Cameron demite-se quarta-feira. Theresa May será a nova primeira-ministra

UK Home Office / Flickr

Theresa May, ministra do Interior britânica

O primeiro-ministro britânico David Cameron anunciou esta segunda-feira que se demite já na quarta-feira. Theresa May torna-se oficialmente a próxima primeira-ministra britânica.

O primeiro-ministro indicou que vai presidir ao seu último conselho de ministros amanhã e, na quarta-feira, participa numa última sessão de perguntas no Parlamento antes de ir até ao Palácio de Buckingham entregar a demissão à rainha Isabel II.

“Ela é forte, é competente, é mais do que capaz de garantir a liderança que o país vai precisar nos próximos anos”, assegurou Cameron.

Theresa May, atual ministra do Interior, tornou-se a única candidata ao cargo de primeira-ministra depois de a ministra da Energia do Reino Unido, Andrea Leadsom, ter anunciado que deixará a corrida pela liderança do Partido Conservador.

Em conferência de imprensa, esta segunda-feira, Leadsom disse que apoiará a ministra do Interior, Theresa May, que lidera as pesquisas para substituir David Cameron.

Resta à direção do partido decidir, nos próximos dias, se Theresa May será automaticamente escolhida como nova líder ou se serão convocadas novas eleições.

Andrea Leadsom afirma ter concluído que não tem “apoio suficiente” dentro do partido para vencer a rival e que uma longa campanha eleitoral, paralela ao processo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE) votado recentemente no referendo do Brexit, iria afetar a população.

A ministra da Energia tinha menos apoio do que Theresa May entre os parlamentares, mas tinha um grande nome a seu favor: o do polémico ex-mayor de Londres Boris Johnson, que surpreendeu ao dizer de que não concorreria ao cargo após ser um dos líderes da campanha vitoriosa do Brexit.

Theresa May compromete-se com saída de Reino Unido da UE

Antes de conhecido o afastamento da concorrente, a candidata favorita para substituir David Cameron como líder do Governo britânico prometeu liderar o processo de saída do Reino Unido da União Europeia, rejeitando ignorar os resultados do referendo.

Brexit quer dizer Brexit e vamos fazer com que seja um sucesso“, disse a ministra do Interior, Theresa May, em comentários transmitidos pela televisão, ao lançar a sua campanha em Birmingham, no centro de Inglaterra.

“Não haverá tentativas de permanecer na União Europeia, não haverá tentativas de regressar pela porta dos fundos, nem um segundo referendo”, garantiu.

“Vou assegurar-me de que saímos da União Europeia”, afirmou Theresa May, que apoiou a campanha pela permanência do Reino Unido no bloco europeu antes do referendo de 23 de junho, em que 52% dos eleitores escolheram sair.

“Os britânicos tiveram a oportunidade de votar sobre este assunto. Enviaram uma mensagem muito clara e acho que temos de responder a essa mensagem e fazer o que os britânicos nos pediram para fazer”, disse.

Questionada sobre como iria negociar o acesso do país ao mercado único da União Europeia, May disse ser necessário garantir que se alcança “o melhor acordo em termos de comércio, bens e serviços”.

“É muito claro que o voto no Brexit é também uma mensagem de que temos de controlar a livre circulação. A circulação livre não pode continuar da forma como tem funcionado até agora”, sublinhou.

ABr

PARTILHAR

RESPONDER

Médicos imigrantes impedidos de ajudar a combater o coronavírus nos EUA

Devido às regras dos vistos, muitos médicos imigrantes estão a ser proibidos de ajudar a combater a pandemia de covid-19 fora do hospital em que trabalham. Os Estados Unidos continuam a sentir em força as consequências …

Espanha insiste em emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo"

A ministra da Economia espanhola diz que o acordo alcançado pelo Eurogrupo "fazia falta", mas insiste que haja emissão conjunta de dívida europeia "a médio prazo". O Parlamento espanhol aprovou, entretanto, a renovação do estado …

Hyundai apresenta conceito de novo elétrico conduzido com joysticks

A Hyundai apresentou o conceito para um novo veículo, chamado Prophecy. O carro elétrico não é guiado pelo tradicional volante, mas sim por dois joysticks. As feiras automóveis estão todas interrompidas devido à pandemia de covid-19, …

Hospital da Cruz Vermelha excluído da rede de combate à pandemia

O Hospital da Cruz Vermelha não vai integrar a "rede covid", criada em resposta à pandemia do novo coronavírus, anunciou esta quinta-feira o executivo, realçando que esta decisão é tomada porque, face à situação atual, …

Coronavírus. Luvas de látex são perigosas quando não utilizadas corretamente

Quase como acontece com as máscaras, caso não sejam utilizadas corretamente, as luvas descartáveis de látex podem ser perigosas, ajudando a disseminar mais facilmente o vírus. A pandemia de covid-19 despertou grande interesse de como as …

Bloco de Esquerda "não vai aceitar austeridade" no pós-pandemia

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda diz que "não vai aceitar austeridade" em 2021, após a pandemia da covid-19, e garantiu que, pelo seu partido, "não faltará maioria" para ajudar Portugal a sair de …

Em Canonica d'Adda, homens e mulheres têm dias diferentes para ir às compras

A presidente da câmara de uma pequena cidade da Lombardia, Canonica d'Adda, em Itália, decidiu que homens e mulheres terão dias diferentes para fazer compras, visando limitar a multidão nas lojas e lutar contra a …

Linhas de crédito alargadas a todos os setores de atividade

O Governo alargou os apoios "à globalidade do tecido empresarial", nomeadamente aos setores do comércio e serviços, dos transportes, do imobiliário, da construção, indústrias extrativas e transformadoras. As linhas de crédito lançadas pelo Governo para apoiar …

Rui Rio: PSD não está a cooperar com o PS, mas com o Governo em nome de Portugal

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou esta quinta-feira que não está a cooperar com o PS, mas com o Governo de Portugal na crise da pandemia, esclarecendo que aquilo que defende é uma lógica …

Seis demissões na direção do Barcelona. "Alguém meteu dinheiro ao bolso"

Seis dirigentes do FC Barcelona apresentaram demissão ao presidente do clube catalão Josep Maria Bartomeu, avança a imprensa espanhola. De acordo com a agência noticiosa EFE, que dá conta das baixas esta sexta-feira, entre as demissões …