Bolsonaro diz haver ameaças de ataque de homem-bomba ou sniper

O presidente brasileiro admitiu esta quarta-feira haver ameaças contra o governo de um iminente ataque de homem-bomba ou sniper. Bolsonaro diz que o facto de estar na presidência vai “contra o interesse de muitas pessoas”.

Num discurso feito esta quarta-feira aos jornalistas, Jair Bolsonaro admitiu temer que possa haver um atentado contra o seu governo. As declarações foram feitas à saída de um evento no qual o presidente brasileiro apareceu de surpresa e que não constava na sua agenda política.

Em setembro do ano passado, Bolsonaro foi vítima de uma tentativa de assassinato com uma faca, mas acabou por conseguir sobreviver. De acordo com o Correio da Manhã, desde então, foi submetido a três cirurgias e outros procedimentos médicos para ultrapassar as sequelas provocadas pelo agressor.

O polémico líder brasileiro disse, no entanto, que ninguém deveria desejar estar na sua posição, uma vez que não é fácil lidar com pressões de vários setores da sociedade. Bolsonaro diz que existem ameaças ao governo e que muita gente “não tem interesse” que ele esteja no cargo de presidente.

Segundo o site brasileiro Terra, o líder político realçou que “há um fantasma que paira sobre o governo”, referindo-se à possibilidade de a esquerda voltar ao poder no Brasil.

Durante o seu discurso, Bolsonaro reafirmou ainda a necessidade de aprovar reformas na economia. “São os problemas que o Brasil tem, uma dívida interna monstruosa, uma reforma da Previdência que alguns temem, mas é necessária para o bem de todos”, rematou.

O político relembrou ainda que, tendo em conta o cargo que ocupa, a sua vida está sempre em perigo. Apesar da intensa vigilância que o acompanha sempre, Bolsonaro explica que é praticamente impossível identificar um homem-bomba que se possa aproximar dele. O mesmo se aplica a um sniper, que pode estar no topo de um edifício à distância, sem que nenhum dos seus seguranças se aperceba.

Apesar de se sentir ameaçado por um possível atentado à sua vida, admitiu que não vai deixar de fazer as suas típicas aparições surpresa, nem muito menos deixar de cumprir a sua agenda política.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Portugueses a favor de rastreamento de covid-19 através do telemóvel

A maioria dos portugueses (61%) concordaria em adotar um mecanismo de contact tracing para rastrear casos de covid-19 através do telemóvel, revela um barómetro da Pitagórica para o Jornal de Notícias. Um quarto dos inquiridos a …

Hong Kong acusa EUA de "dois pesos e duas medidas" na resposta a tumultos

A chefe do Governo de Hong Kong acusou os EUA, esta terça-feira, de terem "dois pesos e duas medidas" na resposta aos tumultos no país e alertou que eventuais restrições a Hong Kong só vão …

PS corrige IRS a pensões atribuídas com atraso em 2017 e 2018

O PS entregou um projeto de lei que visa permitir que as reformas pagas em atraso em 2017 e 2018 contem para os rendimentos dos anos a que se referem, e não para os rendimentos …

Com os cofres vazios, CP precisa de ajudas públicas ou aumento da dívida

O Governo quer aumentar o endividamento da CP, mas a operadora ferroviária prefere ajudas estatais. Em falência técnica, a empresa não tem como pagar salários. A CP perdeu 20 milhões de euros devido à pandemia de …

Da cereja da Beira à maçã de Armamar. Mau tempo arrasa culturas e deixa prejuízos de milhões

Pomares, olivais, vinhas e hortas. O mau tempo que se fez sentir a norte do país neste fim-de-semana arrasou várias culturas culturas agrícolas, deixando prejuízos estimados na ordem dos milhões de euros. Depois da tempestade …

Situação de Grande Lisboa "não justifica" cerca sanitária, garante Marta Temido

A ministra da Saúde, Marta Temido, garantiu esta terça-feira que não existem na Área Metropolitana de Lisboa (AML) situações epidemiológicas de covid-19 que justifiquem a adoção de medidas como cercas sanitárias. “Naturalmente que, se houver alguma …

Bloco quer subsídio de desemprego extraordinário (e duplicar o valor do apoio para recibos verdes)

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, defendeu esta terça-feira a criação de um subsídio de desemprego extraordinário de 439 euros para os contribuintes que perderam rendimentos durante a pandemia e que não tenham …

Sem a pandemia, Benfica teria dois jogadores "praticamente vendidos por 200 milhões"

Luís Filipe Vieira disse que recebeu uma proposta de 60 milhões de euros por Vinícius, em janeiro. Caso não fosse a pandemia, o presidente benfiquista afiança que o clube teria encaixado 200 milhões de euros …

Israel pede ao exército para se preparar para anexar Cisjordânia

O ministro da Defesa de Israel pediu esta segunda-feira ao exército para se preparar para a anexação de partes da Cisjordânia ocupada, medida que é vista como uma aparente antecipação ao que poderão ser as …

"Colocou inúmeras pessoas em risco". Treinador do Atalanta viajou para Valência infetado

O Valência lamentou que o treinador do Atalanta, que admitiu ter tido sintomas compatíveis com covid-19 no jogo entre ambos os clubes, no dia 10 de março, não tenha tomado medidas preventivas. O treinador do Atalanta, …