Carrilho terá ameaçado contratar atirador para matar Bárbara Guimarães

manuelmariacarrilho.com

Manuel Maria Carrilho, professor universitário e ex-ministro da Cultura

O ex-ministro da Cultura Manuel Maria Carrilho terá feito ameaças de morte à ex-mulher, a apresentadora de televisão Bárbara Guimarães, através de SMS. A revelação foi feita por testemunhas da estrela da SIC em tribunal, em mais uma audiência do julgamento por violência doméstica.

João Vieira, guionista do programa Factor X, que Bárbara Guimarães apresentou na SIC em 2011, foi o primeiro a testemunhar que a apresentadora recebia as mensagens no telemóvel “dois ou três minutos” antes de começar as emissões em directo, conforme relata o Jornal de Notícias.

“O remetente eram números desconhecidos, mas toda a gente sabia que vinham do ex-marido” e uma dizia que “iria ser contratado um sniper para matar” Bárbara Guimarães, contou o guionista em tribunal, conforme transcreve o JN.

João Vieira também disse na audiência que outras mensagens “diziam que o corpo dela era feio, que estava velha ou esquelética, que era uma puta, uma cabrona, que nunca mais iria ver os filhos ou voltar a casa”.

Gabriela Sobral, directora de programas da SIC, corroborou as palavras de João Vieira, notando que, aquando da primeira gala do Factor X, Bárbara Guimarães estava “com medo” porque “recebeu uma mensagem que dizia que ia estar uma pessoa na primeira fila que lhe iria dar um tiro”.

João Vieira também garantiu ter visto “nódoas negras” nas pernas de Bárbara Guimarães, durante uma conferência de imprensa, e disse que nunca viu a colega beber álcool, nem a tomar comprimidos e que sentia um clima tenso sempre que Carrilho estava presente.

O guionista admitiu ainda não ter dúvidas de que a actuação de Carrilho foi uma “estratégia de destruição” que acabou por prejudicar a vida profissional de Bárbara Guimarães.

“Há quanto tempo não a vemos na televisão? Perdeu imenso trabalho”, atirou João Vieira em tribunal.

No julgamento em que Manuel Maria Carrilho é acusado de violência doméstica, testemunhou ainda Rute Maria Silva, amiga de infância da apresentadora da SIC, que relatou o alegado clima de terror que ela viveria em casa com o ainda marido.

“Ela está destruída. Ele queria acabar com a Bárbara! Psicologicamente e como mãe”, resumiu a testemunha em tribunal.

Rute Maria Silva também contou que as entrevistas que Carrilho dava, criticando duramente Bárbara Guimarães, a deixavam num “caco”, “aterrorizada”, “com medo e vergonha” e “a querer proteger os filhos”.

O julgamento prossegue na próxima segunda-feira, 27 de Fevereiro.

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Normalmente o pessoal de esquerda costumam vir para aqui nomear meia dúzia de políticos de direita pelas suas façanhas normalmente de corrupção só que se esquecem dos das cores deles, só à conta do senhor Sócrates pelos dados que vão aparecendo na imprensa já bate todos os recordes, depois estão mais um sem número deles que nem vale a pena nomear os nomes talvez até pela quantidade que são, em termos de cultura de facto este senhor Carrilho parece bater o record mas mais recentemente o senhor João Soares também se estendeu demais e acabou por sair pelas portas traseiras, dá para perceber que cultura é com eles!.

  2. Não faço a minima ideia se a Bárbara é vitima ou a malfeitora. Isso não me interessa para nada! Agora esta notícia. Mais um notícia “à la CM”… Afinal não era um atirador. Eram dois! O Bobi e o Tareco!

RESPONDER

Ajax vs Benfica | Amesterdão volta a trair nos descontos

O Benfica esteve a um minuto de arrancar um ponto na Johan Cruijff, ante o Ajax, mas um golo nos descontos, de Noussair Mazraoui, ditou uma derrota inesperada para os comandados de Rui Vitória, por …

Mensagens falsas "mataram" o rei de Espanha (há 450 anos)

O fenómeno das notícias e mensagens falsas que se propagam de forma viral nas redes sociais preocupa cada vez mais governos, organizações internacionais e académicos, mas não é algo de novo. Desde a campanha eleitoral de …

Conflito no Iémen coloca 75% da população a precisar de ajuda alimentar

O conflito no Iémen tornou 8,4 milhões de pessoas dependentes de assistência alimentar de emergência e colocou 75% dos seus 22 milhões de habitantes a precisarem de ajuda, no país com a prior crise humana …

Encontrado engenho explosivo em casa do milionário George Soros

Esta segunda-feira, foi encontrado um engenho explosivo numa caixa de correio em cada de George Soros. O FBI iniciou esta terça-feira uma investigação e adiantou que "não representa qualquer ameaça à segurança pública". A polícia federal …

Austrália pede desculpa às milhares de vítimas de abusos sexuais

A Austrália pediu nesta segunda-feira oficialmente perdão por não ter “escutado e acreditado” nos milhares de vítimas de abusos sexuais perpetrados durante décadas dentro das instituições do país. “De novo e de novo, hoje pedimos desculpa”, …

Furacão Willa "grande e perigoso" a caminho do México

O furacão Willa, de categoria 4, está a preparar-se para a atingir a costa pacífica do México esta terça feira. De acordo com o Centro Nacional de Furacões dos EUA, espera-se que o Willa seja …

Bruxelas toma decisão inédita e chumba orçamento de Itália

A Itália é o primeiro país a ver o seu projeto orçamental "chumbado" pela Comissão Europeia desde a implementação do "semestre europeu" de coordenação de políticas económicas e orçamentais, instituído em 2010. A Comissão Europeia rejeitou …

Governo propõe super-desconto no IRS para futebolistas (e não só)

O "Programa Regressar", a nova medida fiscal que integra a proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) e que visa fazer regressar a Portugal ex-residentes, abrange todo o tipo de profissões, incluindo futebolistas, sem …

CP admite falta de comboios até final do ano

O presidente dos Comboios de Portugal (CP) admitiu que o serviço regional com automotoras a gasóleo enfrenta maiores riscos por falta de pessoal e de peças na EMEF (empresa que mantém e repara comboios em …

Viúva do triatleta viu angolanos matarem o marido e foi de férias com o amante

Rosa Grilo, a viúva do triatleta Luís Grilo, que está detida por suspeitas de envolvimento na sua morte, assegura que foram indivíduos angolanos que o mataram, por causa de diamantes. Ela garante que assistiu ao …