Mais creches e descontos na água e luz: CDS quer aumentar a natalidade

O CDS quer colocar a natalidade como prioridade na ação política e, para isso, apresenta algumas propostas esta terça-feira.

Esta terça-feira, o CDS-PP vai apresentar algumas medidas para promover a natalidade no país. O partido liderado por Assunção Cristas considera ser preciso colocar este tema como prioridade da ação política.

Filipe Anacoreta Correia, deputado centrista, diz ser preciso “abanar os orçamentos a favor das famílias”, e adianta que o CDS procurou identificar os principais problemas apontados pelas famílias de modo a conseguir dar respostas concretas.

Desta forma, entre as queixas mais frequentes, está a falta de creches e o preço elevado das existentes. Para combater este problema, o partido propõe um aumento da oferta, “isentando de IVA todas as creches e atividades de tempos livres quer possam ser extra-curriculares e não, como atualmente acontece, em que apenas o setor social está isento de IVA”.

As famílias queixam-se também da duração excessiva das férias de verão. Neste ponto, o CDS diz ser preciso um debate alargado no que concerne ao calendário escolar.

Segundo a Renascença, o CDS já fez algumas contas e há matérias que quer ver mudadas. Assim, para o debate do Orçamento do Estado, ficam desde já propostas de mudanças no IRS das famílias, através do chamado quociente familiar, mas também em impostos como o IMI ou nas contas para a isenção das taxas moderadoras.

Além disso, os centristas querem também mudanças nas faturas do gás e da luz, com descontos progressivos consoante o agregado familiar. “Quem tem consumos superiores, tem tarifas mais caras”. No entanto, aponta Anacoreta Correia, “essas tarifas não têm em conta o número do agregado familiar”.

“Uma família que precisa de consumir mais porque tem mais filhos, tem mais pessoas a viver, acaba por pagar muito mais por esses bens e isso é injusto e penalizador”, sublinha o deputado.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Só grandes propostas, descidas no IRS, na luz, na electricidade, e outras que concerteza virão conforme se vai aproximando a “época” eleitoral. Pena é que o CDS não se ter lembrado disto tudo quando, á não muito tempo, foi governo, com o seu dirigente máximo no posto de vice primeiro ministro (cargo importante e “excutivo”). Aí foi tudo precisamente ao contrário; subida do IRS, subida das taxas para 23% de IVA para luz e água, descidas nos valores das reformas, retirada de feriados e dias de férias (para quem diz que se preocupa com “as familias” não deixa de ser estranho) etc. Bem, temos que admitir que latas não lhes falta.

RESPONDER

Google impediu acidentalmente a venda de uma antiguidade roubada

No início deste mês, uma tentativa de contrabandear uma antiga pedra esculpida foi frustrada por uma simples busca no Google. O funcionário da alfândega em Heathrow achou que a alegação era suspeita. O contrabandista escreveu num …

Exposição de Joana Vasconcelos em Bilbau foi a 13.ª mais vista no mundo em 2018

A mostra de Joana Vasconcelos, atualmente patente no Museu de Serralves, foi vista em Bilbao por cerca de 649 mil pessoas - uma média de 5.600 por dia. A exposição I'm Your Mirror, de Joana Vasconcelos, …

O melhor professor do mundo é queniano e doa 80% do seu salário

Peter Tabichi é queniano, tem 36 anos e doa 80% do salário para desenvolver a sua comunidade local, numa remota vila no Quénia. Este domingo foi eleito, no Dubai, o melhor professor do mundo. Em Pwani, …

Pentágono autoriza mil milhões de dólares para construção de muro de Trump

O secretário da Defesa interino norte-americano, Patrick Shanahan, anunciou na segunda-feira o desbloqueio de mil milhões de dólares para a construção de um muro na fronteira entre os Estados Unidos e o México. Shanahan “autorizou o …

Advogados de Rui Pinto recorrem da prisão preventiva

Os advogados de Rui Pinto, colaborador do "Football Leaks", confirmaram esta segunda-feira que vão recorrer da medida de prisão preventiva aplicada sexta-feira ao seu cliente pelo Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa. A decisão de recorrer …

Se a corrida continuar a três, McLaren ameaça deixar a Fórmula 1

A McLaren, a segunda equipa mais antiga da Fórmula 1, ameaça desistir da modalidade caso os regulamentos elaborados para 2021 não a tornem numa competição justa. A visão da Fórmula 1, a modalidade de automobilismo mais …

México quer que rei da Espanha peça perdão pela conquista colonial

Obrador diz que esta é a única forma possível de obter a reconciliação plena entre os países. O pedido foi feito por carta. O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, anunciou ter enviado uma carta ao …

"O Vieira pediu-me para dar uma coça a Francisco J. Marques"

Vítor Catão, diretor desportivo do S. Pedro da Cova, afirmou que o Benfica, através do seu presidente Luís Filipe Vieira, lhe deu 200 mil euros para colocar uma "lapa" no carro de Pinto da Costa, …

"Governo saudita deu a ordem" para matar Khashoggi

Em entrevista ao El Mundo, a namorada do jornalista saudita Jamal Khashoggi afirma que a ordem que determinou a sua morte foi dada pelo Governo da Arábia Saudita. Em entrevista ao diário espanhol El Mundo, a …

Já há água, eletricidade e estradas abertas na cidade da Beira

Começam a ver-se pequenos avanços na Beira, em Moçambique, que inicia o lento caminho da reconstrução, após a passagem do ciclone Idai, que matou pelo menos 446 pessoas e destruiu cerca de 90% dos edifícios …