Bombeiros e INEM mobilizados para novela da SIC

Paulo Cunha / Lusa

Numa altura em que o risco de incêndio está mais elevado, um forte contingente teve ordens da Proteção Civil para participar nas filmagens de “Flor de sal”, uma novela da SIC.

Segundo o Jornal de Notícias, participaram todas as corporações de bombeiros de Leiria, o INEM, os militares do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro, os “canarinhos” da Força Especial de Bombeiros e o SIRESP. O objetivo foi recriar os incêndios de outubro de 2017, em que morreram 49 pessoas e que provocaram a destruição quase total do Pinhal de Leiria.

O matutino conta que as filmagens incluíram cenários da fuga em pânico de milhares de banhistas das praias da região e a instalação de uma cópia do posto de comando no local exato onde esteve o verdadeiro há dois anos.

Carlos Guerra, responsável pelo Comando Distrital de Operações de Socorro de Leiria, descartou responsabilidade direta, garantindo que houve autorizações do comando nacional. Até ao fecho da edição, o JN não conseguiu obter esclarecimentos da ANEPC.

Em comunicado, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil garante que a maioria das forças disponibilizadas correspondia a “meios de apoio e não de combate direto”, não tendo sido “retirados dos dispositivos de resposta operacional” pertencendo a “meios de reserva”.

Em nenhum momento esteve em causa o socorro à população“, afirma, tendo sido acordada com a SP Televisão a desmobilização dos operacionais presentes “em caso de acionamento de algum tipo de alerta preventivo, ou em caso de ocorrência real”.

Pªara justificar a colaboração com a SP Televisão, a ANEPC sublinha o “interesse informativo, da construção de mensagens de informação pública, que, no conjunto, poderão trazer um ganho expressivo no que respeita à sensibilização do público em geral para a matéria dos incêndios florestais”.

“Uma vergonha”

Ao Observador, Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, diz que “a participação está completamente fora de qualquer contexto daquilo que são as funções dos bombeiros e do INEM. É no mínimo estranho, desapropriado e desaconselhável”.

O “caminho errado” da participação da ANEPC na novela “Flor de Sal” representa para o presidente da Liga dos Bombeiros o reflexo da “anarquia” e “falta de ética” que “começa a borbulhar” dentro da organização. O responsável diz que só terá sido informado do processo pela comunicação social.

“É estragar e desaproveitar o tempo dos bombeiros que devia ser utilizado para corrigir erros, estudar o que aconteceu em 2017 cientificamente, simular o teatro de operações e melhorar o trabalho futuro”, critica. “É de uma incompetência e de uma falta de rigor permitir isto.”

Marta Soares pede ainda a responsabilização de quem decidiu a favor da participação. “A Proteção Civil que se retrate. O presidente da ANEPC que se retrate. A estrutura operacional [da ANEPC] que se retrate. Porque o que eles fizeram é uma vergonha.”

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bruno Fernandes eleito jogador do mês de julho em Inglaterra

O médio do Manchester United foi eleito pela Associação de Futebolistas Profissionais (PFA) o melhor jogador da Liga inglesa em julho, prémio que o internacional português já tinha arrecadado em junho. Bruno Fernandes, que chegou aos …

MP acusa Agostinho Branquinho de aceitar suborno de 225 mil euros

O Ministério Público (MP) acusa o antigo deputado social-democrata de receber "pelo menos 225 mil euros" para influenciar decisores da Câmara de Valongo a aceitarem a violação de normas urbanísticas na obra de um hospital …

Mário Silva é o novo treinador do Rio Ave

O Rio Ave oficializou, esta segunda-feira, a contratação do treinador Mário Silva, que assinou um contrato válido para as próximas duas temporadas. Mário Silva, de 43 anos, que estava nos espanhóis do Almería, regressa a Portugal …

Governo assegura que diminuição dos casos não decorre de menos testes

O secretário de Estado da Saúde assegurou, esta segunda-feira, que a diminuição dos novos casos de infeção, registada nos últimos dias, não decorre de uma quebra no número de testes realizados. "Na semana que findou, Portugal …

Dívida pública desceu em junho para 259,8 mil milhões de euros

A dívida pública fixou-se em 259,8 mil milhões de euros em junho, menos 4,6 mil milhões de euros do que em maio e mais 8317 milhões de euros face a junho de 2019, segundo o …

Vox quer Armada Espanhola a controlar embarcações de imigrantes

O partido espanhol de extrema-direita Vox pediu esta segunda-feira ao Governo que mobilize a Armada Naval para fazer face ao aumento do número de embarcações com imigrantes que chegam à costa espanhola. Segundo a agência EFE, citada …

Liga Portugal abre inquérito à SAD do Feirense

A Liga vai solicitar a abertura de um processo de inquérito ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), devido à ligação do detentor maioritário da SAD do Feirense a uma casa de …

Morreu John Hume, artífice da paz na Irlanda do Norte

O político da Irlanda do Norte, Prémio Nobel da Paz e artífice da reconciliação na província britânica marcada por décadas de conflito morreu, esta segunda-feira, aos 83 anos, anunciou a família. "John Hume morreu de madrugada na …

OMS admite que pode nunca vir a existir "uma panaceia" contra a covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou, esta segunda-feira, que talvez nunca venha a existir "uma panaceia" contra a pandemia de covid-19, apesar das investigações em curso que procuram conseguir uma vacina contra a doença. "Não …

"Lei fundamental é violada por todos os lados". Oposição venezuelana recusa-se a participar nas eleições

Os 27 partidos políticos venezuelanos que se opõem ao chavismo decidiram no domingo não concorrer às eleições legislativas agendadas para dezembro por considerá-las uma "fraude". Entre os partidos, estão aqueles com representação parlamentar, que assinaram um …