Casa de Manuel Pinho em Nova Iorque custou um milhão de euros

José Sena Goulão / Lusa

O ex-ministro da Economia, Manuel Pinho

A sociedade offshore de Manuel Pinho, detentora do imóvel em Nova Iorque, terá recebido 1,3 milhões de euros do saco azul do Grupo Espírito Santo.

O apartamento em Nova Iorque de Manuel Pinho, antigo ministro da Economia, foi comprado, em junho de 2010, por 1,24 milhões de dólares, o equivalente a cerca de um milhão de euros ao câmbio atual.

O imóvel está em nome da sociedade offshore Blackwade, que terá recebido indiretamente cerca de 1,3 milhões de euros da Espírito Santo (ES) Enterprises, o saco azul do Grupo Espírito Santo, avança o Correio da Manhã.

Segundo o jornal, o valor terá sido transferido para uma segunda sociedade offshore que, alegadamente, também pertence a Manuel Pinho. Aliás, terá sido através desta empresa que a Blackwade recebeu o mesmo montante.

Esta informação consta dos autos do inquérito do caso EDP aberto no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) e reforça a ideia de que os procuradores Carlos Casimiro e Hugo Neto apostam na investigação, que tem o saco azul do GES como foco.

Os magistrados do DCIAP procuram novas provas nos autos dos processos do Universo Espírito Santo e da Operação Marquês, do alegado favorecimento de Manuel Pinho e do Governo de José Sócrates à EDP.

O relatório do Ministério Público aponta que António Mexia e João Manso Neto, administrador na EDP, terão corrompido Manuel Pinho através de um patrocínio de 1,2 milhões de dólares concedido à Universidade de Columbia para que o ex-ministro da Economia fosse contratado como professor, o que terá permitido a Pinho ganhar cerca de 137 mil dólares em 2011.

Além disso, segundo o jornal, o relatório dá conta que o imóvel em Nova Iorque foi adquirido no mesmo ano em que o ex-ministro da Economia foi contratado para dar aulas.

Os investigadores do caso das rendas energéticas pagas à EDP tentam perceber agora os movimentos financeiros de Manuel Pinho e de António Mexia, tendo pedido informação ao Banco de Portugal sobre as contas bancárias em nome dos dois arguidos.

O Ministério Público também pediu informação ao processo que investiga o caso BES, sobre pagamentos feitos por sociedades do Grupo Espírito Santo a Manuel Pinho e ao presidente da EDP.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Bom rapaz este, educado como poucos e certamente honesto, isto deve ser informação falsa com certeza…

  2. E Centeno nada faz ?
    Qual a proveniência desse milhão acumulado em off-shore?
    Foram pagos todos os impostos sobre essas verbas?
    O vencimento de ministro dava para comprar casa de 1 milhão ?!
    Será por casos como este que o PS sempre foi contra a Lei do Enriquecimento Ilícito ?
    Se houvesse lei, Pinho teria de provar a proveniência desse milhão (entre os outros muitos).

    • Ele queria, mas chegou tarde!…
      Com este milhão para o “corninhos” mais os 10.000 milhões que foram do BES para offshores no tempo do Passos/troika (e ninguém viu nada!), etc – já não sobrou nada para Centeno!…
      .
      A Lei do enriquecimento ilícito faz falta exactamente para estes casos, assim como faria para justificar os gastos do Sócrates, Vara, Marco António Costa, Dias Loureiro, etc, etc…
      É urgente aprovar essa lei!!

Facebook lança o seu próprio MB Way

O Facebook lançou nos Estados Unidos uma nova funcionalidade para facilitar pagamentos através das quatro principais aplicações do grupo, que é semelhante ao funcionamento das transações com o MB Way. Em comunicado, Deborah Liu, responsável do …

O dilema dos chumbos, o "engano" de Ventura e o "falso liberal". O primeiro debate aqueceu

O primeiro debate quinzenal da legislatura arrancou esta quarta-feira e ficou marcado pelas retenções até ao 9.º ano - Chumba ou não chumba?, quis saber a direita, bem como pelo aumento do salário mínimo nacional …

Sondagem europeia defende tratado internacional que proíba "robôs assassinos"

Quase três em cada quatro pessoas querem que o seu governo colabore com outros países para proibir sistemas letais de armas autónomas. A organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) divulgou esta quarta-feira os resultados de uma …

Pentágono está a criar bactérias que detetam explosivos no subsolo

O Pentágono, em conjunto com a empresa de defesa Raytheon, está a desenvolver um sistema capaz de produzir bactérias geneticamente modificadas no subsolo, com o objetivo de detetar explosivos no subsolo. Neste projeto, iniciado pela Agência …

Hospitais voltam a não poder aumentar número de trabalhadores sem visto da tutela em 2020

Os hospitais vão continuar em 2020 impedidos de aumentar o número de trabalhadores sem a autorização prévia do Ministério da Saúde, segundo um despacho a que a agência Lusa teve acesso. O despacho assinado pelo secretário …

Onda crescente de ataques com explosivos alarma Suécia

A Suécia tem visto um aumento sem precedentes de ataques com explosivos. Em outubro, Estocolmo foi alvo de três ataques em apenas uma noite.  Se pensarmos num país com guerras de gangues constantes, o último nome …

Ruben foi libertado depois de passar 11 anos na prisão por crimes que não cometeu

Ruben Martinez Jr. saiu em liberdade do Supremo Tribunal de Los Angeles após ter passado 11 anos na prisão por uma série de assaltos à mão armada que não cometeu. Um homem que passou 11 anos …

Um em cada três portugueses não vai ao dentista ou só vai em caso de emergência

Mais de 30% dos portugueses não vão ao dentista ou só o fazem em caso de urgência e quase 10% não tem qualquer dente, segundo o Barómetro da Saúde Oral de 2019. De acordo com os …

Pintura de Monet rende 25 milhões de euros em leilão

A Sotheby's vendeu por 27,6 milhões de dólares (25 milhões de euros) uma pintura de Claude Monet, "Charing Cross Bridge", na terça-feira à noite em Nova Iorque num leilão de arte impressionista e moderna. O trabalho …

Bruno de Carvalho quer reconstituição do ataque a Alcochete (e chama Pinto da Costa)

O antigo presidente do Sporting Bruno de Carvalho pediu ao tribunal a reconstituição da invasão à Academia do clube, em Alcochete, e arrolou 22 testemunhas, incluindo Pinto da Costa, Sousa Cintra, atletas das modalidades do …