A era das calculadoras gráficas excessivamente caras pode estar prestes a chegar ao fim

Com o surgimento de novas alternativas grátis, as calculadoras gráficas excessivamente caras podem estar prestes a ver o seu império arruinado.

Quase todos os pais sabem o que é a chatice de ter de comprar uma calculadora gráfica para as aulas de Matemática dos filhos. Os preços são exorbitantes e podem ir dos 100 até mais de 200 euros. A Texas Instruments e a Casio têm quase um monopólio das calculadoras gráficas, colocando preços altos para uma tecnologia que não o justifica.

Com um design dos anos 80 e uma tecnologia dos anos 90, os preços a rondar os 100 euros começam a esgotar a paciência dos pais, que se vêm obrigados a comprá-la para os filhos. Contudo, como noticia o The Hustle, o império destas empresas pode estar prestes a ruir, já que novas alternativas estão a surgir. A calculadora TI-84 provavelmente não deve ser estranha tanto a pais como a filhos.

Num mercado avaliado em mais de 300 milhões de dólares, a Texas Instruments detém cerca de 80% dele. E como conseguiram isto? Uma das formas foi estabelecer parcerias com grandes empresas de livros didáticos, que integraram exercícios específicos da TI.

Com a ameaça de novas aplicações para telemóvel, o ProPublica relata que a Texas terá pago a lóbistas para pressionar o ministério da Educação norte-americano, de forma a manter as calculadoras Texas Instruments como opção nas escolas.

“Muito do sucesso das calculadoras gráficas da TI foi devido a lobby agressivo para determinadas políticas. Eles fizeram isso para que o tipo de coisas que você poderia levar para um teste fossem essencialmente limitadas aos dispositivos deles”, disse uma fonte na área da educação ao The Hustle.

A TI-84, um dos seus modelos mais famosos, foi lançada em 2004 por um preço de 110 euros. Agora, 15 anos depois, o preço praticamente mantém-se o mesmo. De acordo com o The Washington Post, o preço para produzir uma destas calculadoras é de apenas uns meros 15 a 20 dólares.

Todavia, novas tecnologias grátis e iniciativas inovadoras podem destronar a empresa americana do topo da cadeia alimentar.

“Muitas famílias simplesmente não podiam gastar 100 dólares numa calculadora”, disse Eli Luberoff, licenciado em Matemática na Universidade de Yale. “E isso estava a criar um enorme desequilíbrio no acesso às ferramentas de matemática”.

Como solução, Luberoff criou uma aplicação grátis de uma calculadora gráfica para computador e smartphone, chamada Desmos. Hoje em dia, nos Estados Unidos, são mais de 40 mil alunos e professores que a usam.

“O nosso modelo de negócios é exatamente o oposto da Texas Instruments. O modelo deles sempre é dar a tecnologia gratuitamente às empresas de livros didáticos e forçar as famílias a comprá-la por um preço premium. O nosso modelo é dar a tecnologia gratuitamente aos estudantes e cobrar às empresas de livros didáticos para a incluírem”, explicou.

Ainda assim, Luberoff conta que tem sido um tarefa árdua convencer alunos e professores — habituados à TI — a fazer a transição para a Desmos.

“Você está a tentar convencer os professores que ensinam com TI há 20 anos a tentar algo novo. Já é difícil o suficiente ser professor sem lidar com mudanças tecnológicas, mas a maioria reconhece que a nossa ferramenta é mais justa. É uma tecnologia moderna. É o que as crianças usam agora”, disse ao The Hustle.

Aos poucos, os dados apontam que as vendas da Texas Instruments têm vindo a cair ao longo dos anos. Não só porque são procuradas outras alternativas, mas também porque as pessoas deixam de as comprar e usam modelos antigos de familiares ou compram-nas em segunda mão online.

“Há 15 anos, a TI-84 era um dispositivo incrível, com um enorme benefício para professores e alunos”, disse Luberoff. “Agora, é hora de o império ceder”.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Só há um problema. Não se pode utilizar smartphones nos testes e exames. Logo, as Casio e as TI vão continuar a ser usadas nas escolas.

  2. É estranho ouvir que se pode usar calculadora gráfica em exames. Aqui no Brasil só é permitido o uso de uma caneta com tinta azul no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).

Marcelo pede tolerância zero contra o racismo (e pede “sentido nacional” a Governo e oposição)

O Presidente da República recomendou esta quinta-feira aos democratas “tolerância zero” e “sensatez” para combater o racismo, ao comentar as ameaças de que foram alvo três deputadas e outros sete ativistas. “Os democratas devem ser muito …

43% das escolas no mundo sem condições de higiene para reabertura segura

Mais de 40% das escolas no mundo não têm acesso a condições básicas de higiene, como água para lavar as mãos e sabão, aumentando os riscos de reabertura no contexto da pandemia de covid-19, alertam …

Mais seis mortes, 325 novos casos e 237 recuperados

Portugal regista esta quinta-fira mais seis mortes por covid-19, 325 novos casos de infeção e mais 237 pessoas dadas como recuperadas em relação a quarta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo …

"Filme fantástico". Novo livro revela cartas entre Kim Jong-un e Donald Trump

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, qualificou o seu relacionamento com o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como um “filme fantástico”, segundo os editores de um livro a ser publicado, que revela a correspondência entre …

Grupo avisa Bruxelas que Portugal pode tornar-se ilha ferroviária na Europa

Um grupo de portugueses ligados ao setor ferroviário alertou a comissária europeia dos Transportes para a possibilidade de Portugal se tornar uma ilha ferroviária na Europa devido ao atraso em adotar "a bitola europeia" nas …

China encontra traços do coronavírus em asas de frango importadas do Brasil

Traços do novo coronavírus foram encontrados em asas de frango importadas do Brasil, na cidade de Shenzhen, no sul da China, noticiou, esta quinta-feira, um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). Os traços foram detetados …

Denúncia de Rui Pinto leva a congelamento de conta bancária da Doyen

Oito milhões de euros que estavam numa conta bancária do fundo de investimento Doyen foram congelados pelas autoridades portuguesas. Uma denúncia do whistleblower português Rui Pinto levou o fundo a ser investigado por suspeitas de fraude …

Preocupado com a Bielorrúsia, Macron ligou a Putin (e aproveitaram para falar da vacina russa)

O Presidente francês, Emmanuel Macron, manifestou esta quarta-feira ao seu homólogo russo, Vladimir Putin, "uma preocupação muito grande" quanto à situação na Bielorrússia após a reeleição do chefe de Estado autoritário bielorrusso, Alexander Lukashenko. Segundo indicou …

Obras do Hospital Militar de Belém custaram mais do triplo do valor estimado

As obras no Hospital Militar de Belém, em Lisboa, custaram mais do valor inicialmente estimado, avançou o Diário de Notícias esta quarta-feira. De acordo com o jornal, estava inicialmente previsto que a reabilitação de três …

Autópsia a Valentina revela descolamento do crânio

A autópsia a Valentina, a menina de 9 anos encontrada morta na serra D’el Rei, em Peniche, distrito de Leiria, em meados de maio, revela descolamento do crânio, avança esta quinta-feira o Correio da Manhã. …