Líder do CDS considera “imprudente” novas injeções no Novo Banco

José Sena Goulão / Lusa

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, defendeu hoje que seria “imprudente” injetar mais dinheiro no Novo Banco sem se saber como “tem agido” a administração.

À margem de uma reunião com a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), o líder centrista foi questionado sobre a auditoria do Tribunal de Contas ao financiamento público do Novo Banco, conhecida na segunda-feira.

Na ótica de Francisco Rodrigues dos Santos, “a bem da transparência e do rigor na aplicação dos dinheiros públicos e da credibilidade das instituições”, é preciso saber “de que forma é que esta nova administração do Novo Banco tem agido”.

“Sem essa demonstração de resultados parece-me imprudente estar a injetar novas tranches de dinheiro no Novo Banco”, sustentou, argumentando que é necessário compreender qual “o ponto da situação de contas e financeira em que se encontra o Novo Banco e perceber a viabilidade também das novas injeções de capital feitas pelo Estado”.

Apesar de insistir que, “sem resultados, sem demonstração da gestão que tem vindo a ser feita por esta administração do Novo Banco”, “é prematuro” avaliar novas transferências, Francisco Rodrigues dos Santos salientou que, “sendo o Estado uma pessoa de bem, os contratos são para cumprir”.

“Agora, é importante saber qual é o estado da arte e a situação em que se encontra o Novo Banco e apurar também algum tipo de operações que foram feitas nos últimos anos que despertaram alguma desconfiança (…) o Governo diz que não há dinheiro para dar à economia, mas para casos como o Novo Banco, para a TAP encontra sempre uma solução financeira. Isto acaba por indignar os portugueses e retira alguma credibilidade ao Governo”, criticou.

Para o líder centrista, é necessária “alguma justiça, alguma equidade, e ela tem que ser reposta naturalmente pelo Governo”.

Questionado sobre as conclusões da auditoria que referem falta de transparência no processo de venda do Novo Banco, o presidente do CDS-PP considerou que, “a bem do debate público, seria bom que se pudesse consubstanciar em atos concretos onde é que essa falta de transparência se verificou”.

Sobre o facto de o Bloco de Esquerda ter exigido ao Governo na segunda-feira que não faça este ano qualquer injeção de capital no Novo Banco, Francisco Rodrigues dos Santos criticou “a hipocrisia” do partido.

“Porque aprovou sucessivos orçamentos do Estado que viabilizaram transferências para o Novo Banco ao abrigo do contrato que foi celebrado entre este Governo e a administração do Novo Banco e durante este período não vimos grande incómodo por parte do Bloco de Esquerda em estar do lado da solução governativa que continuou a atirar dinheiro para o Novo Banco”,

O Banco de Portugal e o Fundo de Resolução consideraram na segunda-feira que a auditoria do Tribunal de Contas ao Novo Banco demonstrou que não há impedimentos à injeção de dinheiro público no Novo Banco.

Ambas as entidades coincidiram de que a auditoria demonstra que devem ser cumpridos os contratos feitos no âmbito do Novo Banco, nomeadamente o contrato do mecanismo de capital contingente pelo qual o Estado tem capitalizado o banco.

Destacam ainda a conclusão da auditoria de que o mecanismo de capitalização pública tem sido fundamental para a estabilidade do sistema financeiro.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana. O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que …

China suspende "diálogo económico" com a Austrália e denuncia "mentalidade de Guerra Fria"

Esta quinta-feira, o Governo chinês anunciou a suspensão "por tempo indefinido" de todas as atividades realizadas no âmbito da iniciativa "Diálogo Económico Estratégico China-Austrália". As relações entra a China e o ocidente estão cada vez mais …

Bolsonaro diz ter tido sintomas de reinfeção. China acusa-o de "politizar" novo coronavírus

O Presidente do Brasil admitiu na quinta-feira que teve sintomas de reinfeção pelo novo coronavírus "há poucos dias" e afirmou que tomou ivermectina, fármaco sem comprovação científica contra a covid-19. As declarações de Jair Bolsonaro foram …

"É fácil despedir". PCP quer mudar regime de despedimento coletivo e extinção de postos de trabalho

O PCP vai entregar na Assembleia da República esta sexta-feira um projeto de lei que visa limitar os despedimentos coletivos e a extinção de postos de trabalho, eliminando o despedimento por inadaptação. O objetivo do partido …

Páginas ocultas do PRR revelam "reedição da troika" na reforma aos hospitais

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) prevê uma concentração das urgências da Grande Lisboa e Grande Porto, cortes nos gastos e uma gestão dos hospitais mais vigiada com imposição de objetivos financeiros. O jornal Expresso …

Já há uma explicação científica para as "dunas" do céu do Norte

Um ano depois da sua observação, as auroras de dunas, ou auroras boreais em forma de duna, já possuem confirmação e explicação científica. A aurora boreal nasce quando as partículas carregadas expelidas pelo Sol, como eletrões, …

Praia. Desporto e equipamentos de lazer vão ter regras novas

O Governo aprovou esta quinta-feira as regras de acesso e ocupação das praias durante a época balnear, com alterações em relação ao ano passado ao nível da atividade desportiva no areal e da utilização de …

Bastião trabalhista derrotado. Conservadores conseguem vitória na "muralha vermelha" britânica

Os conservadores conseguiram derrubar o domínio trabalhista do círculo de Hartlepool. Jill Mortimer venceu com mais de 50% dos votos e ajudou a reforçar a maioria de Boris Johnson, primeiro-ministro britânico. O antigo deputado trabalhista Mike …

Curso de Medicina na Católica vai custar 100 mil euros. Candidaturas terminam este mês

A Universidade Católica Portuguesa (UCP) anunciou, em setembro do ano passado, ter recebido luz verde da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) para o curso de Medicina. Agora, sabe-se que vai custar …

Ivo Rosa deixa colegas "estupefactos" com violação de regra sagrada do Direito

O Conselho Superior da Magistratura recebeu várias queixas de juízes desembargadores contra Ivo Rosa. Em causa estão decisões do juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal, especialmente no âmbito do processo Operação Marquês, que vão …