Bombeiros Voluntários exigem pedido de desculpas de Eduardo Cabrita

António Cotrim / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

A Associação Portuguesa de Bombeiros Voluntários (APBV) exigiu esta quarta-feira ao ministro da Administração Interna (MAI) um pedido de desculpas pelas suas declarações.

A Associação Portuguesa de Bombeiros Voluntários (APBV) reuniu esta quarta-feira à noite os seus órgãos nacionais em plenário no quartel dos Bombeiros Voluntários de Campo de Ourique, em Lisboa, para analisar toda a situação dos bombeiros no país.

Os bombeiros estão desanimados e descrentes e não se reveem nas declarações que o ministro tem feito, que são tristes, quando afirmou que o socorro em Portugal poderia estar em risco por causa das medidas anunciadas pela Liga dos Bombeiros Portugueses”, disse à Lusa João Marques, vice-presidente da APBV.

A associação exigiu um pedido de desculpas ao ministro da Administração Interna, considerando que Eduardo Cabrita “ofendeu milhares de bombeiros voluntários”.

Além disso, a APBV defende que deve ser ouvida em comissão parlamentar sobre a proposta de reforma da Lei Orgânica da Proteção Civil, que está na origem da polémica, manifestando descontentamento por não ter sido escolhida para essa audição.

Segundo explicou João Marques, a associação decidiu enviar ofícios ao Presidente da República, ao presidente da Assembleia da República e a todos os grupos parlamentares com um pedido de audiência urgente, solicitando também audiências ao MAI e ao secretário de Estado da Proteção Civil.

“Já tínhamos solicitado ao MAI e ao secretário de Estado audiências, mas como não recebemos resposta, vamos voltar a pedir. Pedimos também uma audiência ao presidente da Liga dos Bombeiros, que já tínhamos pedido antes, para tentar congregar esforços para resolver a situação atual”, frisou.

Sobre a tomada de posição da Liga, de ter suspendido todo o encaminhamento e informação operacional aos Comandos Distritais de Operações de Socorro, João Marques referiu que a associação nunca irá contestar nada que seja feito para valorizar e reconhecer os bombeiros voluntários, manifestando o seu apoio aos corpos de bombeiros que adotaram como forma de reivindicação o toque de sirene durante alguns minutos.

O vice-presidente da associação disse ainda que se devem avançar para negociações e manifestou, também, disponibilidade para nelas participar, desde que exista abertura do ministério, defendendo que estas devem começar pelos bombeiros e pelo incentivo ao voluntariado.

Entre as principais reivindicações da APBV estão a reposição da contagem do tempo de serviço para efeitos de reforma, a atualização do sistema de seguros, a criação de um programa de vigilância médico-sanitária para os operacionais ou isenções de propinas universitárias e em cursos técnico-profissionais ligados ao setor.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Na última noite no Porto, fui sozinho à Ponte D. Luís e vieram-me as lágrimas aos olhos"

O médio espanhol Óliver Torres confessa que a sua saída do Porto foi "emotiva" e que se despediu do clube e da cidade na Ponte D. Luís, de noite e sozinho, com "as lágrimas nos …

Costa e Centeno discutiram no Conselho Europeu (e foi Centeno quem ganhou)

António Costa e Mário Centeno envolveram-se numa "discussão directa" em pleno Conselho Europeu que deixou os restantes membros do Eurogrupo perplexos. Em causa esteve o primeiro orçamento da Zona Euro, com o primeiro-ministro de Portugal …

Sondagem: Livre caiu para metade, Montenegro lidera corrida ao PSD

O PS lidera as intenções de voto com 37,1% e um avanço de 10,2 pontos percentuais sobre o PSD numa sondagem em que o Livre surge com metade da votação alcançada nas legislativas em outubro. Num …

ONU chama a atenção para consumo de tramadol (erradamente considerado menos letal que fentanil)

A crise derivada do consumo excessivo de opóides e as mortes daí decorrentes já levaram empresas norte-americanas que os produzem a receber milhares de ações judiciais. Contudo, a Organização das Nações Unidas (ONU) chama a …

Mais de 50 jornalistas subscrevem abaixo-assinado em defesa de Maria Flor Pedroso

Mais de 50 jornalistas, entre os quais Adelino Gomes, Henrique Monteiro, Anabela Neves e Francisco Sena Santos, subscreveram esta sexta-feira um abaixo-assinado em defesa da jornalista Maria Flor Pedroso, diretora de informação da RTP. "Confrontados com …

O maior sítio arqueológico submerso do mundo mora no México (e está a surpreender os especialistas)

Uma equipa de especialistas está a explorar há cerca de quatro anos o Grande Aquífero Maia, localizado no México, e tem feito descobertas surpreendentes que vão desde numerosos sítios arqueológicos a vestígios de homens primitivos.  Durante …

Passes baixam para 70 e 80 euros para utentes da região Oeste

Os passes nos transportes públicos para Lisboa vão baixar para 70 euros para utentes de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras, e para 80 euros dos restantes concelhos da região. A …

Parar de comer quando se está cheio nem sempre é fácil (e há uma razão para isso)

Com alguns alimentos, parar de comer — mesmo quando se está cheio — nem sempre é fácil. Isto porque algumas destas comidas podem ter sido feitas de forma a que tal aconteça. Nenhum alimento é criado …

Há milhares de misteriosos buracos no fundo do mar da Califórnia

Surgiu um novo mistério perto da costa de Big Sur, na Califórnia, no fundo do Oceano Pacífico: há milhares de pequenos fragmentos redondos retirados dos sedimentos do fundo do mar.   A descoberta foi feita como parte …

NASA apresenta "mapa do tesouro" para encontrar água em Marte

Uma equipa de cientistas da NASA elaborou um mapa da água congelada que existe em Marte e que se acredita estar a apenas 2,5 centímetros abaixo da superfície do Planeta Vermelho - isto é, à …