Bruxelas pode impor reestruturação na TAP. Companhia arrisca despedimentos e alteração de rotas

O Governo português está a preparar um pacote de ajuda do Estado para a TAP que terá de passar primeiro pela Comissão Europeia. Se Bruxelas considerar que os problemas da empresa são anteriores à pandemia, a transportadora aérea nacional poderá arriscar a despedimentos e alteração de rotas.

De acordo com o Jornal Económico, estas poderão ser as medidas de reestruturação que a TAP, que tem cerca de dez mil trabalhadores, poderá ter de aplicar para que o Estado possa intervir.

Segundo o mesmo jornal, que ouviu uma fonte próxima do processo, a Comissão Europeia pode impor condições “duras” para aprovar essa ajuda pública.

Neste momento, há três cenários em cima da mesa. O primeiro é o quadro temporário de auxílios estatais de apoio à economia no contexto da pandemia. Para seguir esse caminho, a TAP não pode ser considerada uma empresa em dificuldades antes da crise pandémica.

O segundo caminho é um auxílio estatal temporal que se justifique por uma catástrofe. Nesta opção, a empresa tem de estimar o dano causado pelo impacto da pandemia na TAP.

O terceiro caminho passa pela necessidade de impor um plano de reestruturação da TAP. Neste cenário, Bruxelas pode exigir medidas de reestruturação como redução de rotas, que terá como consequência despedimentos.

“Caso Bruxelas conclua que os danos estimados não decorrem apenas da pandemia da covid-19 e que a empresa já estava em dificuldades antes desta crise, a 31 de dezembro de 2019, poderá impor condições ao pedido de auxílio estatal que obrigam a uma reestruturação da TAP. São medidas que podem passar pela redução de rotas, da frota, e restrições à operação no Brasil, o que levará a despedimentos”, explicou a mesmo fonte ao Jornal Económico.

O Governo, que quer evitar este último cenário, criou um grupo de trabalho que tem como missão apresentar a fundamentação técnica e jurídica do plano de medidas para salvar a TAP. João Nuno Mendes, ex-presidente das Águas de Portugal, foi nomeado paa negociar a ajuda de Estado à TAP.

No quadro das negociações com os privados da TAP, a solução mais provável passará por uma injeção de capital, até 250 milhões de euros, e uma emissão de obrigações. A TAP precisa de uma linha de tesouraria até ao próximo dia 20 para não entrar em incumprimento, assegurando tesouraria para os próximos dois meses.

O Executivo anunciou que tem a expetativa de que haja um injeção de dinheiro na companhia aérea em meados de junho.

Ainda assim, o primeiro-ministro, António Costa, assegurou, na semana passada, que só haverá apoio à TAP com “mais controlo e uma relação de poderes adequada”, mas assegurou que a transportadora aérea continuará a “voar com as cores de Portugal”.

Atualmente, devido à pandemia de covid-19, a TAP tem a sua operação suspensa quase na totalidade e recorreu ao lay-off simplificado dos trabalhadores.

Desde 2016 que o Estado (através da Parpública) detém 50% da TAP, resultado das negociações do Governo de António Costa com o consórcio Gateway (de Humberto Pedrosa e David Neeleman), que ficou com 45% do capital da transportadora. Os restantes 5% da empresa estão nas mãos dos trabalhadores.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

O nosso cabelo sabe o que comemos, onde moramos e quanto custou o corte

Milímetro a milímetro, o cabelo constrói um registo da nossa dieta. Como os fios de cabelo são construídos a partir de aminoácidos, preservam os traços químicos da proteína da comida que ingerimos. Os fios de cabelo …

Não foram meteoros. Uma forte atividade vulcânica arrefeceu a Terra há 13 mil anos

Porque é que a Terra arrefeceu repentinamente há 13 mil anos? Sedimentos antigos encontrados numa caverna no Texas, nos Estados Unidos, parecem ter resolvido este grande mistério. Alguns cientistas acreditam que o fenómeno que arrefeceu repentinamente …

Novo método prevê erupções solares com algumas horas de antecedência

Um novo método capaz de prever explosões solares poderia ajudar a Humanidade a preparar-se contra possíveis desastres causados por este fenómeno explosivo da nossa estrela. As erupções solares são explosões que ocorrem na superfície do Sol …

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …