Castelo de Shuri, símbolo no Japão e Património Mundial, consumido pelas chamas

Um incêndio deflagrou na madrugada desta quinta-feira no histórico Castelo de Shuri, em Okinawa, no Japão, tendo as chamas já destruído o salão principal e outras estruturas deste monumento que é património da UNESCO, anunciaram as autoridades.

O alerta para o incêndio foi dado às 2h40 (17h40 de quarta-feira, em Lisboa). O fogo, que teve início no salão principal, Seiden, já consumiu 4.200 metros quadrados do complexo, de acordo com a emissora NHK.

Não há, até ao momento, registo de feridos, mas 30 pessoas foram retiradas das suas casas e transferidas para locais mais seguros, disse o porta-voz da polícia de Okinawa, Ryo Kochi. As causas do incêndio ainda estão a ser apuradas. Além do salão principal, as chamas já consumiram o salão norte (Hokuden) e uma terceira estrutura, Nanden, está quase destruída.



Os bombeiros locais afirmaram ser provável que o incêndio tenha começado no edifício principal, uma grande estrutura vermelha com azulejos tradicionais no telhado, e que se espalhou rapidamente por todo o castelo.

O castelo é um símbolo da herança cultural de Okinawa desde a época do Reino de Ryukyu, que se estendeu por cerca de 450 anos, de 1429 até 1879, quando a ilha foi anexada pelo Japão. O monumento é também um símbolo da luta e do esforço de Okinawa para se recuperar da Segunda Guerra Mundial. O palácio foi destruído durante a Batalha de Okinawa, em 1945, mas foi amplamente restaurado em 1992 e abriu depois como um parque nacional.

Em 2000, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) declarou o castelo como Património Mundial da Humanidade.

O Japão tem vários complexos históricos de castelos, a maioria dos quais reconstruções de edifícios originais. Muitos sofreram danos causados por desastres naturais nas últimas décadas, incluindo o Castelo de Kumamoto, em Kysshu, que foi seriamente danificado por terramotos devastadores.

Em 1949, recorda o Diário de Notícias, o salão principal de Horyuji, um templo budista da província de Nara, incendiou-se e Kinkuji, na província de Kyoto, foi destruído por um incêndio criminoso em 1950, o que levou o Japão a promulgar a Lei de Proteção de Propriedades Culturais em 1950.

ZAP ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

PRR. Governo admite pedir mais 2,3 mil milhões de euros para capitalizar empresas

Capitalização e inovação das empresas, e a possibilidade de pedir mais 2,3 mil milhões de euros (para um total de cinco mil milhões) na componente de empréstimos. António Costa fez, durante a tarde desta sexta-feira, …

OMS alerta para crescimento "preocupante" de casos no mundo

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira para o continuo crescimento de casos de covid-19 no mundo, referindo que o número de novos casos confirmados por semana quase duplicou nos últimos …

Há falta de sedativos em hospitais brasileiros. Médicos intubam doentes "conscientes"

Estão a surgir vários relatos de profissionais de saúde brasileiros forçados a intubar pacientes sem o auxílio de sedativos. No Brasil, de acordo com a Associated Press, há profissionais de saúde a intubar pacientes sem recurso …

Governo acusado de financiar queima de resíduos recicláveis com 50 milhões de euros

A associação ambientalista Zero acusa o Ministério do Ambiente de utilizar 50 milhões de euros do Fundo Ambiental para financiar a queima de resíduos recicláveis em Lisboa e Porto, indo contra a nova legislação sobre …

Zimbabué. Sem nacionalidade reconhecida, milhares de pessoas lutam de forma desigual por educação e saúde

Centenas de milhares de pessoas no Zimbabué foram marginalizadas e forçadas a lutar de forma desigual pelo acesso à educação, saúde e habitação, porque não têm nacionalidade reconhecida pelo país, acusou um relatório da Amnistia …

Nova Entidade para a Transparência volta a derrapar. Só arranca em 2023

A nova Entidade para a Transparência, o organismo para fiscalizar políticos e altos cargos públicos aprovado em 2019, só deverá arrancar em 2023. A previsão foi avançada por João Caupers, presidente do Tribunal Constitucional (TC), numa …

Bicicleta de Taremi vence prémio de Golo da Semana da Champions

O golo do avançado iraniano, marcado nos instantes finais do jogo contra o Chelsea, que ditou a eliminação do FC Porto da Liga dos Campeões, foi eleito o "Golo da Semana" na prova. "Este chuto espetacular …

Governo levanta suspensão de voos essenciais de e para Brasil e Reino Unido

O Governo levantou, esta sexta-feira, a suspensão de voos com origem ou destino no Brasil e Reino Unido, mas apenas para viagens essenciais.  Os voos com origem ou destino no Brasil e Reino Unido vão …

A Liga dos Campeões vai mudar: mais equipas e um formato inédito

O comité de competições da UEFA reuniu-se esta sexta-feira para aprovar o novo modelo da Liga dos Campeões. O novo formato vai vigorar entre 2024 e 2027. Embora ainda não tenham sido avançadas informações oficiais, o …

Depois do Sofagate, agora é von der Leyen quem está a ser acusada de quebrar o protocolo

Diplomatas da União Europeia dizem que a presidente da Comissão Europeia quebrou o protocolo, uma vez que foi o seu chefe de gabinete que respondeu ao convite da Ucrânia para que marcasse presença na cerimónia …