Cavaco Silva: Um dos “grandes erros” de Costa foi “o Estado querer ficar com 50% da TAP”

José Goulão / Flickr

O ex-Presidente da República, Cavaco Silva

Cavaco Silva aponta que o Estado querer ficar com 50% da TAP e a reposição das 35 horas de trabalho na Função Pública são dois dos “grandes erros” cometidos por António Costa.

Em entrevista ao programa Sob Escuta, da Rádio Observador, Aníbal Cavaco Silva deixa várias críticas ao Governo de António Costa. O antigo primeiro-ministro e Presidente da República diz que um dos “grandes erros” de Costa foi a reversão da privatização da TAP.

“Já imaginou a Autoeuropa, que concorre internacionalmente — na produção de automóveis — a ser gerida pelo Estado? Uma coisa é o Estado gerir os transportes coletivos, ou o metropolitano, ou a fábrica de produzir notas de euro no Banco de Portugal. Mas uma empresa que concorre a nível mundial com outras companhias?”, questiona Cavaco Silva.



A comparação entre a TAP e a Autoeuropa foi feita, recentemente, pelo próprio ministro da Economia. “Deixar desaparecer a TAP era como deixar desaparecer a Autoeuropa ou pior”, disse Pedro Siza Vieira em resposta ao deputado do CDS-PP João Gonçalves Pereira, num debate no Parlamento.

Cavaco discorda e argumenta que as realidades da TAP e da Autoeuropa são bem diferentes. O antigo chefe de Estado português considera que falta uma análise sobre o “custo de oportunidade” da injeção na transportadora aérea e defende que o “grande erro” começou quando o Governo quis ficar com 50% da empresa.

“Eu avisei o primeiro-ministro, quando isso foi feito em 2016. Tudo começou aí. O erro está aí. Disse-o claramente quando numa jogada meramente politico-ideológica, o Estado que tinha apenas 36%, quis ficar com 50% da TAP”, atirou.

A redução das 40 para as 35 horas na função pública e a não-recondução de Vítor Caldeira como Presidente do Tribunal de Contas são os outros erros apontados ao atual Governo socialista.

Além disso, Cavaco diz que, por muito que procure, não encontra nenhuma reforma feita pelo Governo de Costa. A via reformista, defende, só volta quando o PSD voltar ao poder.

O atual Governo, “como se viu” no Orçamento do Estado para 2021, “depende de uma força política que de democracia tem pouco”, realçou Cavaco Silva, numa crítica direta à solução governativa atual.

Em relação aos Açores, não tem a “mínima dúvida” que a coligação de direita apoiada pelo Chega é muito melhor do que a continuidade de um governo socialista.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

76 COMENTÁRIOS

  1. E um dos maiores erros de sempre de Portugal foi cavaco ter sido primeiro ministro e presidente da republica!
    Conseguiram repetir a porcaria 4 vezes!!!
    É obra mesmo para os portugueses!!!!

    • Opiniões certamente de quem pouco lê e muita bola vê. Comentário de tasco em hora de fecho. Desconhece completamente o que era Portugal antes e depois do período de Cavaco Silva. Muito provavelmente nem sabe que antes do Cavaco demorava uma eternidade a chegar a diferentes pontos do país, não tinha um código de IRS e IRC, apenas legislação avulsa, não tinha grupos económicos em Portugal (foi ele que os trouxe de novo para a economia)…
      Beba menos!

      • É verdade mas a principal diferença foi no nível de compadrio e corrupção, onde há claramente uma marca do antes e depois do Cavaco (e amigos)!!
        E, os “grupos económicos” dessa altura são o que se tem visto…

        • É verdade que os governos do Cavaco eram uma quadrilha de ladrões. Isso é verdade. Mas de lá para cá nada mudou nessa dimensão. E depois temos de dar algum desconto porque a democracia ainda estava a dar os primeiros passos. Essa é que é a verdade. E nesses cenários, por todo o mundo, é normal haver corrupção em força. Não sou propriamente um grande adepto do Cavaco mas reconheço que fez algumas coisas. Mas também fez muitas asneiras.
          Quanto aos grupos económicos era preciso recriá-los depois do 25 de abril. Era fundamental. O principal problema foi que muitos desses grupos ficaram desde esse momento sempre ancorados no poder. Em Portugal há dois tipos de grupos económicos: os que mamam forte e feio no Estado e os verdadeiramente de iniciativa privada. Nestes últimos destaco a SONAE que do poder político só viu sempre entraves. O processo da OPA sobre a PT é o melhor exemplo. Agora já todos percebemos o que aconteceu na história. Isto porque havia outros “grupos económicos” daqueles que sempre mamaram no Estado que não permitiram, através do poder político.
          Quanto ao Cavaco fez algumas coisas boas, fez muita coisa má, mas não alinho no discurso que foi um perfeito imbecil que só fez mal ao país. Isso é de quem nada percebe de política ou simplesmente tem um cartão partidário que lhe permite comer de 4 em 4 anos. E esse é que é um dos grandes problemas em Portugal. Há gente que só come de 4 em 4 anos.

          • Certo; tenho que concordar!…
            O problema do Cavaco, além de ser ter rodeado de gente muito duvidosa e nunca saber de nada, é continuar a fazer de conta que o que se tem passado no país não foi nada com ele e que não foi PM durante 10 anos e depois PR durante outros 10 anos!…
            E basta olhar para esta entrevista: crítica as 35h da FP quando foi ele que as criou!!
            O mal desses tais “grupos económicos” foi principalmente não terem tido também um “25 de Abril” e, passaram de donos de Portugal/amigos da ditadura, para “amigos” do políticos supostamente democráticos… o resulto é o que se tem visto, por exemplo, com o BES/Salgado, etc, etc…

        • Tem razão o “Eu!”. A grande ladroeira veio, posteriormente, com Sócrates e, em certa medida, com este governo de pelintragem esquerdoide, “Tudo em família e entre amigos”.

        • Opa, mas que lerdo…esse “viajante” é daqueles que acha que o patrão é que tem de trabalhar e ir a casa dele levar-lhe o dinheiro do emprego (sim, não é do trabalho que ele é mais malandro que ops malandros) ao final do mês a casa. Deve dar-lhe casa, cama, mesa e roupa lavada, fatos do melhor corte inglês, gravatas de seda pura e ainda a mulher para ele brincar. Esta estirpe de pessoas e com estas ideologias, deviam ser todos colocados nas carruagens das vacas em direcção a Auchvitz. Ali é que iriam saber o que era ser “socialista”.

    • viajante ? ah ah ah deixa-me rir…só se foi dos col…do teu pai para a co..da tua mãe. Que sabes tu de política ? que percebes tu de ideologias esquerdas ou direitas ? queres ter emprego apenas e milhares de euros a entrar-te para o bolso, nada mais. Trabalhar ? concorrer para que tenhamos um Portugal mais e melhor ? não, os patrões que trabalhem…enquanto não forem erradicadas as ideias vermelhas de Lenine e Staline e seus lacaios, este país não vai em frente. Enquanto houverem chamuças a governar (-se a si, para os seus bolsos e dos amigos), bem que Portugal não sai da cepa torta. Sempre há cada comunista de bolso por aqui…já cheira mal, pior que merda podre…

    • Se és viajante, não parece. Porque para o seres terias que calcorrear todas as grandes vias que surgiram no país, com o melhor primeiro ministro de Portugal. Antes dele, as vias portuguesas eram caminhos de carros de bois. Aí, não eras viajante, com certeza.

  2. Um dos erros de Costa foi e continua a ser o cargo que ocupa.
    Começou a errar a partir do primeiro segundo. E, agora, continua a errar, porque defende assassinos e Martelfies.

  3. Julgo que para a maioria dos portugueses o que o Cavaco disse é bastante óbvio.
    E provavelmenet será ainda mais óbvio com o passar do tempo.
    De resto, concordo com ele quando diz que o a principal razão para as decisões indicadas foi uma razão politico-iodeológica. Num governo sério, neste tipo de decisões deviam pesar outros argumentos, até pela própria sustentabilidade das próprias decisões…

    • O Passos já tinha resolvido o problema. Para quê comprá-lo de novo? Ah… já sei… para empregar a mulher do Medina e outros tantos tachistas do PS que não têm onde cair mortos. E de relembrar que mesmo em anos de prejuízos a administração da TAP deliberou dar prémios a estas pessoas. E bem grandes! O nosso dinheiro dá para tudo!

      • “O Passos já tinha resolvido o problema.”
        Hahahaaa…..
        Fiquei na dúvida se é ironia ou mesmo ignorância…
        Quem deu prémios foi a administração privada que esteve a gerir a TAP até Setembro de 2020!

        • O que é que o estado tem a haver com prémios dados por empresas privadas? Nada.
          Porque é que a TAP deu os prémios aos amigos do Costa, medina, do PS, etc? Porque o acionista estado o permitiu. Então tinha 50% da TAP e não tinha voto na matéria? Serviu para quê ficar com 50% da TAP?
          Não sou particularmente adepto do Cavaco como PR mas o que ele disse agora tem toda a razão! Foram 2 erros MONUMENTAIS deste PS e desta geringonça sem vergonha.
          Vamos pagar bem caro por esses erros e outros. Na minha opinião o PS e a geringonça fizeram o país regredir mais 6 anos.
          “Ideologismos bacocos…”

          • Vou escrever outra vez: a TAP, desde 2015 até setembro de 2020 teve uma administração privada – sem qualquer voto ou decisão do Estado durante esse período!!
            Podes ter as opiniões que quiseres, mas isto não é uma opinião; é um facto!!

            • Precisas de ir ao oftalmologista. Se o Costa não revertesse a privatização, não estariam os portugueses, daqui para a frente, a ser sobrecarregados com estes milhões e milhões. A ideologia ao serviço das esquerdalhadas governantes só nos tem dado desgraças.

        • Ó pateta… diz lá em que é que a TAP contribui para o desenvolvimento de Portugal? Fico à espera… obviamente, sentado.

  4. Eu diria que faria sucesso no Gato Fedorento… Os portugueses sabem bem o que é ser governados pela direita, e por isso a opção é a esquerda. O Parlamento e as Camaras Municipais assim o dizem. É claro que agora vai ser dificil o PSD chegar ao poder. Deixaram cair o CDS, esperando que o seu esvaziamento provocasse a subida da laranja… erro crasso… foram todos para o “chega”…e até levaram alguns que andavam escondidos na laranja…. eu diria que os cavaquistas correm o risco a médio prazo de passarem a terceira força politica..
    Mas o que diz a múmia é verdade, como se toda a gente não soubesse. A esquerda defende as pessoas, não o capital privado e os seus sistemas e interesses (privados).
    O Reforço no capital da TAP, foi para manter a empresa, pois se não fosse assim, nesta altura, estaria falida, todos no olho da rua, e centenas de empresas portuguesas penduradas e em risco de falir…
    O reforço do Serviço Nacional de Saúde, delapidado e esvaziado pela direita laranja, tem sido fundamental para segurar a saude dos portugueses… claro que são opções ideológicas… tal como o não fazer, também é ideológico..

    • Essa é a maior treta do socialismo: “A esquerda defende as pessoas, não o capital privado e os seus sistemas e interesses (privados).”
      Se não fosse o Passos ainda hoje havia BES. E quem é que fez negócios com o BES e defendeu os seus interesses? O PS!!! Impedindo grupos económicos nacionais de comprar a PT por exemplo.
      E a melhor forma de defender os trabalhadores é promover o emprego! Criar condições para que as empresas possam evoluir. Por cá faz-se o contrário, lançam-se impostos atrás de impostos. Somos dos países do mundo em que os encargos totais sobre o trabalho são maiores! Isso é que é defender os trabalhadores?!!!!!!!
      Depois fala na TAP… O amigo não percebe que a TAP só interessa a este governo porque a mulher do Medina e outros xuxalistas têm de “trabalhar”. A TAP não tem qualquer interesse para o país ao contrário do que o PS refere. Os nossos emigrantes não usam a TAP! O turismo não chega pela TAP. A TAP apenas serviu para desviar turistas galegos do aeroporto do Porto para o de Lisboa. Essa é que é a verdade.
      Nunca se esqueça da seguinte frase: o socialismo acaba quando acaba o dinheiro dos outros.

      • Por falar em treta (e no BES):
        “MP confirma financiamento do “saco azul” do BES a Cavaco Silva”
        sabado.pt 14.07.2020
        .
        Como se nota que andas distraído, convém relembrar a TAP foi gerida por privados (sem qualquer interferência do Estado!) de 2015 até Setembro de 2020…
        Pormenores…

        • E o Cavaco Silva é o PSD?!!! Era candidato a Presidente da República!!! Podes não saber, mas também te podes sempre informar primeiro, que o Presidente não forma governo com o apoio de um partido. Até podia ter concorrido pessoalmente. Pormenores.
          A última então é uma pérola, digna de um pateta. Acreditas mesmo que não houve qualquer interferência do governo?! E os voos desviados do Porto para Lisboa com os galegos a serem roubados ao Norte?! E a mulher do Medina e o Frasquilho?! E o amigo íntimo do Costa?! Até perdia um pouco mais de tempo contigo mas… estás muitas divisões abaixo da conversa que se está aqui a ter. Informa-te primeiro e depois volta cá com argumentos… que até aqui não apresentaste nada digno desse nome. Mas já estamos habituados à tua falta de capacidade de compreender os problemas.

          • O quê??!
            Como dizia o outro: “O que tu queres sei eu”!!
            .
            Não!… Claro que Cavaco não tem NADA a ver com o PSD (ou com o BES)… é tudo calúnias…
            .
            “…
            O retorno em força dos Espírito Santo ao país acontece dois anos depois da reunião no hotel da Suíça, ainda durante o executivo liderado por Cavaco Silva. Mas se até então as conversações poderiam não passar de meras formalidades, as dúvidas ficam desfeitas quando anos mais tarde, em 2004, Salgado convida Cavaco para um jantar na casa do Estoril, onde em Julho deste ano foi detido no âmbito da Operação Monte Branco.
            …”
            Cronologia:
            1989 – Cavaco Silva, então primeiro-ministro, e Ricardo Salgado encontram-se na Suíça, juntamente com Manuel Ricardo Espírito Santo. Os membros da família Espírito Santo revelam que têm vontade de regressar ao país e assumir novamente a Tranquilidade e o Banco Espírito Santo.

            2004 – Um jantar na casa do Estoril de Ricardo Salgado juntava o primeiro ministro Durão Barroso, Marcelo Rebelo de Sousa e Cavaco Silva. O “Expresso” noticiou que o encontro tinha a finalidade de mostrar apoio à candidatura de Cavaco nas eleições presidenciais de 2006.

            2004 – Cinco membros da família Espírito Santo doaram mais de 104 mil euros à Campanha de Cavaco. Segundo o “Diário de Notícias”, a família Espírito Santo foi mesmo uma das grandes financiadoras, representando mais de 5% do total doado a Cavaco Silva. Salgado doou o máximo permitido, na altura, por lei: 22 482 euros.

            2010 – Ricardo Salgado pressiona Cavaco a recandidatar-se à presidência da República. E chega a dar a sua posição em público, num evento organizado pelo “Negócios”: “O Presidente Cavaco é uma referência nacional. Acho que se deve recandidatar”. Cavaco respondeu, numa entrevista à RTP a partir de Luanda, dizendo que ira pensar em família nesse cenário.

            2014
            21 Julho – Durante uma viagem à Coreia do Sul, Cavaco acalma os ânimos e diz que o BES está estável. Adianta que a entidade bancária não é permeável aos problemas do Grupo Espírito Santo.

            03 Agosto – É anunciada a recapitalização do Banco Espírito Santo e a sua divisão em dois bancos: um bom e um mau.

            07 Setembro – Após criticas de que terá induzido investidores em erro ao dizer que o banco estava estável, Cavaco reage dizendo que as suas declarações tinham em conta as informações que lhe foram prestadas pelo executivo de Passo Coelho, bem como pelas entidades oficiais. Disse esperar que o Governo lhe tenha dado as informações assim que teve acesso às mesmas.”
            paginaglobal.blogspot.com/2014/09/os-amigos-cavaco-silvaricardo-salgado-e.html
            .
            E, há tanta “interferência” nessa cabecinha limitada que nem te apercebeste que o Frasquinho é do PSD, foi deputado durante mais de 10 anos e, até foi Secretário de Estado no governo do Furão Barroso!…
            .
            Pois… lá se foi a cassete…

            • Tu não percebes mesmo nada de nada. No pós 25 de abril era necessário recuperar os grupos económicos destruídos. E o Cavaco fê-lo. Se não fosse ele, alguém iria fazê-lo porque era uma necessidade. Obviamente, que estes ficaram sempre agradecidos ao Cavaco mas não necessariamente ao PSD. Vai perguntar ao Ricardo Salgado o que ele pensa do Passos Coelho!
              E depois não é Frasquinho, é Frasquilho! E que eu saiba é o único conotado com o PSD que está na TAP. Já do PS são muitos!!! E já agora, esse tal de Frasquilho também já não conta dentro do PSD!!! Mas também não sabes disso!

              Lá se foi a cassete.

  5. E repugnante o discurso deste senhor. O grande azar de Portugal foi o de o carro que levou a fazer a rodagem, não ter avariado pelo caminho.

  6. Ou não ter sido levado por um tsunami na Figueira! Uma pessoa que começava a sua carreira política com uma mentira destas não prometia muito! Mas, mesmo assim, ainda deve estar para nascer a pessoa que seria mais honesta do que ele. Será que, agora, a reforma já lhe chegará para a bucha?? Quem é que ainda dá crédito ao discurso deste nosso ex PR?

  7. Efetivamente até dá vómitos ouvir o que esta caturra palra, mas dá mais ainda, ver que mesmo com toda a sujeira que fez, ainda há quem de alguma forma o defenda. Por que não se cala este acéfalo?
    Cavacos, Sócrates, Loureiros etc. são gente de quem não precisamos para nada, e ninguém lhes devia dar tempo de antena.

  8. Só para entrar, quem se lembra do Melancia – aeroporto de de Macau (só ares) quem se lembra do acidente heli – marfim de elefantes(só ares), foi tudo erros de informação (so ares). XUCHA XUCHA. afinal isto parece que já tinha sido treinado antes.

  9. Os portugueses inteligentes e pagadores de milhões dos elefantes brancos criados por toda a esquerdalha, sabem desde logo que a TAP era outro Novo Banco. Mas o Costa tinha que fazer a vontade ao PCP e sobretudo ao Bloco e assim, meteu a pata na poça porque eles não dão nada,antes pelo contrário recebem dos nossos impostos altos salários e, mordomias estratosféricas e, em vez de ser o Nielman a pagar a borrada que fez saiu-lhe a lotaria ao receber milhões, saídos outra vez dos nossos impostos e pôs-se ao fresco com o euromilhões. Se a TAP era privada, privada ficava e o cavalheiro teria que resolver o problema dado que ele escolheu na devida altura, ser o maior accionista, mas a esquerdalha resolveu sermos nós a pagar e a suportar os danos. Malditos sejam! Entretanto mula como é, o Costa dá umas dezena de euros aos que nunca trabalharam ou nunca descontaram ou então propositadamente descontaram pelo salário mínimo metendo a outra parte ao bolso e que agora fazem troça de quem trabalhou e descontou ao longo de dezenas de anos, vão para os cafés gozar connosco e chamando-nos lorpas. O Costa como quer manter-se no tacho tem feito estes aumentos para garantir que todos estes vão votar nele nas próximas eleições. Oportunistas hipócritas! Muitos de nós com graves problemas de saúde com deficiência acima dos 80% só porque trabalharam no duro ganham agora menos do que há 6/7 anos e com reformas iguais aos malandros. Não têm aumentos porque ainda ganham mais 5/6 euros a mais, ou seja 700 euros do que os aumentados quando a diferença era há uns anos de mais de 20 a 30%. Parecemos a ex-URSS, salários e reformas iguais para todos. Bem me arrependo de ter trabalhado tanto por pensar que a minha reforma seria de valor aproximado ao que se ganhava enquanto trabalhadora. Até os prémio por ser boa funcionária no valor de 500.000$00 descontava quase metade para os malandros da governação mamarem à minha conta e o pago é o que se vê. Todos uns bandidos! CHEGA!!!

    • Ainda bem que não tens que pagar a refoma (e a subvenção vitalícia) do esquerdalha Cavaco – aquela que ele não sabia se iria chegar para os seus gastos!…
      .
      A TAP era privada mas a dívida e o risco SEMPRE esteve nas mãos do Estado (como é óbvio – senão ninguém lhe pegava!), portanto a privatização não resolveu absolutamente NADA – ainda piorou a situação e o vigarista do Neeleman ainda levou uns milhões da TAP sem ter investido um cêntimo – neste caso, a culpa foi do Costa (se bem que, não se previa chegar a 2020 e levar com uma crise mundial no turismo/aviação) mas, ele nunca devia ter aceitado uma cláusula que previa indemnizar um artista que não entrou com dinheiro – quem meteu dinheiro foi o Pedrosa e, por isso continua na TAP.

RESPONDER

O Hawaii quer remover a sua "escadaria para o paraíso" - e a culpa é dos turistas

Em causa estão preocupações com a segurança e vandalismo, que têm aumentado com a explosão de popularidade da escadaria Ha‘ikū nas redes sociais. É caso para dizer que a Stairway to Heaven vai para o inferno …

Inventou o ZX Spectrum e mudou o mundo. Morreu Clive Sinclair

O empresário britânico e inventor do computador doméstico ZX Spectrum, Clive Sinclair, morreu hoje aos 81 anos na sua casa, em Londres (Reino Unido), devido a doença prolongada, informou a filha ao jornal “The Guardian”. Morreu …

Esta torre construída na Suécia não é gigante em altura, mas em sustentabilidade

Para além de ser feito de um material sustentável — fornecido por florestas locais com gestão consciente e transformado por uma serração nas proximidades, o Centro Cultural dispõe de múltiplas tecnologias que fazem dele mais …

Empresa canadiana debaixo de fogo por publicar anúncios de emprego destinados a não vacinados

Uma empresa de canoagem, sediada no Canadá, está debaixo de fogo depois de ter colocado anúncios de emprego destinados, exclusivamente, a pessoas não vacinadas contra a covid-19. "Por favor, NÃO se candidate se tiver tomado quaisquer …

Disparam ataques a jornalistas. Bruxelas insta países da UE a aumentar proteção

Os países da União Europeia (UE) foram instados por Bruxelas a tomar medidas para proteger os jornalistas, após um aumento no número de ataques a membros da imprensa. A Comissão Europeia exortou os governos a criarem …

Facebook e Google criticados por anúncios de "reversão do aborto"

O Facebook já veiculou anúncios de "reversão do aborto" 18,4 milhões de vezes desde janeiro de 2020, de acordo com um relatório do Center for Countering Digital Hate (CCDH), promovendo um procedimento "não comprovado, antiético" …

Líder militar dos EUA temeu que Trump iniciasse guerra nuclear com a China - e chegou a ligar aos chineses

As revelações aparecem em Peril, o novo livro de Bob Woodward e Robert Costa sobre os bastidores da Casa Branca. Trump já respondeu. O General Mark Milley, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas dos EUA, …

França suspende 3.000 profissionais de saúde que recusaram vacina contra covid-19

A França suspendeu 3.000 profissionais de saúde sem remuneração por se recusarem a tomar a vacina contra a covid-19, revelou o ministro responsável pela pasta, Olivier Véran. Segundo Véran, citado esta quinta-feira pelo Guardian, "várias dezenas" …

Austrália, Reino Unido e EUA assinam pacto de defesa para conter China

A Austrália, os Estados Unidos (EUA) e o Reino Unido anunciaram o "Pacto de Aukus", que visa frente às pretensões territoriais da China no Indo-Pacífico e envolverá a construção de uma frota de submarinos com …

Governo tem margem de 1600 milhões de euros nas negociações do Orçamento

Os dados são de um relatório do Conselho das Finanças Públicas, que deixa alertas para que o executivo não se estique muito no aumento da despesa e no corte à receita. Segundo escreve o Público, o …