Novos ataques sónicos (ou grilos) em Cuba. Desta vez, na embaixada do Canadá

Michael Reynolds / EPA

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau

O Canadá vai retirar metade dos funcionários da sua embaixada em Cuba depois de 14 diplomatas terem ficado “misteriosamente doentes”. Este caso ocorre após dezenas de trabalhadores da embaixada americana em Havana terem adoecido, alguns tendo registado danos cerebrais leves.

De acordo com um artigo do Guardian, divulgado na quinta-feira, foram confirmados 14 casos de problemas de saúde misteriosos desde o início de 2017 envolvendo diplomatas canadianos e alguns dos seus familiares.

Em novembro de 2018, o governo do Canadá revelou que estava a considerar todas as opções em relação à sua embaixada em Cuba, depois da confirmação do 13.º caso. Num comunicado emitido esta quarta-feira, a Global Affairs Canada indicou que os testes confirmaram a 14.º vítima, não se sabendo a causa por trás destes incidentes.

Após a confirmação, um fonte ligada ao governo canadiano contou que este último caso envolve um diplomata que chegou no verão a Cuba, tendo relatado os sintomas a 29 de dezembro. O próprio adiantou que os casos recentes confirmam que esses incidentes ainda estão em andamento.

Devido a estes eventos “misteriosos”, em abril do ano passado, o governo do Canadá ordenou que as famílias dos diplomatas em Cuba voltassem para casa. Desde o início destas ocorrências, o ‘staff’ canadiano na embaixada em Havana passou de 16 para oito.

Segundo o Guardian, o país continuará a ter um embaixador em Havana e os serviços consulares estarão disponíveis, no entanto, alguns programas podem ser ajustados nas próximas semanas.

Cuba é um dos destinos turísticos favoritos dos canadianos, tendo o governo do Canadá já avançado que não existem evidências de doença entre os turistas. Em comunicado, outra fonte ligada ao governo indicou que Cuba tem cooperado desde o início e que as autoridades daquele país estão “tão frustradas quanto as autoridades canadianas”.

Já em setembro de 2017, os EUA retiraram a maioria de seus funcionários diplomáticos de Cuba. Essa decisão surgiu depois de 26 trabalhadores terem adoecido, devido a alegados “ataques sónicos”, provenientes de tipo de arma ultrassónica, que fazia explodir ondas sonoras ou microondas.

Os diplomatas afirmaram que sentiram náuseas, perda de audição, dores de cabeça e problemas de equilíbrio. A CBS, que disse ter tido acesso a relatórios médicos destes casos, apurou que o ‘ataque sónico’ pode ter provocado danos cerebrais em alguns diplomatas.

Pouco mais de um ano após o ocorrido, um grupo de investigadores da Universidade da Califórnia em Berkeley, nos Estados Unidos, e da Universidade de Lincoln, no Reino Unido, analisaram uma gravação do ruído supostamente utilizado para os “ataques sónicos”, tendo concluído que a mesma pode ter sido produzida pelo chilrear de grilos.

A 03 de outubro, o Departamento de Estado dos EUA anunciou que ia expulsar 15 diplomatas cubanos da embaixada de Cuba em Washington, dando um prazo de sete dias para estes deixarem o país.

Embora o governo cubano tenha negado veementemente qualquer envolvimento, estes casos misteriosos fizeram com que ruíssem as relações entre este e os Estados Unidos, que tinham tido um ponto alto quando os dois países – afastados por meio século – restauraram laços diplomáticos totais sob o governo do presidente Barack Obama, em 2015.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PCP de volta às negociações. Bloco rejeita bluff e exige mais reuniões com Costa

Ameaçou, mas não caiu. O PCP ainda está vivo e oficialmente de volta à mesa das negociações. A comitiva do Bloco de Esquerda esteve esta terça-feira reunida com o primeiro-ministro, em São Bento. No final de …

Apoio à retoma. Empresas com quebras de faturação superiores a 75% podem reduzir horários a 100%

A possibilidade de redução total do horário de trabalho em empresas abrangidas pelo Apoio à Retoma Progressiva estará disponível para empresas que registem quebras de faturação homólogas iguais ou superiores a 75%. Na segunda-feira, o ministro …

FC Porto é "passado". Otamendi promete "defender Benfica até à morte"

O internacional argentino prometeu, esta terça-feira, durante a sua apresentação como novo reforço dos encarnados, "defender a camisola do Benfica até à morte". Nicolás Otamendi é o novo reforço das águias e foi apresentado, na noite …

Manso Neto tenta evitar que 3 mil emails seus entrem no processo que envolve Manuel Pinho

A defesa de João Manso Neto quer impedir o Ministério Público (MP) de usar 3.277 emails seus como prova no processo no qual é arguido, juntamente com António Mexia, por suspeitas de corrupção que envolvem …

Bruno Tabata assina contrato de cinco anos com o Sporting

O extremo brasileiro, que alinhava no Portimonense, assinou um contrato de cinco temporadas com o Sporting, com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros. O Sporting não refere, no comunicado, o valor da transferência …

Príncipe germânico foi enterrado com seis mulheres em redor de um caldeirão

Um cemitério pertencente a um senhor de alto estatuto foi descoberto na Saxónia-Anhalt, perto de Brücken-Hackpfüffel, numa escavação que os arqueólogos estão a descrever como a mais importante dos últimos 40 anos da história da …

Entre interrupções e insultos, Biden chama palhaço a Trump (e este põe em causa a sua sanidade mental)

Aconteceu ontem o primeiro de três debates, nos quais os candidatos republicano e democrata à Casa Branca - Donald Trump e Joe Biden - têm oportunidade de apresentar aos eleitores norte-americanos as suas propostas para …

Europa alarga restrições. Alemanha limita festas, Eslováquia em emergência e Itália não facilita

Os país europeus estão a anunciar novas medidas restritivas contra a covid-19, num altura em que o número de infeções voltou a aumentar e o inverno está a chegar. De acodo com o Diário de Notícias, …

Jogos da seleção com Espanha e Suécia vão ter adeptos nas bancadas

Os próximos jogos da seleção portuguesa frente à Espanha e à Suécia, no estádio Alvalade XXI, foram autorizados a receber público, revelou, esta terça-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). "No jogo de preparação entre as …

Santos Silva rejeita apoio a Ana Gomes (e diz que polémica com embaixador dos EUA foi ultrapassada)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, falou, em entrevista à TVI24 esta terça-feira, sobre a aprovação do Orçamento de Estado para 2021 e as eleições presidenciais e desvalorizou a polémica com o embaixador …