CDS pede ao Governo “um plano de desconfinamento controlado, à inglesa”

Tiago Petinga / Lusa

O líder do CDS/PP, Francisco Rodrigues dos Santos

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores.

Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores, e pediu que, caso isso não aconteça, sejam reforçados os apoios.

“O Governo está a atravessar um período de uma gritante insensibilidade social para vários setores de profissionais” e “este setor de cuidados de beleza emprega direta ou indiretamente cerca de 300 mil” pessoas, afirmou Francisco Rodrigues dos Santos, em declarações aos jornalistas, no final de um encontro com barbeiros, no Seixal, Setúbal.

O líder centrista quer que o Governo apresente “um plano de desconfinamento controlado, à inglesa“, que defina “para os próximos três meses as regras que vão ser aplicadas em cada setor de atividade”, e dê “previsibilidade, segurança e esperança a estas pessoas que estão a enfrentar verdadeiros dramas pessoais” porque “não têm rendimentos para pagar as suas despesas”.

“Ou o Governo apresenta um plano de desconfinamento que lhes permita [aos barbeiros, cabeleireiros e esteticistas] retomar a sua atividade em termos controlados e com regras claras, ou tem que dar uma justa compensação por terem a sua atividade paralisada, coisa que hoje não está a acontecer”, defendeu o presidente do CDS, pedindo o reforço dos “apoios a fundo perdido para ajudar estes microempresários”.

Rodrigues dos Santos considerou que os apoios atuais por parte do Estado “são insuficientes, altamente burocráticos, não estão a chegar à economia e os principais programas estão esgotados”.

“Neste momento não há plano nenhum, isto é grave. As pessoas continuam na incerteza, na insegurança e não têm dinheiro para pagar as suas despesas nem para, muitas vezes, alimentar a sua própria família”, alertou o líder centrista, defendendo que “se o Governo obriga os portugueses a não trabalhar, tem que lhes dar uma justa recompensação para ter uma vida familiar capaz de dar comida aos seus filhos, honrar os seus compromissos e ter como pagar as suas despesas”.

Francisco Rodrigues dos Santos defendeu também que “se as regras forem claras, se houver um plano que preveja um desconfinamento controlado, se o Governo tiver uma mensagem coerente para apresentar aos portugueses, se testar massivamente e se reforçar os rastreadores para interromper os contágios”, Portugal poderá ficar “em condições de ter um desconfinamento como tiveram outros países e que têm a sua situação pandémica controlada”.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É de lamentar que os nossos políticos em vez de apresentarem soluções tenham de ir copiar o que outros Países fazem para propor que se faça o mesmo em Portugal, pensar dá trabalho e os nossos políticos são alérgicos ao trabalho por isso não pensam copiam, como é tão fácil em Portugal ser político.

RESPONDER

O segredo da Coreia do Sul para combater a covid-19? Tecnologia de ponta e toque humano

O sucesso da Coreia do Sul a combater a pandemia de covid-19 não assentou apenas no recurso à tecnologia de ponta — também envolveu o tradicional toque humano. De acordo com um recente relatório da Câmara …

Governo: voto contra do Bloco é "definitivo". Marcelo diz que chumbo provoca dissolução

O Governo afirmou este domingo que entendeu o anúncio de voto contra por parte do BE como “uma posição definitiva”, remetendo eventuais novas negociações com este partido para a fase da especialidade do Orçamento do …

Soldados do exército chinês alinhados.

Chinesas querem "empregos de homem" — mas o sistema educacional corta-lhes as asas

Várias escolas, academia e universidades chinesas impõe cotas que limitam o acesso de estudantes do sexo feminino. Mulheres têm de tirar notas mais altas do que os homens para entrar. Um pouco por todo o mundo …

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …