“Casa aberta”. Maiores de 40 anos já se podem vacinar sem marcação

Georgi Licovski / EPA

A modalidade “casa aberta”, que permite a vacinação de primeiras doses para pessoas sem agendamento que não tenham sido infetadas nos últimos seis meses, encontra-se agora disponível para quem tiver 40 ou mais anos.

A informação foi avançada pela task force responsável pela vacinação esta quarta-feira numa nota enviada à comunicação social.

Para serem vacinados, os utentes devem dirigir-se ao centro de vacinação associado ao centro de saúde onde estão inscritos, nos horários específicos do respetivo centro para esta modalidade.



Os horários da “casa aberta” podem ser consultados na página da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a modalidade.

A modalidade “casa aberta” estava disponível, até agora, para pessoas com idade igual ou superior a 45 anos, e tem como objetivo assegurar que todas as pessoas elegíveis são chamadas ao processo de vacinação.

Esta modalidade “permite assegurar que todas as pessoas elegíveis são chamadas ao processo de vacinação”, recordou a task force.

Portugal já tem 42% da população totalmente imunizada contra a covid-19, tendo vindo progressivamente a alargar a campanha de vacinação às faixas etárias mais jovens.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Um fantasma pode fazer com que uma pessoa viva adoeça? Os navajos acreditavam que sim

Os nativos americanos acreditavam que a "doença dos fantasmas" fazia com que pessoas que já morreram pudessem fazer com que os vivos ficassem doentes. Esta crença era mais comum entre o povo navajo no passado. Hoje …

Afinal, Messi deverá mesmo ficar no Barcelona

O internacional argentino já terá chegado a acordo com a direção do Barcelona para a renovação do contrato por mais cinco temporadas. De acordo com o jornal Sport, Leonel Messi irá renovar com o Barcelona até …

Profissionais de saúde pedem clarificação das normas de vacinação dos jovens entre os 12 e os 15 anos

Dificuldades na comunicação das diretrizes da Direção Geral de Saúde tem gerado dúvidas às famílias, aos profissionais de saúde e até ao Presidente da República. A polémica em torno da vacinação dos jovens entre os 12 …

"Temos muito a concretizar". Marcelo e Bolsonaro em encontro sem espaço para debater divergências

As posições comuns entre Portugal e o Brasil marcaram a conversa desta segunda-feira entre Marcelo Rebelo de Sousa e Jair Bolsonaro, num encontro sem espaço para discutir divergências ou uma eventual visita do Presidente brasileiro …

Neandertais tinham tipos sanguíneos, tal como os humanos modernos

Um novo estudo indica que os Neandertais, tal como nós, humanos modernos, também podiam ter outros tipos de sangue encontrados no sistema ABO. De acordo com o site EurekAlert!, cientistas analisaram os genomas previamente sequenciados …

Moedas assume: "Tenho de lutar muito nesta fase em Lisboa"

Carlos Moedas, candidato da coligação Novos Tempos à Câmara Municipal de Lisboa, entregou esta segunda-feira as listas dos candidatos aos órgãos autárquicos. O cabeça de lista da coligação Novos Tempos à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, …

Auto-agendamento para jovens de 16 e 17 anos já está disponível

O auto-agendamento da vacina contra a covid-19 para pessoas com 16 ou mais anos ficou hoje de madrugada disponível no site na Internet da Direção-Geral da Saúde. A possibilidade de os jovens a partir dos 16 …

Jacobs, o americano 100% italiano que quase não fala inglês

O atleta mais rápido nos Jogos Olímpicos foi Marcell Jacobs, que nasceu nos Estados Unidos da América mas viveu (quase) sempre em Itália. Lamont Marcell Jacobs Jr. não estava entre os maiores favoritos à conquista da …

Fernando Pimenta conquista medalha de bronze

O canoísta português Fernando Pimenta, que hoje conquistou a medalha de bronze em K1 1.000 metros, admitiu ter cumprido “um dos sonhos”, mas “faltou o outro, de ser campeão olímpico”. Fernando Pimenta, de 31 anos, que …

Afinal, altos níveis de testosterona não resultam em homens mais bem-sucedidos

Anteriormente, vários estudos relacionaram níveis elevados de testosterona ao sucesso socioeconómico. Contudo, uma ligação é diferente de uma causa e uma pesquisa sugere que este fator pode ser menos importante. Ao contrário do que se concluiu …