O recrutamento de tropas no CDS começou, mas ninguém quer ir ao congresso

Paulo Novais / Lusa

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas

O momento negro que se vive no CDS parece não ter fim. Os sintomas de desmotivação são gerais e há dificuldades em encontrar quem queira estar no congresso que irá eleger o sucessor de Assunção Cristas, marcado para dias 25 e 26 de janeiro, em Aveiro.

Segundo a edição deste sábado do Expresso, está a ser um verdadeiro desafio convencer os militantes a deslocarem-se e a assumirem os gastos de passar um fim de semana em Aveiro, tal é a descrença no futuro do partido.

Fonte de uma das candidaturas, que tem participado na preparação do congresso, disse ao semanário que “há dificuldades claras em arranjar delegados“. “As pessoas dizem que tem custos, é preciso pagar duas ou três refeições em restaurantes e um hotel.”

Este sábado vão ser eleitos os cerca de mil delegados que irão a Aveiro escolher o próximo presidente do CDS, mas o quadro não é animador.

João Almeida, um dos candidatos à liderança, está a trabalhar no terreno, em busca de tropas. Segundo o próprio, é preciso ir buscar “todos os que estão mobilizados para o partido”. O CDS “está num momento difícil, quem disser que está a reagir estrondosamente”, mente, sugere João Almeida.

O problema arrasta-se desde o mau resultado do partido nas eleições legislativas de outubro e só se intensificou com o silêncio da maior parte dos candidatos à liderança. De acordo com o Expresso, algumas concelhias não contam com uma única lista de delegados ao congresso, mas existe também a situação contrária: concelhias em que se formaram duas ou mais listas concorrentes, como acontece em Aveiro.

A corrida está em aberto e há candidatos convictos de que o congresso será decisivo. Fonte próxima da Comissão Organizadora do Congresso adiantou ao Expresso que o órgão apresentará uma recomendação para que o voto nas moções seja secreto.

Candidatos são já quatro: João Almeida veio juntar-se ao grupo composto por Filipe Lobo d’Ávila, líder do grupo crítico de Cristas Juntos pelo Futuro; Abel Matos Santos, porta-voz da tendência interna (igualmente crítica da direção) Tendência Esperança em Movimento; e Carlos Meira, ex-presidente da concelhia de Viana do Castelo.

Em suspenso está uma possível candidatura de Francisco Rodrigues dos Santos, líder da Juventude Popular, que continua a trabalhar em silêncio. Além disso, não se sabe, para já, o que poderá acontecer à moção elaborada pela ala de Nuno Melo: se daqui sai uma candidatura ou um apoio a outra.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pandemia ameaça agricultura portuguesa. Cereais e setor do vinho em risco

Não é surpresa que alguns setores vão ser fortemente prejudicados pela pandemia de covid-19. A agricultura é um deles. Um grupo de trabalho criado pelo Governo - o Grupo de Acompanhamento e Avaliação das Condições de …

Governo dos Açores impõe cercas sanitárias em todos os concelhos de São Miguel

O Governo dos Açores decidiu fixar cercas sanitárias nos seis concelhos da ilha de São Miguel, para fazer face à pandemia de covid-19 na região, anunciou esta quinta-feira o líder do executivo. Ficam interditadas, segundo Vasco …

Espanha vai rastear mais de 40 milhões de telemóveis para enfrentar pandemia

Mais de 40 milhões de telemóveis vão ser rastreados em Espanha num estudo de mobilidade anónima que permitirá conhecer os movimentos da população entre territórios e contribuir para tomar decisões para enfrentar a pandemia causada …

Assistência a filho paga a 100% deixa de fora funcionários públicos inscritos na CGA

O pagamento a 100% do subsídio de assistência a filho que entrou em vigor este mês não abrange os funcionários públicos inscritos na Caixa Geral de Aposentações (CGA), revelou fonte oficial do Ministério da Administração …

Câmara do Porto quer isentar rendas de 257 estabelecimentos até junho

A Câmara do Porto vai propor a isenção total das rendas de 257 estabelecimentos situados em prédios municipais, no período de 18 de março a 30 de junho, no valor global de cerca de 112 …

Deslocações na Páscoa limitadas ao concelho de residência

O Governo vai limitar as deslocações dos portugueses durante o período de Páscoa aos concelhos de residência de permanência. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia esta quinta-feira, entre a sexta-feira Santa …

"Dos mais novos no mundo a morrer." Bebé de seis semanas morre de covid-19 nos EUA

Morreu, nos Estados Unidos, um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim de semana, na sequência de uma infeção provocada pela covid-19. Um bebé de seis semanas, que estava hospitalizado desde o fim …

Reyes seguia a 187 km/h quando sofreu acidente mortal

O futebolista José Antonio Reyes conduzia a 187 km/h quando rebentou um pneu do carro, provocando o acidente que causou a morte ao antigo jogador do Benfica, indica o relatório pericial da Guarda Civil. A investigação …

OMS está "muito preocupada com o rápido aumento da infeção"

A OMS mostra-se preocupada com a evolução do número de infetados pelo novo coronavírus e pede o perdão da dívida para os países mais vulneráveis. O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) diz estar muito …

Cerco sanitário prolongado em Ovar. "Situação ainda não está controlada"

A Direção-Geral de Saúde decidiu prolongar a cerca sanitária no concelho de Ovar por mais 15 dias, avança o Jornal de Notícias esta quinta-feira. De acordo com o matutino, as autoridades de saúde vão permitir …