Carlos César defende que o próximo PR deverá ser um “contribuinte de estabilidade política”

António Cotrim / Lusa

O presidente do PS, Carlos César

O presidente do PS, Carlos César, disse hoje que o próximo chefe de Estado português deve ser um “contribuinte da estabilidade política”, atuando “contra todos os extremismos” e valorizando as autonomias da Madeira e Açores.

Carlos César defendeu que o próximo Presidente da República deverá ser “um contribuinte da estabilidade política, da cooperação entre os órgãos de soberania, empenhado no diálogo social, contra todos os extremismos, zelando pela confiança do povo nas instituições, um presidente de una e não divida mais os portugueses”.

O presidente do PS falou na sessão de encerramento do XIX congresso do PS/Madeira, que decorreu no Funchal e disse que “também é importante um presidente que valorize e confie nas autonomias insulares dos Açores e da Madeira”, realçando que os processos de descentralização da autonomia local e de institucionalização das autonomias regionais “muito devem” ao Partido Socialista.

Carlos César afirmou que o partido não recebe lições de autonomismo de ninguém, vincando que o seu empenhamento vai para além das dimensões jurídicas e institucionais, referindo que os socialistas portugueses colocam agora “muita confiança e muita esperança” no PS/Madeira, o maior partido da oposição, na preparação de uma “alternativa competente” nas próximas eleições legislativas regionais, em 2023.

Carlos César alertou, por outro lado, para o desafio que é controlar a pandemia de covid-19 e operar a recuperação económica e social do país e das regiões.

“Estarão ao dispor da Madeira grandes somas de dinheiro, de fundos europeus e programas específicos, que esperamos que a União Europeia agilize rapidamente”, disse, advertindo que o PS tem a “grande responsabilidade” de não permitir a “má utilização e a má execução” desses “vultuosos recursos”.

“Não serão muitas, nem próximas, as oportunidades que todo esse dinheiro proporcionará e bem sabemos que o PSD da Madeira é muito expedito a gastar, mas muito destituído a investir com rigor e com reprodutividade”, declarou.

ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Claro que o próximo PR tem que ser um contribuinte que, sobretudo, pague todos os seus impostos! E tem que contribuir para a estabilidade económica, política, social!! Mas contribuinte de estabilidade, seja qual for, não soa bem! Tem que ser um contribuinte para a estabilidade política porque é assim que ditam as regras gramaticais!

  2. Este Carlos Cesar aos anos que se tivesse vergonha na cara tinha saído da politica ele e muitos como ele nos vários partidos que só andam á procura de tacho

  3. Um malandro que veio para politica enriquecer a familia e amigos…

    Este ‘e como carrapato, ha dinheiro nunca larga governo… sao espertos… para trabalhar, ta quieto….

RESPONDER

Disney+ alerta para estereótipos racistas. Filmes clássicos com avisos sobre "maus tratos"

Embora já exibisse mensagens padrão desde o ano passado, a nova plataforma de vídeo Disney+ mostra agora um aviso, que não pode ser passado à frente, no início de vários filmes clássicos - como Dumbo …

Curados da covid-19 continuam com sintomas meses depois de terem contraído o vírus

Um estudo da Universidade de Oxford indica que 64% dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus apresenta falta de ar 2 a 3 meses depois de serem infetados. E quase 40% tem sintomas de depressão. Já …

Portugal vai estar no Mundial sub-20 (sem jogar o apuramento)

Todas as fases do Europeu sub-19 foram canceladas e a seleção portuguesa foi uma das eleitas para participar no Mundial do próximo ano. Portugal já sabe que vai estar na fase final do Mundial sub-20 (se …

Novos implantes cardíacos podem salvar 10 mil vidas por ano

O chamado envelope antibiótico envolve o implante cardíaco e previne infeções no paciente. Por ano, morrem cerca de 10 mil pessoas devido a infeções geradas pelo implante. O pacemaker é um pequeno aparelho que é colocado …

Banda dá concerto com músicos e público envoltos em bolhas de plástico para evitar contágio

A banda norte-americana Flaming Lips utilizou bolhas insufláveis ​​de tamanho humano num concerto em Oklahoma, uma solução para proteger os músicos e o público do novo coronavírus, enquanto tenta encontrar uma forma segura para atuar …

EUA. Especialista diz que as próximas semanas "vão ser as mais negras de toda a pandemia"

Um especialista em doenças infecciosas disse que no caso dos Estados Unidos, as próximas seis a 12 semanas vão ser as mais negras de toda a pandemia de covid-19. Michael Osterholm, diretor do Centro de Investigação …

Chelsea inscreve... Petr Cech

Antigo guarda-redes poderá voltar aos relvados nesta época, embora seja pouco provável, para já. Petr Čech entrou em campo pela última vez em maio de 2019, há quase um ano e meio. Já tinha anunciado a …

Disparos de satélites e naves do Star Trek? Relatório revela como seria uma guerra no Espaço

A criação da Força Espacial dos Estados Unidos evocou todos os tipos de noções fantasiosas sobre o combate no Espaço. Assim, um novo relatório explica o que é física e praticamente possível quando se trata …

Japão prepara-se para lançar água tratada de Fukushima no mar

O Japão vai libertar mais de um milhão de toneladas de água tratada da usina nuclear de Fukushima no mar, numa operação que levará cerca de 30 anos para ficar concluída. Ambientalistas e pescadores locais …

Turismo de mergulho? Submarino da "frota perdida" de Hitler aguarda o seu destino no fundo do Mar Negro

Coberto por “redes fantasmas” deixadas por pescadores, os destroços de um submarino U-20 enviado para o Mar Negro pela Alemanha nazi tornou-se recentemente tema de um documentário produzido na Turquia. Localizado a uma profundidade de 20 …