Carne picada do talho é “um caldo de bactérias e conservantes”

De acordo com a última investigação da Deco Proteste, em 20 amostras de carne picada recolhida em talhos na Grande Lisboa e no Grande Porto, 15 delas chumbaram nos testes de laboratório.

A conservação a temperaturas elevadas continua a ser um problema e em muitas destas amostras a Deco diz ter encontrado sulfitos proibidos e um grande número de bactérias prejudiciais à saúde.

Apenas quatro das 20 amostras analisadas “são razoáveis e uma boa”, pode ler-se num comunicado enviado às redações, citado pelo Diário de Notícias. Só cinco não continham sulfitos não permitidos na carne. Aliás, esta só deve conter sal “e em quantidades inferiores a 1%”, alerta a entidade de defesa do consumidor.

“A carne já picada dos talhos é um caldo de bactérias e de conservantes. Não a compre. Escolha uma peça de carne e mande picar”, alerta o texto.

Deve ainda ser conservada a uma temperatura baixa, de preferência a 2ºC, segundo a lei, o que também não está a ser cumprido, afirmam. “O problema é que, com frequência, o equipamento de frio está aberto e é o mesmo para conservar carne comum, definida para um máximo de 7ºC”, explica a Deco. Dos 20 talhos analisados, 17 não respeitam as temperaturas limites de conservação. Em alguns destes locais, os termómetros acusaram temperaturas acima dos 9ºC.

Além de sulfitos, o resultado das análises mostrou adições de ingredientes de origem vegetal nas amostras dos talhos, o que prova que “o consumidor está a ser enganado ao comprar um produto que já não é só carne picada“, lê-se no estudo.

Os resultados deste ano mostram-se positivos relativamente a 2017, ano do último estudo, mas ainda assim piores em comparação a 2013. Apesar de a percentagem de pontos de venda com carne conservada a temperaturas acima do estipulado por lei ter diminuído de 100% (2015 e 2017) para 85% (2019), em 2013 situou-se nos 76%.

Neste mesmo ano, 6% das amostras recolhidas continham ingredientes de origem vegetal, uma percentagem que sobe para 20% em 2019. Entre um ano e outro, também a presença de sulfitos aumentou de 59% para 75%.

“Apesar de todos os alertas e avisos, os resultados, seis anos desde o primeiro teste, continuam a ser maus“, sublinha a Deco.

Em janeiro de 2017, os mesmo dados da Deco até levaram o PSD a chamar a Deco ao Parlamento, no seguimento de um estudo que apontava a carne picada como perigosa para a saúde pública.

Dois meses depois, o diretor-geral de Alimentação e Veterinária rejeitou as conclusões da investigação e disse que “não se pode fazer da alimentação uma psicose ou o Apocalipse”. Fernando Bernardo acrescentou que os riscos só se dão em situações individuais.

No entanto, a Deco recusa-se a desvalorizar o tema. No comunicado, conclui que “os talhos e os organismos de controlo ainda têm muito trabalho a desenvolver”

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rússia quer legalizar comércio de 'diamantes de sangue' africanos

Os diamantes exportados da República Centro-Africana estão associados à corrupção, à violência, à guerra civil, a violações e assassinatos. Agora, Moscovo anunciou que quer o fim do embargo internacional, buscando legalizar na totalidade a sua …

Economia abrandou, mas ainda é possível cumprir meta de crescimento

O Produto Interno Bruto cresceu 0,3% no terceiro trimestre, face aos três meses anteriores, metade do registado no segundo trimestre, mantendo o ritmo de crescimento, de 1,9%, na comparação com o mesmo período de 2018. Segundo …

Sporting vai avançar com ação de despejo das claques

A SAD leonina vai avançar com uma ação de despejo para que as claques Juventude Leonina e Directivo Ultras XXI deixem os espaços que ocupam no Estádio José Alvalade, avança A Bola esta quarta-feira. De …

"Ninguém quer trabalhar" na Casa Pia. Pais em protesto devido à falta de pessoal

Os pais e encarregados de educação do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria Pia, em Lisboa, vão entregar na segunda-feira um abaixo-assinado à tutela para pedir a abertura de concursos externos para reforço de pessoal …

Trump elogiou Erdogan, depois de uma reunião que descreveu como "maravilhosa e produtiva"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou na quarta-feira o seu relacionamento com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan. Os dois líderes encontraram-se para tentar superar várias diferenças, incluindo a situação na Síria e a compra …

MH17. Novas provas revelam contactos frequentes entre a Rússia e separatistas ucranianos

A equipa internacional que conduziu a investigação sobre a queda do voo MH17 em 2014 no leste da Ucrânia divulgou novas provas que apontam para contactos muito frequentes entre a Rússia e os rebeldes separatistas …

Imunidade diplomática deixa em liberdade suspeito de tentar matar com ácido sulfúrico

O suspeito de homicídio, na forma tentada, ficou em liberdade depois de ter apresentado o passaporte diplomático às autoridades, que impede que seja detido ou constituído arguido. De acordo com a TVI24, um alto responsável da …

Zivkovic quer rescindir contrato com o Benfica

O extremo sérvio quer chegar a acordo com o Benfica para ficar livre a ano e meio do final do seu contrato mas, pelos vistos, a SAD encarnada nem quer ouvir falar dessa hipótese. De acordo …

Cigarros eletrónicos. Primeiro duplo transplante de pulmões feito em jovem de 17 anos em situação de "morte iminente"

Em risco de "morte iminente" por lesões causadas pelo uso de cigarros eletrónicos, um jovem de 17 anos foi submetido a um duplo transplante de pulmões, no estado norte-americano do Michigan. Este caso é considerado …

Parlamento Europeu levanta imunidade do eurodeputado José Manuel Fernandes

O Parlamento Europeu decidiu levantar a imunidade ao eurodeputado do PSD José Manuel Fernandes, após um pedido feito pela justiça e pelo próprio, relativo a uma eventual ação judicial por um alegado crime de prevaricação. Em …