Bombeiros Voluntários exigem pedido de desculpas de Eduardo Cabrita

António Cotrim / Lusa

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita

A Associação Portuguesa de Bombeiros Voluntários (APBV) exigiu esta quarta-feira ao ministro da Administração Interna (MAI) um pedido de desculpas pelas suas declarações.

A Associação Portuguesa de Bombeiros Voluntários (APBV) reuniu esta quarta-feira à noite os seus órgãos nacionais em plenário no quartel dos Bombeiros Voluntários de Campo de Ourique, em Lisboa, para analisar toda a situação dos bombeiros no país.

Os bombeiros estão desanimados e descrentes e não se reveem nas declarações que o ministro tem feito, que são tristes, quando afirmou que o socorro em Portugal poderia estar em risco por causa das medidas anunciadas pela Liga dos Bombeiros Portugueses”, disse à Lusa João Marques, vice-presidente da APBV.

A associação exigiu um pedido de desculpas ao ministro da Administração Interna, considerando que Eduardo Cabrita “ofendeu milhares de bombeiros voluntários”.

Além disso, a APBV defende que deve ser ouvida em comissão parlamentar sobre a proposta de reforma da Lei Orgânica da Proteção Civil, que está na origem da polémica, manifestando descontentamento por não ter sido escolhida para essa audição.

Segundo explicou João Marques, a associação decidiu enviar ofícios ao Presidente da República, ao presidente da Assembleia da República e a todos os grupos parlamentares com um pedido de audiência urgente, solicitando também audiências ao MAI e ao secretário de Estado da Proteção Civil.

“Já tínhamos solicitado ao MAI e ao secretário de Estado audiências, mas como não recebemos resposta, vamos voltar a pedir. Pedimos também uma audiência ao presidente da Liga dos Bombeiros, que já tínhamos pedido antes, para tentar congregar esforços para resolver a situação atual”, frisou.

Sobre a tomada de posição da Liga, de ter suspendido todo o encaminhamento e informação operacional aos Comandos Distritais de Operações de Socorro, João Marques referiu que a associação nunca irá contestar nada que seja feito para valorizar e reconhecer os bombeiros voluntários, manifestando o seu apoio aos corpos de bombeiros que adotaram como forma de reivindicação o toque de sirene durante alguns minutos.

O vice-presidente da associação disse ainda que se devem avançar para negociações e manifestou, também, disponibilidade para nelas participar, desde que exista abertura do ministério, defendendo que estas devem começar pelos bombeiros e pelo incentivo ao voluntariado.

Entre as principais reivindicações da APBV estão a reposição da contagem do tempo de serviço para efeitos de reforma, a atualização do sistema de seguros, a criação de um programa de vigilância médico-sanitária para os operacionais ou isenções de propinas universitárias e em cursos técnico-profissionais ligados ao setor.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …

Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas …

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …