Carrilho terá ameaçado contratar atirador para matar Bárbara Guimarães

manuelmariacarrilho.com

Manuel Maria Carrilho, professor universitário e ex-ministro da Cultura

O ex-ministro da Cultura Manuel Maria Carrilho terá feito ameaças de morte à ex-mulher, a apresentadora de televisão Bárbara Guimarães, através de SMS. A revelação foi feita por testemunhas da estrela da SIC em tribunal, em mais uma audiência do julgamento por violência doméstica.

João Vieira, guionista do programa Factor X, que Bárbara Guimarães apresentou na SIC em 2011, foi o primeiro a testemunhar que a apresentadora recebia as mensagens no telemóvel “dois ou três minutos” antes de começar as emissões em directo, conforme relata o Jornal de Notícias.

“O remetente eram números desconhecidos, mas toda a gente sabia que vinham do ex-marido” e uma dizia que “iria ser contratado um sniper para matar” Bárbara Guimarães, contou o guionista em tribunal, conforme transcreve o JN.

João Vieira também disse na audiência que outras mensagens “diziam que o corpo dela era feio, que estava velha ou esquelética, que era uma puta, uma cabrona, que nunca mais iria ver os filhos ou voltar a casa”.

Gabriela Sobral, directora de programas da SIC, corroborou as palavras de João Vieira, notando que, aquando da primeira gala do Factor X, Bárbara Guimarães estava “com medo” porque “recebeu uma mensagem que dizia que ia estar uma pessoa na primeira fila que lhe iria dar um tiro”.

João Vieira também garantiu ter visto “nódoas negras” nas pernas de Bárbara Guimarães, durante uma conferência de imprensa, e disse que nunca viu a colega beber álcool, nem a tomar comprimidos e que sentia um clima tenso sempre que Carrilho estava presente.

O guionista admitiu ainda não ter dúvidas de que a actuação de Carrilho foi uma “estratégia de destruição” que acabou por prejudicar a vida profissional de Bárbara Guimarães.

“Há quanto tempo não a vemos na televisão? Perdeu imenso trabalho”, atirou João Vieira em tribunal.

No julgamento em que Manuel Maria Carrilho é acusado de violência doméstica, testemunhou ainda Rute Maria Silva, amiga de infância da apresentadora da SIC, que relatou o alegado clima de terror que ela viveria em casa com o ainda marido.

“Ela está destruída. Ele queria acabar com a Bárbara! Psicologicamente e como mãe”, resumiu a testemunha em tribunal.

Rute Maria Silva também contou que as entrevistas que Carrilho dava, criticando duramente Bárbara Guimarães, a deixavam num “caco”, “aterrorizada”, “com medo e vergonha” e “a querer proteger os filhos”.

O julgamento prossegue na próxima segunda-feira, 27 de Fevereiro.

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Normalmente o pessoal de esquerda costumam vir para aqui nomear meia dúzia de políticos de direita pelas suas façanhas normalmente de corrupção só que se esquecem dos das cores deles, só à conta do senhor Sócrates pelos dados que vão aparecendo na imprensa já bate todos os recordes, depois estão mais um sem número deles que nem vale a pena nomear os nomes talvez até pela quantidade que são, em termos de cultura de facto este senhor Carrilho parece bater o record mas mais recentemente o senhor João Soares também se estendeu demais e acabou por sair pelas portas traseiras, dá para perceber que cultura é com eles!.

  2. Não faço a minima ideia se a Bárbara é vitima ou a malfeitora. Isso não me interessa para nada! Agora esta notícia. Mais um notícia “à la CM”… Afinal não era um atirador. Eram dois! O Bobi e o Tareco!

RESPONDER

Vulcão Kilauea provoca nuvem de gases ácidos e farpas de vidro

O vulcão Kilauea está a originar um novo perigo para a população da zona, devido às nuvens de gases ácidos, vapor e de partículas semelhantes ao vidro que estão a ser causadas pela chegada da …

Estudar música ou falar mais do que uma língua torna o cérebro mais eficiente

Uma equipa de cientistas do Centro de Cuidados Geriátricos de Baycrest, no Canadá, realizou uma investigação e concluiu que músicos bilingues têm um cérebro mais eficiente. Cientistas do Centro de Cuidados Geriátricos de Baycrest, no Canadá, …

Gel inteligente "caminha" e move objetos debaixo de água

Uma equipa de engenheiros criou um gel inteligente impresso em 3D capaz de caminhar debaixo de água, agarrar e mover objetos. O produto tem potencial em engenharia biomédica por ser semelhante a tecidos do corpo …

Ferramentas de madeira encontradas em Espanha eram de neandertais

Não é muito comum encontrarem-se na Europa ferramentas de madeira associadas a neandertais. Os instrumentos encontrados em Espanha têm cerca de 90 mil anos e as ferramentas de madeira descobertas em Itália têm cerca de …

600 anos e 4 terramotos: cientistas desvendam como é que a Torre de Pisa ainda continua em pé

Era um mistério que há anos intrigava engenheiros: como é que a Torre de Pisa consegue resistir a terremotos estando tão inclinada? Com 58 metros de altura, o campanário da catedral da cidade italiana de Pisa …

Descoberto primeiro asteróide extrassolar que se fixou no Sistema Solar

Cientistas descobriram o primeiro asteróide extrassolar que se fixou no Sistema Solar, na órbita de Júpiter, revela um estudo publicado esta segunda-feira. O "2015 BZ509", com origem fora do Sistema Solar, está 'aninhado' na órbita de …

"Não sejas malvado". Google apagou o seu popular lema do código de conduta

A gigante tecnológica eliminou do código de conduta que distribui aos seus funcionários o popular lema "Bon't Be Evil", "não sejas malvado", que fazia parte da cultura da empresa desde os anos 2000. O lema não …

Prisão preventiva para todos os agressores de Alcochete

O juiz de instrução criminal do Tribunal do Barreiro decretou, esta segunda-feira, a medida de coação de prisão preventiva a todos os 23 arguidos detidos na sequência das agressões na Academia do Sporting, em Alcochete. Num …

12 anos depois, nasceu o primeiro bebé na ilha onde é proibido nascer

Este fim de semana, uma brasileira deu à luz uma bebé, na remota ilha de Fernando de Noronha onde, por falta de de estrutura hospitalar, os nascimentos não são autorizados. O arquipélago Fernando Noronha, no Brasil, …

Sem-abrigo multados e detidos por pedirem esmola e dormirem na rua

O número de pessoas em situação de sem-abrigo que estão a ser multadas, condenadas e presas por mendigar ou dormir nas ruas é cada vez maior em Inglaterra e no País de Gales. Em relação a …