Brasil: Dilma Rousseff vence e vai com Aécio Neves à segunda volta

saladeimprensadilma13 / Flickr

Sondagens à “boca das urnas” apontam Dilma Rousseff e Aécio Neves na segunda volta

A candidata à reeleição Dilma Rousseff (Partido dos Trabalhadores) e o seu opositor Aécio Neves (Partido da Social Democracia Brasileira) vão confrontar-se na segunda volta das eleições presidenciais brasileiras.

A segunda volta das eleições presidenciais brasileiras serão disputadas por Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores, e por Aécio Neves, do Partido da Social Democracia Brasileira, com 41,6% e 33,6% dos votos, respetivamente.

O resultado mantém o PSDB como principal força de oposição ao PT de Rousseff, no Brasil, e deixa de fora a candidata Marina Silva, do Partido Socialista Brasileiro, que repetiu a performance de 2010, e ficou em terceiro lugar, com 21,3% dos votos.

Distantes dos três primeiros candidatos, a esquerdista Luciana Genro, do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), somou 1,55% dos votos válidos, enquanto os demais registaram menos de 1% cada um.

Confirma-se assim a previsão da sondagem à boca das urnas do Ibope, que apontava como presentes na segunda volta Rousseff, candidata à reeleição, de centro-esquerda, e Neves, da centro-direita.

A previsão agora é de que tanto o Partido dos Trabalhadores (PT), de centro-esquerda, da Presidente Dilma Rousseff, quanto o centro-direita Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), de Aécio Neves, tentem uma aproximação com Marina Silva, para cativar os seus votos.

Dilma à frente nas regiões mais pobres

Esta madrugada, com pouco mais de 90% das urnas apuradas, Dilma Rousseff vencia os concorrentes nas regiões Nordeste, com 59,6%, e Norte, com 50,5%.

Na Região Sul, Dilma tem 36,3%. No Sudeste, tem 32,4% e no Centro Oeste, 32,6% dos votos válidos.

No exterior, a candidata teve 18,6% dos votos.

Aécio Neves está na frente nas regiões Sudeste, com 39,4% dos votos válidos; Sul, com 47,2%; e no Centro-oeste, com 41%.

Aécio vence também no exterior, com 49% dos votos dos brasileiros que votaram em outros países. No Nordeste, o candidato teve 15,4% e no Norte, 28,3%.

Marina Silva não conseguiu ficar à frente dos concorrentes em nenhuma das regiões.

Teve 23,5% dos votos válidos no Sudeste, 12,8% no Sul, 22,9% no Nordeste, 23,6% no Centro-Oeste e 18% no Norte.

Brasileiros querem mudança

Em declarações após a divulgação dos resultados Marina Silva não se vinculou com nenhum dos candidatos, mas disse que os brasileiros “já deixaram claro” que querem mudanças.

A disputa entre PT e PSDB é uma constante no cenário da política brasileira, e irá repetir um duelo idêntico aos de 2002, 2006 e 2009.

Nas eleições deste domingo, 142,8 milhões de brasileiros foram chamados a votar para eleger o Presidente, os governadores dos 27 estados do país, um terço do Senado e os 513 deputados federais, assim como as câmaras regionais.

Entre os 27 estados brasileiros, 13 definiram seus governadores na primeira volta, incluindo São Paulo, onde o atual governador, Geraldo Alckmin, foi reeleito com 57,31% dos votos; e Minas Gerais, que elegeu o ex-ministro Fernando Pimentel, do Partido dos Trabalhares (PT), com 52,98%.

Outros 14 estados terão de realizar uma segunda volta para definir seus novos líderes, incluindo o Rio de Janeiro e o Distrito Federal.

A segunda volta das eleições realiza-se no dia 26 deste mês, ou seja, dentro de três semanas.

ZAP / Lusa / Agência Brasil

PARTILHAR

RESPONDER

Merkel admite: Greta Thunberg teve influência nas novas medidas alemãs pelo ambiente

A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou nesta sexta-feira que o seu governo decidiu ser mais ambicioso nas medidas contra as alterações climáticas como resposta à mobilização e marchas pelo ambiente de crianças e adolescentes inspirados …

Google paga prémios até centenas de milhares de euros para descobrir bugs

A Google aumentou o valor dos prémios que oferece a quem descobrir bugs nos seus produtos e serviços. Alguns dos prémios podem mesmo chegar aos milhares de euros. Ganhar dinheiro ao descobrir bugs é algo desconhecido …

Identificado suspeito do incêndio no estúdio de animação no Japão. Queixa-se de plágio

Esta quinta-feira, um incêndio no estúdio de animação KyoAni provocou 33 mortos e 35 feridos. Confirmadas as suspeitas de que o desastre resultara de fogo posto e que o autor usara gasolina para propagar as …

Nunca ninguém mandou tanto tempo como Benjamin Netanyahu

Benjamin Netanyahu foi o primeiro chefe de Governo de Israel a nascer no país — em Telavive, a 21 de outubro de 1949, um ano após a criação do Estado.  Foi também o primeiro-ministro mais …

Vulcão Etna acordou e entrou de novo em erupção

O Etna voltou a acordar lançando lava de uma das crateras localizadas na área desértica do topo do vulcão siciliano, de acordo com o Instituto Nacional Italiano de Geofísica e Vulcanologia (INGV). A atividade é intermitente …

Agência Europeia para a Segurança da Aviação alerta para limitações dos Airbus 321neo

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) publicou na passada quarta-feira um estudo sobre um problema nos Airbus 321neo que pode dar origem a uma “redução do controle do avião”. O documento alerta todas as …

Carlos Vinícius por 17 milhões no Benfica. É o terceiro reforço mais caro das águias

O Benfica anunciou hoje como reforço o avançado brasileiro Carlos Vinícius, que assina por cinco temporadas, com o clube "encarnado" a pagar 17 milhões de euros ao Nápoles pela transferência. Os encarnados confirmaram a contratação do …

"Acharam que era empregado de mesa". Deputado Hélder Amaral denuncia racismo no Parlamento Europeu

O deputado do CDS-PP Hélder Amaral revela que foi vítima de racismo no Parlamento Europeu. O único deputado afro-descendente com assento parlamentar refere que "acharam que era empregado de mesa". Esta revelação foi feita por Hélder …

Há mais cinco dias para pagar o IVA (e mais mudanças noutros impostos)

Os deputados aprovaram esta sexta-feira, a proposta do Governo que altera diversos códigos fiscais, entre os quais mais cinco dias para o pagamento do IVA e eliminação de garantia para dívidas mais baixas de …

Deputado vai ser testemunha no caso do incêndio de Monchique. Mas não conhece o arguido

O deputado social democrata Cristóvão Norte vai testemunhar em defesa do suspeito do crime de incêndio, que deflagrou em Monchique em 2018, mas não conhece o arguido nem a sua advogada. O deputado foi um dos …