Bruxelas quer mais informação para não rejeitar Orçamento

O Governo recebeu esta quarta-feira uma carta da Comissão Europeia onde manifesta sérias dúvidas sobre os pressupostos financeiros que constam no esboço do Orçamento do Estado para 2016.

O pedido de informação, assinado pelo vice-presidente da Comissão Europeia Valdis Dombrovskis e pelo francês Pierre Moscovici, comissário dos Assuntos Económicos, está integrado no diálogo com o governo de Costa, mas demonstra que algo terá de mudar no documento.

Uma fonte da Comissão Europeia admitiu à Lusa que o órgão executivo da União Europeia está “de facto em contacto com as autoridades portugueses”, ressaltando que não se trata de uma rejeição: “Estamos agora a levar a cabo a nossa avaliação do esboço de plano orçamental. É demasiado cedo para nos pronunciarmos sobre a substância do plano nesta fase”.

Um membro do executivo explicou ao Público que se trata de um pedido de esclarecimento adicional sobre o Orçamento, que “é normal e inicia um processo, rápido, de consulta técnica para esclarecimento de detalhes de implantação de medidas”. Em causa, de acordo com o responsável, estarão as metas para o défice estrutural.

Uma fonte comunitária garante ao jornal que na base da rejeição estarão os “pressupostos financeiros” que constam do OE 2016. No entanto, um alto representante europeu revelou ao Público que “ainda é muito cedo para concluir se vamos rejeitar o esboço do orçamento. É preciso mais informação e análise antes de chegarmos a uma conclusão”.

O esboço do Orçamento do Estado para 2016 prevê um défice estrutural (que elimina os efeitos do ciclo económico) de 1,1%, o que representaria uma redução de 0,2 pontos percentuais – um ritmo de redução que fica aquém da descida de 0,5 pontos exigida pelas regras do Tratado Orçamental e da redução de 0,6 pontos recomendada por Bruxelas.

O esboço do Orçamento prevê chegar ao final de 2016 com um défice nominal de 2,6% – um valor acima dos 1,8% previstos pelo anterior Governo, mas abaixo dos 2,8% que constavam do programa de Governo do PS..

No esboço do Orçamento do estado para 2016, o Governo conta ainda com uma previsão de crescimento da economia de 2,1%, um valor bastante mais otimista do que as previsões da Comissão Europeia, do FMI e do Banco de Portugal – que, para o mesmo período, prevêem que o PIB cresça apenas 1,7%.

A Comissão tem até ao final da próxima semana para se pronunciar sobre o esboço do OE 2016, cujas medidas reflectem não só algumas promessas eleitorais do Partido Socialista, bem como os acordos que foram feitos à esquerda e que tiveram as assinaturas do Bloco de Esquerda, do PCP e do PEV.

Da parte do Governo, o objetivo é que a proposta de Orçamento de Estado para 2016 dê entrada no Parlamento a 5 de fevereiro, com o debate e votação na generalidade marcados para 22 e 23 de fevereiro e a votação final a 16 de março.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Ronaldo volta a marcar e Sarri só tem de agradecer a Dolores por criar um espécime assim

Cristiano Ronaldo leva quatro jogos consecutivos a marcar e mais de 30 golos esta temporada, entre clube e seleção. Sarri disse que o mérito é de Dolores, "por criar uma espécime assim". A Juventus derrotou, esta …

Ana Gomes apontada à Presidência. "Costa jamais permitirá"

O antigo eurodeputado socialista Francisco Assis lançou o nome da também antiga eurodeputada do PS Ana Gomes como possível candidata à Presidência da República, manifestando desde logo o seu apoio a uma eventual candidatura. "Acho …

Silas deve deixar o Sporting no fim da época (ou até antes)

O Jogo escreve que Silas deverá deixar o Sporting no fim desta temporada, havendo também a possibilidade de sair antes do fim do mês de maio. O desportivo, que avança a notícia esta quinta-feira, adianta …

Taxa para descolagens e aterragens no Montijo reduz fatura da ANA em oito milhões

Uma das decisões da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) que fazem parte da aprovação da construção do novo aeroporto do Montijo é a criação de uma taxa de 4,5 euros a aplicar a cada movimento …

Vitória-Porto: O guião de uma vingança aos minhotos com Telles e Soares como atores principais

Depois da derrota com o Braga para a liga, o FC Porto conseguiu derrotar o Vitória de Guimarães, avançando para a final da Taça da Liga, que se jogará frente aos bracarenses. Antes de se falar …

Paulo Pedroso disse a António Costa que queria voltar à vida partidária (mas não teve resposta)

No início desta semana, Paulo Pedroso, ex-ministro do Trabalho e da Solidariedade, disse que tinha saído do Partido Socialista (PS). Agora, de acordo com o jornal Público, o antigo porta-voz do PS saiu em rota …

Fenprof sai da reunião com ministro sem "uma única resposta"

O Ministério da Educação e os sindicatos estiveram reunidos esta quarta-feira, mas os professores não trazem novidades, apenas a intenção de um novo encontro. A Fenprof não espera soluções para os problemas dos professores e da …

"Nem favor, nem desfavor". Costa nega tratamento especial a Isabel dos Santos

O primeiro-ministro falou esta quarta-feira pela primeira vez do caso "Luanda Leaks", rejeitando a acusação do Bloco de Esquerda de que deu um tratamento especial à empresária angolana Isabel dos Santos. António Costa falava aos jornalistas …

Código de conduta para polícias na gaveta há dois anos

O manual de conduta para polícias começou a ser feito em 2018 com o objetivo de uniformizar os procedimentos da PSP e da GNR. A intenção era uniformizar a atuação das principais forças policiais que dependem …

Cientistas reconstruiram o rosto de uma escocesa nobre com lepra (e de um homem sem mandíbula)

A Câmara Municipal de Edimburgo e a Universidade de Dundee, na Escócia, uniram-se para reconstruir os rostos de pessoas cujos restos mortais foram descobertos sob a famosa Catedral de Santo Egídio nas décadas de 1980 e …