Cabrita desvalorizou auditoria que identificou falhas na GNR e PSP. Bloco exige respostas

Tiago Petinga / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

Eduardo Cabrita desvalorizou a auditoria que identificou falhas na GNR e na PSP. Desde que foi entregue em 2019, ainda nada foi feito. O Bloco de Esquerda exige respostas.

O IGAI entregou, em março de 2019, ao ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, o estudo intitulado “Cartografia de Risco”. A auditoria detetou falhas na formação da GNR e da PSP, nomeadamente em direitos humanos, falta de preparação dos polícias para os diferentes contextos sociais em que atuam, uma distribuição desadequada do dispositivo e défice do efetivo.

O relatório nunca foi divulgado publicamente apesar de vários pedidos do Bloco de Esquerda. O partido classifica a atitude de desvalor do ministro em relação ao relatório como “enredo inexplicável”.

“Primeiro a auditoria estava a ser analisada, depois em apreciação e depois em fase de conclusão. Por fim não existia. Entretanto, neste mês, o gabinete do ministro remeteu-nos um documento que diz ser o relatório dessa auditoria, de apenas 22 páginas, por sinal tortas e mal digitalizadas, reconhecendo que afinal ela existe”, explica a deputada bloquista Sandra Cunha, citada pelo Diário de Notícias.

Na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, Eduardo Cabrita foi questionado sobre o estado de execução das medidas propostas desde 2019 nesta auditoria. Nada foi feito.

“O ministro não explicou, limitando-se a dizer que a IGAI lhe tinha apresentado agora um plano de prevenção de manifestações de discriminação nas forças e nos serviços de segurança, o qual estava em avaliação política, que prevê também a formação dos polícias”, diz Sandra Cunha, recordando que “as recomendações da auditoria eram muito mais abrangentes”.

“Só podemos concluir que ficou na gaveta um trabalho de quatro anos feito com recursos públicos – exatamente quanto foi gasto é o queremos saber – porque as suas conclusões eram incómodas”, acrescentou.

No relatório eram propostas algumas soluções e era sugerida a criação de um grupo de trabalho multidisciplinar para estudar a sua aplicação, bem como o desenvolvimento de projetos-piloto de policiamento adaptado aos diferentes contextos sociais, nas zonas de Lisboa, Porto e Setúbal.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Lopetegui continua interessado em Corona

O treinador dos espanhóis do Sevilha, Julen Lopetegui, continua interessado na contratação de Tecatito Corona, que alinha pelo FC Porto.  De acordo com o jornal La Razón, o treinador espanhol continua interessado na contratação do jogador mexicano …

Tem de haver "solidariedade estratégica" na pervensão de fogos. Costa oferece bonsai a Marcelo

O Presidente da República foi convidado especial do último Conselho de Ministros do seu primeiro mandato, dedicado às florestas, onde se discutiu o Programa Nacional de Ação do Plano de Gestão Integrada de Fogos Rurais. …

Bolsonaro volta a criticar os media. "Para a imprensa o vírus sou eu"

O Presidente brasileiro voltou a criticar a imprensa e, num momento de descontrolo da pandemia no país, afirmou que para os jornalistas o vírus é o próprio chefe de Estado. "Estamos a fazer o dever de …

Miguel Duarte foi ilibado da acusação de auxílio à imigração ilegal, "mas não foi feita justiça"

Miguel Duarte que, juntamente com outros ativistas, estava a ser acusado pela justiça italiana de ajuda à imigração ilegal, foi "ilibado", mas "o caso segue para tribunal com uma acusação aos restantes membros". A revelação foi …

Parque das Nações recebe Comic Con em dezembro

Com o mote "A New Hope", a sétima edição da Comic Con terá lugar no Parque das Nações, em Lisboa, no mês de dezembro. A sétima edição da Comic Con Portugal, um evento dedicado à cultura …

Polícia sueca investiga ataque à faca e aponta para "motivações terroristas"

A polícia sueca fez buscas no apartamento do homem que esfaqueou sete pessoas no país, na quarta-feira, informando que há pormenores na investigação que apontam para motivações terroristas. Segundo avançou esta quinta-feira o Público, a polícia …

Advogados apontam falhas à investigação da morte de Giovani Rodrigues

Alguns advogados de defesa dos acusados do homicídio de Giovani Rodrigues apontaram, esta quarta-feira, falhas à investigação, desde o apuramento dos factos à condição clínica, com a revelação de que o jovem foi também vítima …

Dia com menos mortes desde 28 de outubro. Mais 830 novos casos

Há mais 830 casos de covid-19 em Portugal. A Direção-Geral da Saúde indica que há agora 1708 doentes com covid-19 internados, menos 119 do que na quarta-feira. O número de doentes nos cuidados intensivos está …

Concelhia do PSD/Sintra tenta contornar Santana (e já aprovou um nome)

Enquanto a direção nacional do PSD tenta convencer Pedro Santana Lopes, a estrutura do PSD/Sintra aprovou o nome de António Pinto Pereira como candidato. Esta quarta-feira, a concelhia do PSD/Sintra aprovou o nome de António Pinto …

TAP com novo voo do Brasil para Portugal a 11 de março

A Embaixada de Portugal em Brasília anunciou, esta quarta-feira, que se irá realizar, a 11 de março, um novo voo entre São Paulo e Lisboa, em "condições inteiramente idênticas" às da viagem de repatriamento ocorrida …