Áudio raro capturou Einstein a falar sobre música e bombas atómicas

(dr) Arthur Sasse / Nate D Sanders Auctions

Uma gravação única em leilão apresenta um raro e fascinante vislumbre do físico Albert Einstein. Embora Einstein fosse conhecido em todo o mundo, era notoriamente tímido em relação à publicidade, por isso há pouca evidência em áudio da sua vida fora dos holofotes habituais dos media.

Mas numa conversa casual registada há mais de 60 anos, o cientista contava piadas, discutia o seu amor pela música e mergulhava na política global. Gravado em 1951 em discos de vinil de longa duração no Instituto de Estudos Avançados de Princeton, Nova Jersey, a intrigante conversa entre Einstein e os seus amigos Jack e Frances Rosenberg nunca foi acessível ao público – até agora.

Este sábado, abrem online as licitações no Heritage Auctions para um áudio que contém a conversa de 33 minutos entre Einstein e os seus dois amigos. Einstein fala em inglês com forte sotaque – “como esperado” – e os assuntos sérios que aborda são intercalados com risos e piadas, de acordo com uma descrição na lista de leilões.

Einstein era conhecido pela sua apreciação pela música e, na gravação, descreveu o seu amor por Brahms, Schubert e Beethoven. O físico elogiou uma composição musical favorita “Violin Concerto”, do compositor romeno George Enescu, dizendo: “Na minha juventude, não tinha escutado nada melhor”.

O Heritage Auctions partilhou um preview de três minutos da gravação, com os pensamentos de Einstein sobre o julgamento por espionagem de Julius e Ethel Rosenberg – cidadãos americanos acusados ​​em 1951 de partilhar informações confidenciais sobre armas nucleares com a União Soviética.

O caso contra os Rosenbergs era controverso, com promotores à procura penalidades severas por crimes que muitos disseram não ter apoio de evidências sólidas, de acordo com a Fundação do Património Atómico. Na fita, Einstein sugeriu que o que estava a acontecer com os Rosenberg era “injusto” e que as ações eram “imprudentes”. Os Rosenbergs foram considerados culpados, condenador à morte e executados em 1953.

Na gravação completa, Einstein também lamentou o seu próprio papel em conduzir os EUA para o desenvolvimento de bombas atómicas, através de uma carta que enviou a FDR em 1939. “Acredito que foi uma grande desgraça”, disse, acrescentando: “Arrependo-me muito.”

No entanto, Einstein achou bem que os russos tivessem desenvolvido recentemente a sua própria bomba atómica, declarando-a “melhor para o bem-estar mundial” se os EUA não fossem a única nação a possuir as armas. Essa perspetiva provavelmente não teria sido popular na América na época, disse Don Ackerman, diretor de remessa do Departamento Histórico do Heritage Auctions.

Uma cópia da gravação está na coleção Einstein, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, mas o leilão oferece uma oportunidade de ter uma entrevista exclusiva com o cientista “que não está disponível para o público em geral”. O leilão começa em 3.500 dólares.

PARTILHAR

RESPONDER

Indonésia tenta parar violência na Papua com envio de tropas e corte da Internet

O corte do acesso à Internet na Papua e territórios adjacentes e o envio de pouco mais de um milhar de efetivos do exército são a resposta do Governo indonésio à onda de distúrbios que …

Itália tem até terça-feira para formar novo Governo

O Presidente de Itália disse esta quinta-feira, após consultas com os partidos, que há uma maioria parlamentar disposta a formar um novo Governo, pelo que vai permitir estas negociações e convocará novamente os partidos na …

Câmara de Cascais paga multa de 200 mil euros por construção ilegal na praia

A Câmara Municipal de Cascais foi condenada a pagar 200 mil euros pela construção ilegal de um acesso em betão à praia do Abano. A construção que data a 17 de junho de 2009 foi conduzida …

Ocean Viking vai desembarcar em Malta. Reservas de mantimentos estão a chegar ao fim

As reservas de mantimentos para os 356 ocupantes do navio Ocean Viking só são suficientes para quatro dias, alertou esta sexta-feira a organização Médicos Sem Fronteiras frisando que o navio está há 19 dias no …

"Não se cumpre a lei". Veterinários acusam autoridades de não recolherem animais abandonados

O bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, Jorge Cid, acusou ontem as autoridades de não estarem a cumprir a lei que obriga a recolher os animais abandonados. Em setembro de 2018, passou a ser aplicada no …

"A Leonor é transexual. Ela existe. É a minha filha." Pais ao lado do Governo e contra a direita

A polémica em torno da Lei de Identidade de Género continua, com as críticas da Direita e com uma petição contra a legislação que já vai em mais de 27 mil assinaturas. Associações de pais …

Médicos de fertilidade usaram o seu próprio esperma em centenas de pacientes

Uma longa reportagem do The New York Times dá conta de vários casos de mulheres que recorreram a médicos especialistas em fertilidade à procura de esperma anónimo e acabaram por receber o esperma do próprio …

Nenhum rohingya se apresentou para sair do Bangladesh e regressar a Myanmar

O Comissário para os Refugiados, Assistência e Repatriamento do Bangladesh, Abul Kalam, disse na quinta-feira que nenhum rohingya se apresentou para regressar a Myanmar (antiga Birmânia) numa segunda tentativa de repatriamento da etnia muçulmana. Numa conferência …

No ano letivo passado, houve nove denúncias de praxes abusivas

A linha de denúncias de praxes abusivas e violentas recebeu no passado ano letivo nove queixas relativas a agressões entre alunos que aconteceram, na sua maioria, em instituições de Ensino Superior do norte do país. A …

Motorista de autocarro apanhado a ver filme enquanto conduz 30 passageiros para Lisboa

As imagens de um motorista de autocarro que foi gravado a ver um filme, enquanto estará a conduzir o veículo com 30 passageiros, de Coimbra até Lisboa, estão a gerar burburinho e preocupações de segurança …