Casa de Manuel Pinho em Nova Iorque custou um milhão de euros

José Sena Goulão / Lusa

O ex-ministro da Economia, Manuel Pinho

A sociedade offshore de Manuel Pinho, detentora do imóvel em Nova Iorque, terá recebido 1,3 milhões de euros do saco azul do Grupo Espírito Santo.

O apartamento em Nova Iorque de Manuel Pinho, antigo ministro da Economia, foi comprado, em junho de 2010, por 1,24 milhões de dólares, o equivalente a cerca de um milhão de euros ao câmbio atual.

O imóvel está em nome da sociedade offshore Blackwade, que terá recebido indiretamente cerca de 1,3 milhões de euros da Espírito Santo (ES) Enterprises, o saco azul do Grupo Espírito Santo, avança o Correio da Manhã.

Segundo o jornal, o valor terá sido transferido para uma segunda sociedade offshore que, alegadamente, também pertence a Manuel Pinho. Aliás, terá sido através desta empresa que a Blackwade recebeu o mesmo montante.

Esta informação consta dos autos do inquérito do caso EDP aberto no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) e reforça a ideia de que os procuradores Carlos Casimiro e Hugo Neto apostam na investigação, que tem o saco azul do GES como foco.

Os magistrados do DCIAP procuram novas provas nos autos dos processos do Universo Espírito Santo e da Operação Marquês, do alegado favorecimento de Manuel Pinho e do Governo de José Sócrates à EDP.

O relatório do Ministério Público aponta que António Mexia e João Manso Neto, administrador na EDP, terão corrompido Manuel Pinho através de um patrocínio de 1,2 milhões de dólares concedido à Universidade de Columbia para que o ex-ministro da Economia fosse contratado como professor, o que terá permitido a Pinho ganhar cerca de 137 mil dólares em 2011.

Além disso, segundo o jornal, o relatório dá conta que o imóvel em Nova Iorque foi adquirido no mesmo ano em que o ex-ministro da Economia foi contratado para dar aulas.

Os investigadores do caso das rendas energéticas pagas à EDP tentam perceber agora os movimentos financeiros de Manuel Pinho e de António Mexia, tendo pedido informação ao Banco de Portugal sobre as contas bancárias em nome dos dois arguidos.

O Ministério Público também pediu informação ao processo que investiga o caso BES, sobre pagamentos feitos por sociedades do Grupo Espírito Santo a Manuel Pinho e ao presidente da EDP.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Bom rapaz este, educado como poucos e certamente honesto, isto deve ser informação falsa com certeza…

  2. E Centeno nada faz ?
    Qual a proveniência desse milhão acumulado em off-shore?
    Foram pagos todos os impostos sobre essas verbas?
    O vencimento de ministro dava para comprar casa de 1 milhão ?!
    Será por casos como este que o PS sempre foi contra a Lei do Enriquecimento Ilícito ?
    Se houvesse lei, Pinho teria de provar a proveniência desse milhão (entre os outros muitos).

    • Ele queria, mas chegou tarde!…
      Com este milhão para o “corninhos” mais os 10.000 milhões que foram do BES para offshores no tempo do Passos/troika (e ninguém viu nada!), etc – já não sobrou nada para Centeno!…
      .
      A Lei do enriquecimento ilícito faz falta exactamente para estes casos, assim como faria para justificar os gastos do Sócrates, Vara, Marco António Costa, Dias Loureiro, etc, etc…
      É urgente aprovar essa lei!!

RESPONDER

Caso do bebé sem rosto. Médico suspenso não viu que menina tinha duas vaginas, um rim e espinha bífida

O Conselho Disciplinar do Sul da Ordem dos Médicos suspendeu preventivamente o obstetra envolvido no caso do bebé que nasceu, em Setúbal, com malformações graves. Entretanto, surgem novos dados sobre suspeitas atribuídas ao médico noutros …

Rede de imigração ilegal no SEF. Denúncias de corrupção eram antigas, mas ficaram na gaveta

A inspectora do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) que foi detida nesta semana, por pertencer alegadamente a uma rede de imigração ilegal, já tinha sido identificada num inquérito interno desta entidade, devido às mesmas …

Bancos querem passar a cobrar por grandes depósitos. Particulares escapam

BCP, Novo Banco e Caixa Geral de Depósitos defendem que é preciso cobrar aos grandes clientes por depósitos de grande dimensão. Particulares e pequenas e médias empresas escapariam desta medida. A ideia foi lançada pelo …

Filho de Bolsonaro já não vai ser embaixador em Washington

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente do Brasil, anunciou na terça-feira, na Câmara dos Deputados, que desistiu da sua indicação para embaixador do país em Washington, nos Estados Unidos (EUA). Na véspera, Jair Bolsonaro, que …

OE2020. Catarina Martins critica chantagem da Comissão Europeia a cada ano

A coordenadora do Bloco de Esquerda criticou esta terça-feira a chantagem da Comissão Europeia em relação a Portugal repetida a cada legislatura e a cada ano, reiterando a disponibilidade "para negociar um Orçamento do Estado …

Maior parte das escolas não cumprem lei de 2009 sobre a educação sexual

Grande parte das escolas não está a cumprir a lei de 2009 que define como deve ser dada a educação sexual no ensino obrigatório, do 1.º ao 12.º ano de escolaridade. A conclusão surge num relatório …

Pouco poder, mas algum. Deputados únicos podem desencadear revisão da Constituição

Os deputados únicos não têm poder para pedir a votação do programa de Governo, ao contrário dos grupos parlamentares, nem podem sozinhos censurar o Executivo, mas podem desencadear, como qualquer parlamentar, um processo de revisão …

Funcionários públicos esperam entre 100 e 280 dias para se poderem reformar. Processo pode ser acompanhado online

A atribuição das novas pensões de reforma aos funcionários públicos está a demorar, em média, entre 100 a 280 dias - ou seja, entre três e mais de nove meses. A revelação foi feita esta terça-feira, …

"Onde está o Varandas?". Claques não faltaram à vitória do Sporting em hóquei em patins

Apesar das quebras de protocolos, Juventude Leonina e Diretivo Ultras XXI marcaram presença no jogo desta terça-feira de hóquei em patins entre o Sporting e a Oliveirense. Na noite desta terça-feira, o Pavilhão João Rocha foi …

Do azedume às contas do passado. Críticos internos atacam Rio

Depois de Rui Rio ter anunciado esta segunda-feira que se recandidata à liderança do PSD, os críticos internos vieram a público. Acusam-no de querer dividir o partido e ajustar contas com o passado e esperam …