguramente desaparecer amanhã”, disse ainda.

Pedro Marques ataca Rio, Costa apela ao voto

No mesmo comício, o socialista Pedro Marques acusou o líder do PSD de ter enganado “profundamente” os portugueses, dizendo que “o paladino da credibilidade” afinal é o “campeão do vale tudo”.

O eurodeputado Pedro Marques, natural do distrito de Setúbal e eleito para o Parlamento Europeu em maio passado, ilustrou o que chamou de estratégia do “vale tudo” com “o que fez com os professores”, por dizer “que lhes dava tudo”, dois dias depois dizer “que não lhes dava nada” e “no dia a seguir logo se veria”.

Por outro lado, continuou, “levantou-se contra a justiça de tabacaria”, mas, dias depois, “já estava a clamar e a fazer justiça na praça pública”, tentando, na Assembleia da República, “promover os julgamentos que cabem nos tribunais portugueses”.

Por sua vez, António Costa, apelou ao voto, dizendo que os portugueses já sabem como é um executivo socialista, mas que um Governo sem o PS será um risco e gerar-se-á um sentimento de “angústia” na próxima segunda-feira.

“Quem quer mesmo um Governo do PS, quem quer mesmo um Governo em que eu seja primeiro-ministro, então tem de votar no PS para garantir quatro anos de estabilidade. A escolha é clara: Ou um Governo do PS, ou um Governo sem o PS”.

Um Governo com o PS, de acordo com António Costa, “os portugueses já sabem como é, mas um Governo sem o PS ninguém sabe como será”. “Deixo um conselho: Não experimentem, não corram riscos, porque será seguramente pior do que o atual”.

Antes do arranque do comício na praça do Bocage, em Setúbal, foi pedido aos presentes que cumprissem um minuto de silêncio em memória de Diogo Freitas do Amaral, fundador do CDS e antigo ministro, que morreu hoje aos 78 anos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

    • Rui Rio é manhoso?
      Você tem noção que o Costa e o mestre da camuflagem Centeno andaram a fazer estes 4 anos? Não deve ter de certeza!
      Mais manhoso que o Costa não há. E mais malabarista que o Centeno que lhe dá com uma mão e lhe retira com a outra também não.
      Infelizmente Portugal é um país de gente Burra que acredita que o socialismo é a solução dos seus problemas…

      • Tem toda a razão. mas as pessoas cegas não conseguem ver isso. Ontem mostrou bem o calibre dele (kosta) e este, anda armado em superstar, com o seu sorriso idiota, sem perceber o que diz…
        Veremos no domingo se esta soberba toda destes desggovernates não lhes vai sair muito cara. Por mim, oxalá que sim.

    • Rui Rio manhoso?????? Quem tramou o José Seguro com as diretas e nunca mais falou nelas ??? Hem ?? quem foi???
      O mal de Rui Rio, politicamente falando, é ser direto e não andar com manhas…diz as verdades…mas em politica falar as verdades é feio e não dá votos..

  1. Parece que Centeno conhece as tramóias de todos os quadrante. Soube comparar Rui Rio a todos os vendedores de banha da cobra e trambiqueiros. Porque conhecerá ele tão bem esses trambiques? Talvez porque se especializou e é mestre. Quer agora vestir a pele noutro para que não lhe a reconheçam.

    Infelizmente parece que teremos a oportunidade de ver de facto o péssimo trabalho de gestão que anda a fazer. Só espero que não haja tanta gente a perder tudo como houve antes.

    Somos um povo que não aprende, nem mesmo passando por elas…

  2. Este Centeno não passa de um imbecil glorificado, triste figurinha a que a personagem se prestou. Não quiz debater com Rio directamente e vem depois na tradição manhosa e traiçoeira de que o PS tanto gosta, dar recados e enxovalhar pela comunicação social. Compararem este geek com o Cristiano Ronaldo, com tudo o que ele significa em termos de competência e profissionalismo com provas dadas, só mesmo de quem cativou a inteligência.

Responder a Ppa Cancelar resposta

Pandemia fez com que quase metade dos portugueses poupe menos

Quase metade dos portugueses (48%) afirma poupar menos devido ao impacto da pandemia, embora mais de um terço assuma que a crise sanitária está a ter um efeito positivo nos seus gastos, segundo um estudo …

"Ministra da Insensibilidade Social". CDS pede a demissão de Ana Mendes Godinho

O CDS criticou este sábado a reação da ministra a Solidariedade Social à morte de 18 idosos num lar em Reguengos de Monsaraz e considerou que Ana Mendes Godinho desvaloriza o impacto da pandemia nos …

Esgotos de dois milhões de portugueses monitorizados para prever segunda vaga de covid-19

Os esgotos de dois milhões de portugueses estão a ser monitorizados para detetar a eventual presença do vírus da covid-19 e prever uma nova vaga. O Jornal de Notícias avança este sábado que a análise está …

Covid-19. Mais 198 infetados e 3 mortes em Portugal

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 198 casos de infeção por covid-19 e três óbitos, de acordo com o boletim epidemiológico publicado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico Direção-Geral da Saúde (DGS) desde …

Média já divulgaram publicidade institucional (mas Estado ainda não lhes pagou)

O Sindicato dos Jornalistas lamentou esta sexta-feira que o Governo não tenha disponibilizado os 15 milhões de euros relativos à compra antecipada de publicidade institucional, vincando que o executivo está em dívida com as empresas …

Autoridades admitem que extrema-direita vá vigiar manifestações antifascistas de domingo

A Frente Unitária Antifascista anunciou que vai organizar no próximo domingo duas manifestações - uma Lisboa (Praça Luís de Camões) e outra no Porto (Avenida dos Aliados). O mote é a luta contra o fascismo. Estas manifestações …

Marcelo não entende por que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido (e leu os relatórios de Reguengos)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse, em declarações transmitidas pela RTP3, que não entende porque é que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido. Em declarações transmitidas pela RTP3 a partir de …

Estado só recuperou 21% dos créditos tóxicos do BPN

O Estado apenas recuperou 21% dos créditos tóxicos do Banco Português de Negócios, que derivaram da nacionalização da instituição bancária em 2008. Até final de 2019, o Estado só conseguiu recuperar 21% da carteira de créditos …

Novas matrículas "só" vão durar 45 anos (por causa das palavras obscenas)

O novo formato de matrículas entrou em vigor a 2 de março. As novas matrículas vão durar menos tempo do que poderiam porque não serão usadas combinações “que possam formar palavras ou siglas que se …

Novo lay-off conta apenas com 1% das adesões do simplificado

O sucedâneo do lay-off simplificado conta apenas com 1.268 adesões nas primeiras duas semanas. Este valor é apenas 1% do número de empresas que acederam ao primeiro apoio. Nas primeiras duas semanas desde a sua implementação, …