Bruxelas contraria decisão do Ministério Público: houve fraude na Tecnoforma

PSD / Flickr

Miguel Relvas, ex-ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares

Os peritos do gabinete anti-fraude da Comissão Europeia (OLAF) contrariam as conclusões do Ministério Público e consideram que a Tecnoforma cometeu “graves irregularidades” na gestão de fundos europeus.

De acordo com o Público, os investigadores do gabinete anti-fraude da Comissão Europeia (OLAF) que avaliaram o caso Tecnoforma não podiam estar mais em desacordo com os procuradores do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) e no Departamento de Investigação e Ação Penal de Coimbra (DIAP).

Segundo o inquérito levado a cabo pelo OLAF, a conduta da empresa, na qual o ex-primeiro-ministro Passos Coelho foi consultor e administrador, foi fraudulenta, razão pela qual entendem que deve restituir aos cofres europeus 6,7 milhões de euros.

Em 2012, depois de um pedido do DCIAP, o OLAF disponibilizou dois dos seus inspetores de nacionalidade portuguesa, ambos veteranos na investigação de fraudes na obtenção e utilização dos fundos europeus, para trabalhar neste caso.

No DCIAP, avaliava-se o eventual favorecimento da empresa por parte de responsáveis políticos, entre os quais Miguel Relvas, secretário de Estado responsável pelo programa Foral, ao abrigo do qual a Tecnoforma foi financiada entre 2000 e 2006. Estava em causa a forma como esses financiamentos, nacionais e europeus, tinham sido utilizados pela empresa.

Por sua vez, no DIAP, investigava-se igualmente o possível favorecimento da Tecnoforma e a forma como foram geridas as verbas atribuídas a um projeto de formação de pessoal para os aeródromos e heliportos municipais da região Centro.

De acordo com o jornal, apesar de o inquérito ter sido classificado como “urgente” pela direção do DCIAP, a investigação esteve parada mais de dois anos, tendo sido arquivada em setembro deste ano. Em Coimbra, em junho de 2014, o procurador encarregue do inquérito também arquivou o caso, sem fazer qualquer referência à investigação ainda em curso conduzida por Bruxelas.

Os investigadores do OLAF, escreve o Público, concluíram que, desde logo, “foram cometidas graves irregularidades, ou mesmo fraudes, na gestão dos fundos europeus” atribuídos entre 2000 e 2013, aos projetos da Tecnoforma e a outros cujo titular foi a Associação Nacional de Freguesias (Anafre), mas cuja execução foi sub-contratada, em 2006, à empresa de que Passos era administrador.

No total, o relatório do OLAF contabiliza que “o montante a recuperar” pelas instituições europeias ascende então a 6.747.462 euros, provenientes do Fundo Social Europeu. De fora ficam os cerca de 2,7 milhões de euros correspondentes aos subsídios pagos à Tecnoforma com verbas do Estado Português e cuja correta utilização deverá ser aferida pela Inspeção-Geral de Finanças, adianta o diário.

“Carrocel financeiro” e “processo viciado”

Os peritos do OLAF verificaram que “na maioria dos projetos auditados, a empresa inclui os custos de amortização dos seus imóveis, ou as rendas de instalações em que funcionam os serviços administrativos e financeiros, os serviços de reprografia e as salas de formação onde têm lugar outras formações se qualquer relação com as formações abrangidas por estes projetos”, com uma “parte significativa da atividade” a ter lugar em Angola.

Como exemplo, os investigadores mostram que as despesas listadas a partir de 2004 envolvem casas de que a empresa era dona em Angola, tal como “veículos topo de gama, frigoríficos, arcas congeladoras, placas de aquecimento, televisores, geradores, máquinas de lavar roupa, colchões, armários e quadros”.

O documento aponta ainda situações irregulares de duplicação de custos, registados simultaneamente como serviços contratados a terceiros e nas despesas atribuídas aos serviços da Tecnoforma, no que classifica como um “carrocel financeiro”.

Relativamente às ações de formação destinadas ao pessoal dos aeródromos e heliportos municipais, os peritos escrevem que “o processo de candidatura elaborado pela empresa está viciado” e dizem que “esta situação pode efetivamente ter tido origem nas relações pessoais e/ou políticas existentes entre os diferentes intervenientes”.

Na perspetiva dos auditores, “as pessoas em causa (gestor do programa [Paulo Pereira Coelho presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro e ex-dirigente da JSD], secretário de Estado [Miguel Relvas], e consultor da empresa [Passos Coelho] poderiam influenciar e/ou favorecer, em qualquer fase, o projeto de formação, em detrimento de outros”. No entanto, a OLAF reconhece que a investigação destas suspeitas “ultrapassa” as suas competências.

ZAP //

15 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma vez, a justiça a dormir.
    Enquanto não começarem a punir quem anda a fazer engenharia financeira perversa, isto não vai a algum lado.
    O que interessa é criar sempre buracos na legislação, para que cada vez mais isto aconteça e ninguém é punido, porque cai nas malhas da justiça que por inerência do sistema, já é complexa de mais, nunca irá punir em tempo útil quem prevarica…

  2. Mais uma desautorização estrangeira da nossa investigação criminal e particularmente do MP.
    Tão fortes com os adversários e tão brandos com os seus eleitos!

    • Não houve qualquer desautorização. Houve uma decisão diferente. Mas… Não acha isso estranho? Não sendo verdade, não acha que o “veredicto” deveria ser igual?… e o contrário também?

  3. MP é uma vergonha . Não investigam coisa nenhuma e optam pelo mais fácil. Arquive se . Só que há instituições europeias que se estão nas tintas para as conclusões do MP e averiguam as coisas a sério.
    Este país continua a ser uma brincadeira

  4. Ahahahah… Então mais ainda há aqui atrasos de vida a defender um gajo que burlou até nas suas habilitações? Um gajo que tal como o gandim do Sócrates forjou o curso? E o Passos Coelho? Um aldrabão que nunca cumpriu uma que fosse do que prometeu (até eu fui na cantiga e votei nele, imagine-se) e ainda por cima fugiu a pagar umas meras contribuições à Segurança Social enquanto não lhe descobriram a careca?

    Mas estamos a brincar ou quê? E a Europa é que ainda está a fzer mal em descobrir que o MP arquivou isto sem chegar a investigar nada? Temos mesmo os políticos que merecemos. Estes bandidos todos que já aqui comentaram a defender máfia desta, vê-se bem com que tipo de gente se identificam! Por isso é que neste país de chicos expertos, escumalha como Valentim Loureiro, Fátima Felgueiras, Isaltino Morais ou Pinto da Costa, são adorados e idolatrados pela populaça!.. É com eles que a gentinha da minha terra se identifica, pois então!

    Estes Relvas e Passos e maltinha das Jotas. O próprio safardana do Sócrates também andou na mesma escola da JSD. Veja-se o Durão Barroso… Outro criminoso! Um gajo que começou a carreira política como Maoista, pasmem-se!.. Abandonou o país quando mais precisávamos de alguem que segurasse o barco e foi atrás do tacho na CE de onde saiu com cargos de CEO em 22 (!) corporações económicas!..

    A diferença entre o Sócrates e estes todos, é que um já foi apanhado e os outros ainda não. Se calhar estava a ser goloso demais ou estava a dar uma de mafioso independente. Tentou sair demasiado da casca e lixaram-no. Mas deixa-os pousar… Nenhum destes chega a velho sem ir bater com os costados no xilindró ou sem aparecer um dis esticado nalguma sargeta. É que da maneira que as coisas andam… Ninguém fica eternamente imune. Isto anda tudo por um fio…

    • “A diferença entre o Sócrates e estes todos, é que um já foi apanhado e os outros ainda não. Se calhar estava a ser goloso demais ou estava a dar uma de mafioso independente.” Não, não… Ele foi lixado porque tirou benefícios aos juízes (que, coitados, não têm o suficiente) e não colaborou com a imprensa. Foi isso que o tramou. Como vê, não é só a classe política que está “suja”. Os grandes decisores (os verdadeiros DDT’s) é que nos enterram. O sploíticos vão atrás… ou lixam-se!
      Mas concordo com quase tudo o que “disse”.

      • Olhe que eu também concordo com o que acabou de escrever. MAs que o Sócrates é bandido, é… Que não é o único e só se tramou por se meter com bandidos mais poderosos… Certamente.

    • Concordo com quase tudo. Não há mafiosos independentes, há como sempre houve várias famílias sendo que a da direita tem o enorme capote dos jornaleiros, secretas e justiça que lhe encobrem as enormes vigarices que fazem. isto que está a vir à luz do dia é uma gota d’água, assim que o láparo sair do couto da AR é que se vai ver.

  5. Mas ao Passos ninguém prende no aeroporto!!!… Porque será? O Sócrates isto e aquilo… E os outros? São purinhos e honestos?
    Mas isto vai ser como o caso dos submarinos. Ficou provado na Alemanha (proveniência dos mesmos) que houve corrupção, mas aqui… Nada! E ninguém prende o Portas no aeroporto (e coloca-o em prisão preventiva sem acusação formada… indefinidamente)! Porque será?

RESPONDER

É um "disparate do tamanho do Mosteiro da Batalha" proibir refeições em panteões

O presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos, considerou hoje que seria um "disparate do tamanho do Mosteiro da Batalha" restringir totalmente "qualquer serviço de refeições nos panteões". "Concordo com as restrições, mas não na …

Surto de Legionella pode resultar em acusações por homicídio

A Veolia Portugal, responsável pela manutenção das torres de refrigeração do Hospital de São Francisco Xavier negou responsabilidade no surto de 'legionella', garantindo que "todos os procedimentos foram implementados corretamente". "Todos os procedimentos foram implementados corretamente …

Rui Santos "paineleiro com feitio de gaja", Bruno de Carvalho "machista preconceituoso"

A associação Capazes não poupou críticas ao presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, que acusa de "machismo, misoginia e homofobia", depois das violentas críticas que o presidente do Sporting endereçou a Rui Santos, comentador …

Detido diretor nacional do Tesouro angolano por suspeita de desvio de verbas

O diretor nacional do Tesouro angolano foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), no âmbito de uma investigação policial a alegados desvios de verbas do Estado através de contratos celebrados com empresas fictícias. De acordo …

Milhares de contas russas no Twitter foram usadas para influenciar referendo do Brexit

Investigadores concluíram que nos dias anteriores à votação do referendo sobre o Brexit, centenas de contas falsas no Twitter com origem russa tentaram influenciar a decisão da saída do Reino Unido da União Europeia. De acordo …

Submarino militar argentino desapareceu com 44 pessoas a bordo

A Marinha da Argentina confirmou esta sexta-feira que está à procura de um submarino militar com 44 tripulantes, com o qual perdeu todo o o contacto há mais de 72 horas. O submarino militar argentino o …

Secretária de Estado desvaloriza "jantarinho" da Web Summit no Panteão

A secretária de Estado da Indústria desvalorizou o polémico jantar no Panteão Nacional e garante que nenhum membro do Governo esteve presente. "Não temos nada a ver com isso", afirmou à agência Lusa. A secretária de Estado …

Primeiro-ministro demissionário libanês acolhido em França

O primeiro-ministro demissionário libanês, que chegou este sábado a Paris procedente da Arábia Saudita, vai regressar ao Líbano na próxima quarta-feira para participar na festa nacional, informou a Agência Nacional de Notícias. Saad Hariri, que se …

Corte no subsídio de desemprego acaba em Janeiro

O fim do corte de 10% aplicado ao subsídio de desemprego vai entrar em vigor já a partir de Janeiro de 2018 e irá abranger todos os desempregados, incluindo os que já estão a receber …

Neblina de hidrocarbonetos de Plutão mantém planeta anão mais frio do que o esperado

A composição gasosa da atmosfera de um planeta geralmente determina a quantidade de calor que fica aí preso. No entanto, para o planeta anão Plutão, a temperatura prevista com base na composição da sua atmosfera …