Câmara comunista oferece relógios de 800 euros aos funcionários

(dr) Gil Brandão / Diário da Região

O presidente da Câmara de Almada, Joaquim Judas

A Câmara de Almada, liderada pelo comunista Joaquim Judas, está envolta em polémica por ter oferecido aos funcionários com 25 anos de funções públicas na autarquia relógios de luxo que custaram cerca de 800 euros cada.

A notícia é divulgada pelo Correio da Manhã e pelo Observador que salientam que o executivo comunista ofereceu, no passado dia 24 de Maio, 43 relógios de pulso aos trabalhadores da autarquia que completaram 25 anos de funções públicas na Câmara.

A aquisição de 19 relógios de homem por 880 euros cada e de 24 de senhora por 756 euros custou ao município 34,8 mil euros, adianta o Observador.

O negócio foi feito por ajuste directo com a Ourivesaria Coimbra e o CM repara que a autarquia tem “como tradição ofertar relógios de ouro aos funcionários que atinjam um quarto de século com funções públicas, mas esta é a primeira vez que o faz em ano de eleições”.

Durante a presidência de Joaquim Judas, a autarquia gastou já mais de 78 mil euros na compra de 98 relógios de pulso para oferecer a funcionários da autarquia, de acordo com as contas do Observador.

Contactada pela publicação, uma fonte oficial da Câmara de Almada refere que “a oferta de relógios aos trabalhadores e trabalhadoras do Município que completam 25 anos ininterruptos ao seu serviço” é uma forma de “reconhecer publicamente o mérito de toda uma vida de trabalho coincidindo com a celebração do Dia do Concelho” e “uma prática” que se vem sucedendo “todos os anos sem excepção desde o início da década de 1990”.

No Natal de 2015, a Câmara já tinha estado envolvida em mais uma polémica por ter oferecido aos filhos dos funcionários carenciados 65 smartphones, gastando cerca de dez mil euros.

ZAP //

PARTILHAR

20 COMENTÁRIOS

  1. É assim mesmo…
    E a seguir vão fazer greve para que lhes seja aumentado o salário e reduzir o horário de trabalho…
    Cada vez me custa mais perceber porque os portugueses emigram para Suiça, luxemburgo, França e etc…
    Não ha nada como ser funcionário Público, Ainda ha dúvidas?
    fiquemos agora á espera que venha um funcionario Público tenha a lata de vir aqui dizer que os trabalhadores do privado têem é inveja…
    Que falta de respeito tão monstruosa por parte dessa Câmara numa altura em que é suposto pouparmos todos…
    Por falar em poupar!! Quanto irá receber esse Presidente de Câmara pela sua contribuição pela poupança que as tv´s anunciaram esta semana???

    • E são estes comunas que todos os dias fingem odiar o capitalismo com os seus comentários como se fossem alérgicos ao cheiro das notas de Banco!

      • Comunismo é ultracapitalismo para uns quantos e miséria, escravidão e ditadura para o resto…. Paga Otário!!!!!!!!!!! Os votos……. a quanto me obrigas…. e lá dizia o outro, político honesto é aquele que se encontra na Fossa das Marianas e tapado com os Himalaias!……

    • Eu sou funcionária pública e nunca me ofereceram nada, com a agravante que desde 2008 não tive 1 cêntimo de aumento. como tal não fale do que não sabe ou pelo que ouve dos outros. Informe-se antes.

  2. Se fosse numa privada, O que achavam? Eu acho a iniciativa de louvar… deveriam todos de fazer acções como estás. Públicos e privados… mas infelizmente já à poucos a fazer isto… as pessoas são tratadas como números ou mesmo quase escravos…

    • Pois, se fosse numa empresa privada achava bem, porque quem dava estava a dar aquilo que lhe pertencia e para dar era porque podia, o que significava que a empresa estava de boa saúde. Mas achando bem ou achando mal, no caso de uma empresa privada, no fundo não tenho nada a ver com isso, do mesmo modo que não tenho nada a ver com o modo como o meu vizinho gasta e gere o dinheiro dele, achando eu que o faz bem ou mal.
      Esta função pública tem gente com muito valor, mas infelizmente tem também muitíssima gente execrável. Não teria nada a ver com isso se não fosse eu a contribuir, sem liberdade de opção, para a sua manutenção.
      O Estado e a função pública não tem de dar nada, porque não estaria a dar o que é deles, tem é de fazer uma gestão muito criteriosa e justa dos fundos que tem, até porque até ver Portugal é uma estado pobre e devedor, convém que não se esqueçamos disso.

  3. O que está aqui em causa não é oferecer ou deixar de oferecer os relógios aos funcionários, mas sim a forma como é feita a aquisição: por ajuste directo e sempre à mesma empresa (de Lisboa, fora do Concelho).
    Conheço várias empresas de Almada que já tentaram apresentar propostas, mas ganha sempre a Ourivesaria Coimbra. Um ano, para tirar as dúvidas, uma dessas empresas confirmou junto do importador o valor a que os relógios estavam a ser comprados (preço de revenda) e apresentou uma proposta abaixo do preço de custo. Perdeu na mesma. No mínimo curioso…

    • Diz o meu amigo que o que está aqui em causa naõ é oferecer ou não relogios de luxo, a julgar pelo comentário do Sr. Vitor Sá os funcionários Públicos são tratados como escravos…
      Quem diria que os escravos pudessem vir a ser tratados assim, com prendas valiosas?!
      Concordo consigo no que diz, é curioso sim e muito, mas se o proprietário da ourivesaria for familiar ou amigo do Presidente da Câmara, nesse caso, tudo se explica…
      Talvez isso mereça uma investigação…. séria….

    • interessante esse seu comentario. de facto tambem nao me escandaliza que empregados antigos recebam um relogio de ouro. …
      mas a compra ser por ajuste direto e mais que escandaloso…deve ser ilegal digo eu….
      quanto ao resto , a gente sabe como e que a autarqia de almada era gerida… os impostos dos mais altos do pais, os serviços razoavelmente maus, o desprezo que estava votado o patrimonio arquitetonico , salvo se algum amigo queria fazer algum investimento.
      comprar relogios para dar aos funcionarios em principo e um bom reconhecimento , mas sera que o igualitarismo que apregoam se pode dar a estes luxos?

  4. E vamos lá saber a negociata paralela entre alguns da Câmara de Almada e a tal ouriversaria Coimbra! Ou foi aberto um concurso para oferta de melhores propostas na venda dos relógios?… Oh não! foi por ajuste direto… bem, deve ser uma questão de confiança…

  5. Comentários que leio diariamente na internet: A LENDA DO VELHO E DO BURRO. O ser humano não aprende mesmo, mesmo depois de dois mil anos de suposto desenvolvimento social.

  6. Ha uns anos atrás, um empresário da Guarda ofereceu um automóvel a cada um dos seus empregados, como prémio de produtividade e uma vez que os lucros tinham sido gerados por eles.
    O Fisco caiu em cima da empresa por desconfiar de estar a ser lesado.
    Os herdeiros do empresário moveram-lhe um processo para o declararem incapaz de gerir os bens da família.
    Mudam-se os tempos, e as cores partidárias, mudam-se as vontades !!!!

  7. A aquisição de 19 relógios de homem por 880 euros cada e de 24 de senhora por 756 euros ….

    Até nos relógios as mulheres ganham menos que os homens !!!!!

RESPONDER

Duarte Lima vai ser julgado em Portugal pelo alegado homicídio de Rosalina Ribeiro

O Supremo Tribunal brasileiro determinou o trânsito em julgado da decisão de enviar para julgamento em Portugal o processo em que o ex-deputado português Duarte Lima foi acusado de homicídio da sua cliente Rosalina Ribeiro. Numa …

"Prisão não é solução". FC Barcelona reage à condenação dos independentistas catalães

O FC Barcelona criticou esta segunda-feora a decisão do Supremo Tribunal espanhol de condenar a penas de prisão efetiva os principais dirigentes políticos envolvidos na tentativa de independência da Catalunha, apelando ao diálogo. “Do mesmo modo …

CIP muda estatutos e António Saraiva recandidata-se ao quarto mandato

Uma alteração aos estatutos que será apreciada numa assembleia geral agendada para o dia 11 de novembro poderá vir a permitir que António Saraiva, atual presidente da CIP - Confederação Empresarial de Portugal, se recandidate …

PS adia negociações com partidos de esquerda

Os socialistas vão adiar todas as reuniões com os partidos sobre as medidas para o Orçamento do Estado. O encontro com o BE estava marcado para amanhã e foi cancelado. O mesmo acontecerá com o …

Protestos continuam em Londres. Ativistas invadem centro financeiro

Centenas de ativistas pelo clima do grupo Extinction Rebellion invadiram esta segunda-feira o centro financeiro de Londres para manifestarem repúdio por as grandes corporações financiarem os combustíveis fósseis. Muitos manifestantes, protegidos da intensa chuva com lonas …

"Tenho muitas dívidas, muito financiamento por pagar"

Isabel dos Santos explicou em entrevista à Lusa a origem dos seus investimentos, salientando serem totalmente privados, o que a levou a criar muitas dívidas. Disse ainda que os empresários têm dificuldade em trabalhar e …

Estados Unidos autorizados a aplicar taxas sobre produtos europeus

A Organização Mundial do Comércio (OMC) autorizou oficialmente esta segunda-feira os Estados Unidos a aplicar taxas alfandegárias sobre 7500 milhões de dólares de importações oriunda da União Europeia devido aos subsídios dados à Airbus. A OMC …

Tribunal rejeita providência cautelar requerida pela Ordem dos Enfermeiros contra ministério

O Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa rejeitou a providência cautelar pedida pela Ordem dos Enfermeiros (OE) contra o Ministério da Saúde no processo de sindicância à OE, anunciou esta segunda-feira o Governo. Em comunicado, o …

Paraísos fiscais. Portugal transferiu 672 milhões em 2018

Os bancos a operar em Portugal transferiram 672 milhões de euros no ano passado para territórios que constavam das listas de offshores problemáticos da União Europeia. Em 2018, os bancos a operar em Portugal transferiram 672 …

Discurso da Rainha. Entre crime, saúde e imigração, o Brexit foi destaque

Várias propostas de lei relacionadas com o Brexit destacam-se no programa do governo britânico para os próximos meses apresentado esta segunda-feira pela rainha Isabel II no parlamento, o qual inclui a implementação de um eventual …