CDS propõe bónus para profissionais de saúde e acusa Governo de “incompetência”

Mário Cruz / Lusa

O CDS entregou, esta terça-feira, na Assembleia da República, um projeto de resolução no qual propõe a atribuição de uma remuneração extraordinárias aos profissionais que estão na linha da frente no combate à covid-19.

Os centristas entregaram, na Assembleia da República, um projeto de resolução a recomendar ao Governo que “estude e elabore um mecanismo que permita atribuir aos profissionais, designadamente aos de saúde, que se encontram na linha da frente no combate à pandemia, uma remuneração extraordinária, ainda que simbólica, a título de prémio e reconhecimento pelo seu extraordinário desempenho, dedicação e esforço”.

“Os profissionais de saúde, nomeadamente médicos, enfermeiros, técnicos superiores, assistentes técnicos ou assistentes operacionais, são, de entre todos os portugueses, os que encabeçam este combate e estão a fazê-lo de forma hercúlea, com abnegação e com muitos sacrifícios, particularmente pessoais e familiares”, refere o diploma, citado pelo Sol.

Para sustentar o projeto, o CDS refere exemplos de outros países que deram prémios aos profissionais de saúde, nomeadamente o Governo francês, que anunciou a atribuição de um prémio aos profissionais de saúde, pelo seu empenho no combate à covid-19.

A Suécia e Alemanha têm também implementado ou estão a estudar medidas de maior apoio aos profissionais de saúde.

A resolução do CDS-PP recomenda ainda ao Governo que “pondere definir e atribuir uma majoração no pagamento das horas extraordinárias” aos profissionais na “linha da frente do combate à pandemia, designadamente aos profissionais de saúde”.

No mesmo dia, em declarações aos jornalistas, Telmo Correia afirmou que o CDS pedirá esclarecimentos ao Governo, considerando “inconcebível” que o setor da saúde tenha ficado excluído em abril do pagamento de aumentos estabelecido para a função pública.

“De entre todos, se alguém não poderia falhar neste aumento neste momento são os que estão na primeira linha a tratar dos doentes e combater esta pandemia. É um falhanço inacreditável e só pode ser compreendido à luz de uma incompetência inexplicável”, afirmou o líder parlamentar.

O Público avançou esta terça-feira que os profissionais de saúde, como médicos e enfermeiros, não vão receber já o aumento de 0,3% que vai ser pago a todos os funcionários públicos este mês. A culpa é de um erro informático.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. e bonus para os outros profissionais?
    Tais como os de transportes de mercadorias que se arriscaram a ir a países onde o surto era bem maior para trazer bens alimentares entre outros…
    Tais como os policias que se arriscavam a lidar com situações de possíveis contágios…
    Tais como os bombeiros que iam socorrer doentes, transportavam doentes, que socorriam em emergências de acidentes e incêndios…
    Tais como todos os motoristas de autocarros…
    Tais como os profissionais de telecomunicações que nunca se recusaram para que as comunicações nunca falhassem em tempo de pandemia…
    Tais como os caixas de supermercado que nunca falharam para todos nós conseguíssemos ir buscar os alimentos, e que se expunham diariamente.
    Estamos a falar de um País inteiro que se disponibilizou e que batalhou contra esta pandemia, uns mais que outros é certo, mas é injusto que se venha agora falar em bónus para apenas um sector quando todos contribuíram!
    Já para não falar que se avizinham tempo de crise e não me parece bem bónus nesta altura, e que vão ser pagos por todos!

    • eu explico-Lhe … – ONTEM já os funcionários públicos haviam recebido o aumento – EXCEPTO A SAÚDE – ora se os aumentos são de facto uma estupidez nesta altura, muito mais estúpido é que se atribua a quem está em casa no bem bom a receber a 100% e sem descontar férias e não se atribua (já) aos do sector da saúde, que são de facto os únicos que viram trabalho aumentar e muito

      • Não, eu explico-lhe! Porque infelizmente não percebeu, o que o que trata a noticia e o meu comentário, é de um BONUS e não dos aumentos que vão receber na mesma e com retroactivos.
        Para a próxima convém ler melhor para não fazer figura de urso!

  2. O CDS está cada vez pior e mais parecido com o Chega do Ventura… agora estão muito preocupados com os profissionais de saúde…
    Podiam juntar os dois partidos e formar o Chega de CDS!!

  3. Acho piada a este país.

    Quem não faz nada critica sempre quem está a fazer. É uma posição fácil. Quem está a trabalhar e fazer coisas nem sempre acerta. Às vezes comete erros ou toma más decisões. Ninguém é perfeito.

    Mas quem não faz absolutamente NADA tem sempre razão. Só precisa de ficar sentado, armado em treinador de bancada. Isso dá uma grande saída em Portugal.

    Quando estiveram no poleiro, o que é que fizeram pelos médicos? Quem é que está agora a tentar resolver os problemas com um SNS no estado em que vocês o deixaram? Calem-se pá! Ajudem, ou então saiam da frente e deixem trabalhar os outros.

RESPONDER

PayPal resiste à pandemia. Volume de pagamentos cresce 30% no segundo trimestre

O volume de pagamentos através do PayPal cresceu 30% no segundo trimestre. A empresa parece resistir à pandemia de covid-19, que abalou o setor das viagens, cujos pagamentos estão muitas vezes associados a meios eletrónicos. …

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …

Luz verde para reabertura de centros de dia. DGS sugere dois metros de distância entre idosos

Os centros de dia vão poder reabrir a partir de 15 de agosto, mas de forma faseada e condicionados a uma avaliação prévia da Segurança Social e entidade de saúde local sempre que funcionem juntamente …

Vacina russa para a covid-19 preocupa cientistas. País pode estar a saltar etapas

Países de todo o mundo continuam na corrida por uma vacina contra a covid-19. A Rússia diz estar prestes a anunciar a vacina, deixando preocupada a comunidade científica, ao passo que Itália avança para os …