Novos ataques sónicos (ou grilos) em Cuba. Desta vez, na embaixada do Canadá

Michael Reynolds / EPA

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau

O Canadá vai retirar metade dos funcionários da sua embaixada em Cuba depois de 14 diplomatas terem ficado “misteriosamente doentes”. Este caso ocorre após dezenas de trabalhadores da embaixada americana em Havana terem adoecido, alguns tendo registado danos cerebrais leves.

De acordo com um artigo do Guardian, divulgado na quinta-feira, foram confirmados 14 casos de problemas de saúde misteriosos desde o início de 2017 envolvendo diplomatas canadianos e alguns dos seus familiares.

Em novembro de 2018, o governo do Canadá revelou que estava a considerar todas as opções em relação à sua embaixada em Cuba, depois da confirmação do 13.º caso. Num comunicado emitido esta quarta-feira, a Global Affairs Canada indicou que os testes confirmaram a 14.º vítima, não se sabendo a causa por trás destes incidentes.

Após a confirmação, um fonte ligada ao governo canadiano contou que este último caso envolve um diplomata que chegou no verão a Cuba, tendo relatado os sintomas a 29 de dezembro. O próprio adiantou que os casos recentes confirmam que esses incidentes ainda estão em andamento.

Devido a estes eventos “misteriosos”, em abril do ano passado, o governo do Canadá ordenou que as famílias dos diplomatas em Cuba voltassem para casa. Desde o início destas ocorrências, o ‘staff’ canadiano na embaixada em Havana passou de 16 para oito.

Segundo o Guardian, o país continuará a ter um embaixador em Havana e os serviços consulares estarão disponíveis, no entanto, alguns programas podem ser ajustados nas próximas semanas.

Cuba é um dos destinos turísticos favoritos dos canadianos, tendo o governo do Canadá já avançado que não existem evidências de doença entre os turistas. Em comunicado, outra fonte ligada ao governo indicou que Cuba tem cooperado desde o início e que as autoridades daquele país estão “tão frustradas quanto as autoridades canadianas”.

Já em setembro de 2017, os EUA retiraram a maioria de seus funcionários diplomáticos de Cuba. Essa decisão surgiu depois de 26 trabalhadores terem adoecido, devido a alegados “ataques sónicos”, provenientes de tipo de arma ultrassónica, que fazia explodir ondas sonoras ou microondas.

Os diplomatas afirmaram que sentiram náuseas, perda de audição, dores de cabeça e problemas de equilíbrio. A CBS, que disse ter tido acesso a relatórios médicos destes casos, apurou que o ‘ataque sónico’ pode ter provocado danos cerebrais em alguns diplomatas.

Pouco mais de um ano após o ocorrido, um grupo de investigadores da Universidade da Califórnia em Berkeley, nos Estados Unidos, e da Universidade de Lincoln, no Reino Unido, analisaram uma gravação do ruído supostamente utilizado para os “ataques sónicos”, tendo concluído que a mesma pode ter sido produzida pelo chilrear de grilos.

A 03 de outubro, o Departamento de Estado dos EUA anunciou que ia expulsar 15 diplomatas cubanos da embaixada de Cuba em Washington, dando um prazo de sete dias para estes deixarem o país.

Embora o governo cubano tenha negado veementemente qualquer envolvimento, estes casos misteriosos fizeram com que ruíssem as relações entre este e os Estados Unidos, que tinham tido um ponto alto quando os dois países – afastados por meio século – restauraram laços diplomáticos totais sob o governo do presidente Barack Obama, em 2015.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Texto recentemente traduzido revela segredos sobre "poderes sobrenaturais" dos samurais

Um texto samurai recentemente traduzido - designado "Doze Regras da Espada" - revela os segredos de uma escola onde ensinavam a combater espadas, que desenvolveu e dominou determinada técnica que parecia fornecer aos seus praticantes …

Jesus orientou primeiro treino no Flamengo, pediu compromisso e deu lição

O treinador português Jorge Jesus iniciou hoje a ‘aventura’ na equipa de futebol do Flamengo, pedindo aos jogadores “compromisso” em prol do conjunto do Rio de Janeiro, antes de orientar o primeiro treino dos ‘rubro-negros’. “O …

Maher e Safa deixaram sonhos para trás. Mas reencontraram a paz em Portugal

Os sonhos de Maher e de Safa ficaram adiados com a guerra na Síria, mas reencontraram a paz em Portugal, onde residem há dois anos ao abrigo de um programa de acolhimento de refugiados. É no …

São Francisco poderá ser a primeira cidade a proibir venda de cigarros eletrónicos

Se esta decisão for aprovada pela FDA, São Francisco vai tornar-se a primeira cidade a banir a venda de cigarros eletrónicos. De acordo com o Observador, a Câmara de Supervisores de São Francisco, nos EUA, aprovou uma …

Nunca houve tantos deslocados no mundo. São mais de 70 milhões

Um novo recorde foi quebrado no mundo em 2018, com 70,8 milhões de pessoas deslocadas das suas casas ou dos seus países, devido às guerras ou perseguições, anunciou esta quarta-feira as Nações Unidas. O relatório anual …

A monogamia foi inventada pelas mulheres (e o casamento, pelos homens)

A poligamia é natural no ser humano e a monogamia foi criada por imposição para a mulher, diz o investigador português Rui Diogo, que usa a ciência e a história para explicar a relação entre …

Morreu o DJ Zdar do duo electrónico Cassius. Caiu da janela de um prédio em Paris

O músico, produtor e DJ francês Philippe Cerboneschi, mais conhecido por Zdar, morreu aos 50 anos após ter caído da janela de um apartamento em Paris. O seu agente confirmou a "queda acidental" sem revelar …

PS quer o Estado a pagar licença sabática aos portugueses para voltarem a estudar

A criação de uma licença sabática para qualificar trabalhadores e um sistema de prémios e penalizações para combater a desigualdade salarial são medidas que o PS inclui no seu projecto de programa eleitoral. O director do …

Putin reconhece: as condições de vida dos russos pioraram nos últimos anos

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, admitiu esta quinta-feira que as condições de vida no país pioraram nos últimos anos, mas assegurou que as autoridades russas trabalham para reverter essa tendência, e enumerou os primeiros …

Marcelo, o "verdadeiro professor", é estrela em promo de La Casa de Papel

O novo vídeo promocional de La Casa de Papel tem um protagonista improvável. Marcelo Rebelo de Sousa, ou, na verdade, uma imitação do Presidente da República, faz uma chamada para a inspetora Raquel. Na chamada telefónica, …