Bruxelas pode impor reestruturação na TAP. Companhia arrisca despedimentos e alteração de rotas

O Governo português está a preparar um pacote de ajuda do Estado para a TAP que terá de passar primeiro pela Comissão Europeia. Se Bruxelas considerar que os problemas da empresa são anteriores à pandemia, a transportadora aérea nacional poderá arriscar a despedimentos e alteração de rotas.

De acordo com o Jornal Económico, estas poderão ser as medidas de reestruturação que a TAP, que tem cerca de dez mil trabalhadores, poderá ter de aplicar para que o Estado possa intervir.

Segundo o mesmo jornal, que ouviu uma fonte próxima do processo, a Comissão Europeia pode impor condições “duras” para aprovar essa ajuda pública.

Neste momento, há três cenários em cima da mesa. O primeiro é o quadro temporário de auxílios estatais de apoio à economia no contexto da pandemia. Para seguir esse caminho, a TAP não pode ser considerada uma empresa em dificuldades antes da crise pandémica.

O segundo caminho é um auxílio estatal temporal que se justifique por uma catástrofe. Nesta opção, a empresa tem de estimar o dano causado pelo impacto da pandemia na TAP.

O terceiro caminho passa pela necessidade de impor um plano de reestruturação da TAP. Neste cenário, Bruxelas pode exigir medidas de reestruturação como redução de rotas, que terá como consequência despedimentos.

“Caso Bruxelas conclua que os danos estimados não decorrem apenas da pandemia da covid-19 e que a empresa já estava em dificuldades antes desta crise, a 31 de dezembro de 2019, poderá impor condições ao pedido de auxílio estatal que obrigam a uma reestruturação da TAP. São medidas que podem passar pela redução de rotas, da frota, e restrições à operação no Brasil, o que levará a despedimentos”, explicou a mesmo fonte ao Jornal Económico.

O Governo, que quer evitar este último cenário, criou um grupo de trabalho que tem como missão apresentar a fundamentação técnica e jurídica do plano de medidas para salvar a TAP. João Nuno Mendes, ex-presidente das Águas de Portugal, foi nomeado paa negociar a ajuda de Estado à TAP.

No quadro das negociações com os privados da TAP, a solução mais provável passará por uma injeção de capital, até 250 milhões de euros, e uma emissão de obrigações. A TAP precisa de uma linha de tesouraria até ao próximo dia 20 para não entrar em incumprimento, assegurando tesouraria para os próximos dois meses.

O Executivo anunciou que tem a expetativa de que haja um injeção de dinheiro na companhia aérea em meados de junho.

Ainda assim, o primeiro-ministro, António Costa, assegurou, na semana passada, que só haverá apoio à TAP com “mais controlo e uma relação de poderes adequada”, mas assegurou que a transportadora aérea continuará a “voar com as cores de Portugal”.

Atualmente, devido à pandemia de covid-19, a TAP tem a sua operação suspensa quase na totalidade e recorreu ao lay-off simplificado dos trabalhadores.

Desde 2016 que o Estado (através da Parpública) detém 50% da TAP, resultado das negociações do Governo de António Costa com o consórcio Gateway (de Humberto Pedrosa e David Neeleman), que ficou com 45% do capital da transportadora. Os restantes 5% da empresa estão nas mãos dos trabalhadores.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Estudo europeu releva que carros híbridos são “desastre ambiental”

Um estudo europeu chamou aos carros híbridos plug-in um "desastre ambiental" - as emissões de dióxido de carbono destes carros encontrar-se-ão acima do legalmente declarado e a associação ambientalista Zero pede o fim dos benefícios …

Fisco alerta para mensagens falsas enviadas a contribuintes

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou os contribuintes, numa mensagem no portal das Finanças, para o envio de mensagens falsas para o telemóvel nas quais é pedido que se carregue em 'links' que são …

"Pandemia do medo". Crianças brincam cada vez menos e isso pode aumentar a ansiedade

A pandemia assim o obriga. Mais tempo fechadas em salas de aula e sem oportunidades para brincarem com os amigos, as crianças estão cada vez mais sedentárias e isso não é positivo para o seu …

Convívio deve ser limitado às pessoas com quem se vive, apela DGS

A diretora-geral da Saúde apelou aos portugueses, esta segunda-feira, na conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia em Portugal, para limitarem os contactos físicos às pessoas com quem vivem. "Ao conviver em presença com familiares …

"Lembranças da Lua." China prepara missão para recolher amostras do solo lunar

A China vai fazer a primeira tentativa desde os anos 70 de ir à Lua recolher rochas. A missão ficará a cargo da Chang'e 5, que será lançada esta terça-feira. A Chang'e 5 vai realizar a …

Hotéis já podem ser usados como escritórios e centros de dia

Os estabelecimentos hoteleiros, de turismo de habitação e resorts já estão autorizados a serem temporariamente usados como escritórios, showrooms e centros de dia, segundo o decreto-lei publicado em Diário da República. O diploma publicado no domingo, …

Bolsonaro critica "ataques injustificados" sobre a desflorestação da Amazónia

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, considerou durante a cimeira virtual do G20, que as críticas sobre o aumento da desflorestação são "ataques injustificados" e "demagógicos" que surgem de países "menos competitivos". “Eu apresento factos, dados …

Dois novos casos de legionella diagnosticados no Grande Porto

Mais duas pessoas foram diagnosticadas com legionella, esta segunda-feira, na região do Grande Porto, elevando para 87 o número de casos identificados desde o início do surto. Fonte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) …

Reformaram-se 1.649 professores este ano. É o valor mais alto desde 2013

Este ano, reformaram-se mais 1.649 professores em Portugal continental. É o valor mais alto dos últimos sete anos. De acordo com o Correio da Manhã, entre janeiro e dezembro deste ano, aposentaram-se 1.649 professores em Portugal …

Já foram assassinadas 30 mulheres este ano, metade por violência doméstica

O Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) contabilizou 30 mulheres assassinadas entre 1 de janeiro e o dia 15 de novembro, 16 das quais em contexto de relações de intimidade, um valor abaixo das 21 registadas …