Câmara de Paris empregou “demasiadas mulheres”. Multa chega ao 90 mil euros

fidh-international-federation-for-human-rights / Flickr

Anne Hidalgo, Presidente da Câmara de Paris

A Câmara de Paris foi multada em 90 mil euros por ter nomeado “demasiadas mulheres” para cargos importantes no Governo.

De acordo com a NPR, em 2018, 11 mulheres e cinco homens tornaram-se altos funcionários. Isso significava que 69% das nomeações eram mulheres – o que violava uma regra que ditava que pelo menos 40% dos cargos governamentais deveriam ser atribuídos a pessoas de cada género.

Numa reunião do conselho municipal de Paris, a presidente da Câmara de Paris, Anne Hidalgo anunciou que a autarquia tinha sido multada em 90 mil euros devido à infração. “Tenho o prazer de anunciar que fomos multados por termos nomeado demasiadas mulheres para cargos de direção”.

No Twitter, a autarca disse que vai entregar o cheque ao Ministério do Serviço Público, juntamente com as mulheres do seu Governo. “Portanto, haverá muitos de nós”, escreveu.

 

Anne Hidalgo, membro do Partido Socialista que foi eleita presidente da Câmara pela primeira vez em 2014 e reeleita este ano, disse que o objetivo é resolver um desequilíbrio existente em relação aos homens.

“Sim, devemos promover as mulheres com determinação e vigor, porque o atraso em toda a França ainda é muito grande”, disse Hidalgo, no Conselho de Paris. “Então, sim, para promover e um dia alcançar a paridade, devemos acelerar o ritmo e garantir que, nas nomeações, haja mais mulheres do que homens”.

Amélie de Montchalin, ministra do Serviço Público da França, lamentou a multa e considerou a medida “absurda”. “A causa das mulheres merece coisa melhor! Quero a multa paga por Paris em 2018 para financiar ações concretas para promover as mulheres no serviço público. Convido-a [a Anne Hidalgo] ao ministério para aumentá-las!”, escreveu Montchalin no Twitter.

De acordo com o jornal francês Le Monde, desde 2019, a lei francesa prevê a dispensa da regra dos 40% se as novas contratações não levarem a um desequilíbrio geral de género.

Segundo o jornal, esse é o caso da cidade de Paris, uma vez que as mulheres ainda representam apenas 47% dos altos executivos do Governo. Além disso, funcionárias municipais recebem 6% menos do que os homens.

“É paradoxal culpar-nos por nomeações que permitem recuperar o atraso que tínhamos”, disse Antoine Guillou, o vice-presidente da Câmara de Paris, encarregado dos recursos humanos, em declarações ao Le Monde.

A mudança de regra chegou demasiado tarde para evitar a multa.

  Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Não há dúvidas que o mundo é dos machos e não há nada a fazer! Podiam ter aproveitado para fazer um estudo comparativo e tirar conclusões ; se tinha havido mais ou menos compadrio, corrupção durante a vigência do “mandato feminino”!! Mas não, resolveram multar, tal como diz uma lei aprovada por uma maioria masculina! E agora? Depois de pagar a multa é continuar sob o domínio dos machos!!!

  2. Talvez agora algumas pessoas entendam a diferença entre noções como “igualdade” e “descriminação positiva”. E não, não são sinónimos.

RESPONDER

Domingo invulgar: 17 grandes jogos para ver, em poucas horas

A ementa começa em França, ao meio-dia, e acaba no Chile, já depois das oito da noite. Não estamos perto do Carnaval mas vem aí um "domingo gordo" no futebol. Vários jogos grandes, uns mais mediáticos …

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …

Universidade no Reino Unido tem arquivo de "casas assombradas"

A Universidade de Sheffield, no Reino Unido, tem um arquivo aberto ao público com quase 80 mil fotografias de "casas assombradas" de várias feiras populares. Para muitos, o medo é parte integrante da experiência de uma …

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …

Mais rapidez e menos ruído. E-bikes permitem que militares em ação passem despercebidos

Os soldados do Regimento de Cavalaria da Infantaria Montada de Queensland, na Austrália, estão a testar e-bikes para perceber se o veículo poderá ser uma opção válida para operações no terreno. Passar despercebido no terreno é …