Celofane e uma operação cirúrgica bizarra (quase) salvaram a vida de Einstein

(dr)

Nos últimos anos da sua vida, Albert Einstein sofreu várias vezes de uma dor abdominal que induzia ao vómito. Era um mistério que nem ele sabia desvendar.

Durante anos, o brilhante físico sofreu de dores abdominais que, por vezes, eram tão fortes que o faziam vomitar. Finalmente, no outono de 1948, Einstein procurou o conselho de Rudolph Nissen, um cirurgião torácico do Brooklyn Jewish Hospital, de acordo com um artigo no Columbia University Department of Surgery.

Nissen recomendou uma cirurgia exploratória, procedimento que permitiria uma visão direta do génio de 69 anos. O que Nissen descobriu foi um grande aneurisma da aorta – uma parte alargado e enfraquecido da maior artéria do corpo.

Uma aorta normal desce pelo abdómen como um tubo longo e reto. Já uma aorta com aneurisma assemelha-se mais a uma cobra que engoliu um balão, projetando-se para fora no local do aneurisma. Assim como um balão real, um aneurisma pode continuar a crescer até estourar, criando uma rutura aórtica – uma verdadeira emergência médica que pode rapidamente tornar-se fatal se não for tratada rapidamente.

Na época, médicos como Nissen entendiam que o celofane funcionava como mais do que apenas um invólucro constritivo. Quando colocado dentro do corpo, o celofane desencadeia o que é conhecido como uma “reação de corpo estranho”.

O corpo percebe que tem algo dentro dele que não deveria lá estar e envia células imunológicas para destruir o invasor percebido. Este ataque afeta não só o celofane, mas as partes da aorta envolvidas por baixo, causando cicatrizes e o estreitamento da artéria na área afetada.

Era uma solução simples, mas eficaz para um problema mortal.

Atualmente, os cirurgiões geralmente tratam um aneurisma da aorta removendo a área inflamada e substituindo-a por um enxerto – um tubo de tecido – que preenche a lacuna. Nas últimas décadas, também foram desenvolvidas opções menos invasivas.

Einstein deixou o hospital três semanas após a cirurgia e continuou o seu trabalho num estado de semi-reforma em Princeton, nos Estados Unidos. A cirurgia de celofane conseguiu adicionar anos livres de sintomas à sua vida.

Porém, em 13 de abril de 1955, a técnica deixou de ser suficiente para impedir a rutura do aneurisma. Depois de reclamar de fortes dores na barriga e nas costas, Einstein foi levado para o Hospital Princeton. A sua única hipótese de sobrevivência era outra cirurgia, mas Einstein, com 76 anos, recusou.

Fiz a minha parte, é hora de ir. Vou fazer isso com elegância”, disse.

Maria Campos, ZAP //

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Oito semanas é o intervalo "ideal" para aumentar eficácia da vacina da Pfizer

Estudo desenvolvido pelo Department of Health and Social Care (DHSC) comparou os resultados obtidos com um intervalo de 4 semanas (como é feito em Portugal) e um intervalo de 10 semanas. Os resultados sugerem que …

Afinal, receitas escritas à mão são válidas por mais um ano

Médicos já não podiam passar receitas escritas à mão desde 30 de junho, mas agora o Governo prolongou essa possibilidade até 30 de junho de 2022. De acordo com a TSF, o Governo decidiu prolongar até …

Groundforce garante pagamento atempado dos salários de julho

A Groundforce comunicou esta segunda-feira aos trabalhadores que, depois da garantia do Governo de que a TAP irá pagar os serviços de junho antes do processamento salarial, a empresa terá condições para o pagamento atempado …

Tunísia. Presidente demite primeiro-ministro e suspende parlamento

As autoridades tunisinas cercaram o parlamento esta segunda-feira, após o Presidente do país, Kais Saied, suspender o parlmanento e demitir o primeiro-ministro, Hichem Mechichi, devido aos protestos que decorrem no país, cujo o foco são …

Galp critica Governo. Relatório sobre margens na venda de combustíveis está “cheio de erros”

O presidente executivo da Galp criticou esta segunda-feira o relatório da Entidade Nacional para o Setor Energético (ENSE) que foi a base para o Governo avançar com um diploma para limitar as margens na comercialização …

Fim da missão de combate dos EUA no Iraque é anunciado esta segunda-feira

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e o primeiro-ministro do Iraque, Mustafa al-Kadhimi, devem anunciar esta segunda-feira um acordo para pôr fim à missão de combate norte-americana no Iraque até ao final do ano. De …

Marcelo vai-se encontrar com Lula, Fernando Henrique, Temer e Bolsonaro

O chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, vai encontrar-se com os antigos presidentes do Brasil Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso e Michel Temer, em São Paulo, e será recebido pelo Presidente brasileiro, Jair …

Lagoa na Patagónia fica cor-de-rosa devido à poluição

Uma lagoa no sul da Argentina tornou-se cor-de-rosa. Este fenómeno é impressionante, mas assustador, já que os especialistas e defensores do ambiente o atribuem à poluição por um produto químico utilizado para preservar os camarões …

Novo aumento de internados em Portugal, mais 1.610 infeções e nove mortes

Portugal registou esta segunda-feira 1.610 novos casos de infeção por covid-19 e mais nove mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal …

BE acusa Governo de “nunca ter concretizado” medidas para fixar profissionais no SNS

A coordenadora do BE acusou esta segunda-feira o Governo de “nunca ter concretizado” as medidas no Orçamento do Estado de 2019 para fixar profissionais no Serviço Nacional de Saúde (SNS) e apontou como “absoluta necessidade” …