Ministério Público arquiva processo da Tecnoforma que envolvia Passos e Relvas

José Sena Goulão / Lusa

Miguel Relvas

O Ministério Público arquivou o processo que envolvia o ex-primeiro-ministro e o ex-secretário de Estado da Administração Local por suspeitas de corrupção, abuso de poder, participação económica e prevaricação, através da Tecnoforma.

A notícia foi avançada pelo Observador, e confirmada à Lusa pela Procuradoria-Geral da República, referindo o despacho que, em relação “a parte dos factos, os mesmos já se encontravam prescritos três anos antes do seu conhecimento público e da abertura do inquérito pelo Ministério Público”.

De acordo com o mesmo despacho de arquivamento, datado de 4 de setembro, divulgado no site do Departamento Central de Investigação e Ação Penal, e investigadas as suspeitas de eventuais favorecimentos políticos à Tecnoforma, o Ministério Público concluiu que “não existem elementos probatórios suficientes que permitam concluir que a TECNOFORMA tenha, de algum modo, sido favorecida, lícita ou ilicitamente, pela Secretaria de Estado da Administração Local”.

No que respeita à utilização de fundos comunitários em ações de formação desenvolvidas pela Tecnoforma no âmbito do Programa Foral, também o DCIAP entendeu não existirem “elementos que permitam imputar à Anafre e à Tecnoforma a prática dolosa de qualquer conduta dirigida a defraudar o património da União Europeia”.

“Não permitindo a matéria factual apurada concluir pela existência de conduta criminal, foi determinado o arquivamento dos autos, sem que houvesse lugar à constituição de arguidos”, conclui o despacho.

O inquérito foi aberto por ordem da então diretora do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), Cândida Almeida, depois de várias notícias na comunicação social darem conta de alegados favorecimentos à empresa Tecnoforma, ligada a Passos Coelho.

Os crimes teriam acontecido quando Miguel Relvas era secretário de Estado da Administração Local, entre 2002 e 2004, mas o inquérito só foi aberto em 2012, era Passos Coelho primeiro-ministro.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Estranho!Neste assunto importante não há comentadores.
    Aqui em Portugal a LEI permite que a corrupção prescreva!
    Depois de todos os factos denunciados a Procuradoria e o Ministério Público concluiram que não há indícios de ilegalidades.Pudera,estavam em causa outro ex-1º um ex-ministro!
    Que pena não ter tido conhecimento destes cursos da Tecniforma!Os formados devem estar hoje todos bem na vida.

RESPONDER

Problemas de direitos humanos persistem em Portugal apesar dos progressos

O mais recente relatório da Amnistia Internacional sobre direitos humanos indica que em Portugal “ainda persistem” desigualdades no acesso a habitação condigna, e diferentes formas de discriminação de pessoas e comunidades mais vulneráveis. O documento divulgado …

Theresa May adia votação do Brexit

A primeira-ministra britânica, Theresa May, confirmou, esta segunda-feira à tarde, perante o parlamento britânico, que será adiada a votação do acordo do Brexit agendada para esta terça-feira, dia 11. A decisão da primeira-ministra britânica procura evitar …

"Lobisomem da Sibéria". Maior assassino em série da Rússia era polícia e matou 78 mulheres

Um ex-polícia russo, já condenado a prisão perpétua pela morte de 22 mulheres, foi sentenciado esta segunda-feira na Sibéria por mais 56 homicídios, o que o torna no maior assassino em série da história recente …

Mais de 20 comboios vão ser suprimidos no Natal e Ano Novo

Mais de duas dezenas de ligações ferroviárias, entre Intercidades e Alfa-Pendulares, serão suprimidas nos dias 24, 25 e 31 de dezembro e 1 de janeiro de 2019, à semelhança de anos anteriores, devido à fraca …

Catalães devem seguir a via eslovena e estar "dispostos a tudo" para alcançar independência

Quim Torra disse este sábado que os catalães devem seguir o exemplo do processo de independência da Eslovénia e estar "dispostos a tudo". O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, disse este sábado que …

"Injustiça fiscal." Governo rejeita alterar IRS para salários de anos anteriores

O Governo recusou aceitar uma recomendação da Provedora de Justiça que pedia ao Executivo para atualizar o regime de IRS para rendimentos relativos a anos anteriores. No início de outubro, a Provedora da Justiça escreveu a …

Oito anos depois, pensionistas recebem subsídio de Natal por inteiro

Oito anos depois, os pensionistas recebem esta segunda-feira o subsídio de Natal por inteiro, sem cortes e no mês de dezembro. A maioria dos pensionistas da Segurança Social começa esta segunda-feira a receber a pensão de …

Carlos Ghosn, ex-presidente da Renault-Nissan, acusado por ocultar rendimentos

O Ministério Público japonês acusou oficialmente o ex-presidente da Nissan de ocultar rendimentos da empresa durante um período de cinco anos. De acordo com a agência Kyodo e o canal público NHK, o Ministério Público responsabiliza …

Casa onde Sócrates vive "pagou" salinas em Angola

O apartamento de luxo onde José Sócrates está a residir na Ericeira foi uma "dação em pagamento" de um empresário angolano ao primo do ex-primeiro-ministro, José Paulo Pinto de Sousa, que é suspeito de ser …

Caso Galpgate. Três ex-secretários de Estado não vão a julgamento

Os três secretários de Estado que se demitiram no ano passado na sequência do caso dos convites para assistirem a jogos de futebol do Euro 2016 em França não vão a julgamento. Os ex-governantes e outros …