CDS quer que alunos que ficam de fora nas universidades públicas possam pagar para entrar

António Cotrim / Lusa

O CDS-PP quer que os alunos que ficam de fora dos concursos das universidades públicas possam pagar para entrar nos estabelecimentos de ensino, à semelhança do que acontece já com estudantes estrangeiros, escreve o jornal Público.

Esta é mais uma das propostas do partido para as eleições legislativas de outubro, apresentada pela líder centrista, Assunção Cristas, esta terça-feira.

Na prática, o CDS-PP quer que as vagas criadas pelas universidades públicas que não são incluídas na lista do numerus clausus, e que são depois ocupadas por alunos estrangeiros que pagam o curso, possam ser ocupadas por alunos portugueses que ficaram de fora do ensino superior no concurso nacional de acesso.

Tal como recorda o diário, o numerus clausus corresponde ao número de vagas disponíveis no concurso nacional de acesso ao ensino superior, sendo estabelecido para cada curso e instituição consoante o número de vagas que o Estado aceita financiar e para as quais define também a propina máxima a pagar pelos alunos que entram pelo concurso.

Contudo, as próprias universidade podem, se tiverem essa capacidade, abrir mais vagas para além do valor definido no numerus clausus para os mesmos cursos. Estas vagas servem para receber alunos estrangeiros que pagam os seus estudos a preços de mercado. Desta forma, as instituições conseguem fontes de financiamento e ganham ainda notoriedade a nível internacional.

E é exatamente nestas vagas criadas paralelamente ao numerus clausus que o CDS-PP quer permitir que os alunos portugueses que não tenham entrado através do concurso nacional de acesso possam vir a aceder.

No entender do partido, não faz “nenhum” sentido que os alunos vindos de fora da União Europeia possam entrar nas universidades portuguesas em vagas criadas para esse efeito e que os alunos portugueses não o possam fazer, mesmo pagando para esse efeito.

“Não faz qualquer sentido que uma família portuguesa, cujo filho não se classificou para entrada no curso ou na escola da sua preferência, dado o numerus clausus, não possa escolher aceder a essa vaga pagando o seu custo real, tal como pode escolher uma universidade privada ou uma universidade estrangeira”, diz o CDS-PP, citado pelo diário.

“Ou seja, os alunos que ficaram de fora podem, se quiserem, entrar pela sua ordem de classificação, pagando os preços de mercado”, em vez de recorrerem ao ensino privado ou optarem por irem para o estrangeiro ou terem de esperar pelo concurso nacional de acesso ao Ensino Superior do ano seguinte.

A medida não prejudicará o Ensino Superior privado, servindo antes para a aumentar a concorrência entre as universidades, segundo explicou o CDS-PP. “Quanto maior a concorrência, melhor será o ensino”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O CDS quer lol
    Se quer, se tem esse desejo, então que avance com uma iniciativa parlamentar e leve a votação dos deputados! Tal como milhares de votações que são feitas todos os anos na assembleia da republica!
    Isto é noticia?

  2. Mais que justo principalmente para os que não sabem valorizar o preço que se paga para não estarem inseridos no rol da classificação de burros, o pior muitos já exibindo canudos universitários comprados é obvio, sem porém saber, onde enfiá-los.

  3. Ahhhh, já percebi. É mais ou menos assim. O filho do pobre tem de ser inteligente e estudar. O filho do rico até pode ser um grande burro e andar sempre na borga mas entrará de qualquer forma.
    Ó Cristas e que tal esta ideia que agora me surgiu: e porque não permitir aos alunos que chumbem na universidade e que nunca mais consigam terminar os cursos, que possam pagar para ficarem licenciados? E preferencialmente a um qualquer domingo?

    Parece-me uma boa ideia.
    Com franqueza. Já votei por diversas vezes entre PSD e CDS mas neste momento vou votar em quem? Alguém que me ajude!

  4. o que esta não faz por dinheiro, em público. como não será em privado, deve ser o bom e o bonito, haja graveto que ela faz tudo.

RESPONDER

Real Madrid goleia em Granada e continua a sonhar com o título

Os madrilenos golearam em casa do Granada (4-1), esta quinta-feira, em jogo da 36.ª jornada, o que lhes permite continuar a sonhar com a conquista do campeonato. Os golos foram marcados por Modric (aos 17 minutos), …

PS e PAN avançam com direito ao esquecimento para quem sobreviveu ao cancro

O Parlamento vai aprovar esta sexta-feira, na generalidade, projetos-lei para acabar com a discriminação de pessoas que tiveram cancro no acesso a seguros de vida. O PS apresenta esta sexta-feira uma proposta no parlamento para quem …

Estudo mostra que é seguro misturar vacinas, mas DGS quer mais detalhes

O novo estudo dá indicações sobre a segurança da administração de vacinas de marcas diferentes – uma das opções possíveis em Portugal para o meio milhão de pessoas com menos de 60 anos que receberam …

Romualda Fernandes - PS

"Erro" ou "canalhice"? PS exige desculpas da Lusa pela forma como identificou deputada

A Lusa está no olho do furacão depois de um jornalista da casa ter identificado a deputada do PS Romualda Fernandes como "Preta" numa peça que acabou por ser replicada em vários jornais online. O …

Estudo mostra que o navio Mary Rose tinha uma tripulação multiétnica

A análise dos restos mortais de parte da tripulação do navio de guerra Mary Rose, o favorito do rei Henrique VIII de Inglaterra, mostra a diversidade que já existia no período Tudor. O navio de guerra …

Hulk marcou num jogo que foi interrompido... cinco vezes

Muitas pausas na partida entre América de Cali e Atlético Mineiro. Protestos na Colômbia também afetaram o jogo Atlético Nacional-Nacional. Grupo H da Taça Libertadores, quarta jornada. Em Barranquilla, América de Cali e Atlético Mineiro entraram …

Festa leonina, OE e política. Marcelo poupa Cabrita, mas não põe de lado uma remodelação

Em entrevista à RTP, a primeira deste mandato, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, poupou Cabrita, culpou os adeptos pelo que se passou nos festejos do Sporting, sublinhou que acredita que o Orçamento …

Governo prometeu a Bruxelas reforma de serviços do Estado. Sindicatos não sabiam

O Governo prometeu a Bruxelas arrancar com uma “reforma funcional e orgânica da administração pública (AP)” sob pena de não receber os cheques da bazuca europeia. “A reforma iniciar-se-á no segundo trimestre de 2021, com a …

Implante neural permite que pessoas paralisadas escrevam. Basta imaginar as letras

Pela primeira vez, uma equipa de investigadores descodificou os sinais neurais associados à escrita de letras e, em seguida, exibiu versões digitadas dessas letras em tempo real. Quando uma lesão ou doença priva uma pessoa da …

Presidente do PSD Oeiras demite-se depois de Rio rejeitar apoiar Isaltino Morais

O presidente da Comissão Política do PSD de Oeiras, estrutura que declarou apoio à candidatura do independente Isaltino Morais à liderança do município, demitiu-se, conforme anunciou esta quinta-feira o próprio, depois de a Comissão Política …