Apesar dos riscos, biólogo russo quer criar bebés geneticamente modificados para prevenir surdez

Kristyna Wentz-Graff / OHSU

Depois do cientista chinês He Jiankui ter criado os primeiros bebés geneticamente modificados em 2018, um biólogo russo quer repetir o feito com o objetivo de prevenir a surdez.

De acordo com o NewScientist, o biólogo russo Denis Rebrikov, da Pirogov Medical University de Moscovo, planeia modificar geneticamente embriões humanos, numa tentativa de prevenir a surdez congénita.

“Ainda estamos a planear corrigir a mutação hereditária da perda auditiva no [gene] GJB2, para que um bebé ouvinte nasça de um casal surdo”, disse Rebrikov.

Outros cientistas continuam convencidos de que é uma má ideia. Depois de o cientista chinês He Jiankui ter criado os primeiros bebês CRISPR do mundo em 2018, uma equipa internacional de médicos criou a Comissão Internacional sobre o Uso Clínico da Edição do Genoma da Linha Germinal Humana.

A comissão publicou um relatório, esta quinta-feira, onde concluiu que a edição de genes humanos ainda não é segura, especialmente quando o objetivo é levar um embrião a termo.

Se um médico realmente precisar de fazer isso, os investigadores sugerem que deveria ser apenas para salvar vidas.

Mesmo tendo lido o relatório, Rebrikov reitera que vai avançar com o seu plano. Não é claro se o cientista russo obteve a aprovação necessária dos órgãos reguladores russos. Porém, como é o caso em muitos países ao redor do mundo, a Rússia não proíbe totalmente a prática.

O cientista chinês He Jiankui anunciou em novembro de 2018 ter criado os dois primeiros bebés geneticamente modificados. Jiankui revelou como deu origem a duas gémeas resistentes ao VIH, desativando um gene que codifica uma proteína que permite que o vírus entre nas células, salientando que se encontram num estado “normal e saudável”.

Na mesma conferência, também acrescentou que havia um terceiro bebé que pode nascer igualmente alvo de embriões geneticamente modificados.

O anúncio de Jiankui originou grande polémica em todo o mundo e foi arduamente criticado pela comunidade científica que considera que passou uma barreira ética inaceitável.

Depois de ter recebido milhões de euros de fundos públicos chineses para investigação, o jovem cientista parece ter-se tornado persona non grata, estando a ser investigado pela Universidade onde trabalha e pelo Ministério da Ciência e da Tecnologia da China.

No início de 2019, Jiankui foi despedido da universidade onde dava aulas e, no final do ano, condenado esta segunda-feira a três anos de prisão pela experiência.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Libertados nos EUA os primeiros mosquitos geneticamente modificados

Foi a primeira vez que mosquitos geneticamente modificados foram libertados nos Estados Unidos. O objetivo é suprimir populações de mosquitos transmissores de doenças. De acordo com o site Live Science, a empresa de biotecnologia Oxitec lançou …

Descobertos os restos de nove Neandertais numa gruta em Itália

Os restos de nove Neandertais foram descobertos na Gruta de Guattari, em San Felice Circeo, na costa entre Roma e Nápoles, onde já tinham sido encontrados vestígios da presença Neandertal, anunciou este sábado o ministro …

Leis draconianas na Malásia. Fahmi Reza foi detido por insultar a rainha com playlist no Spotify

A sátira desempenha um importante papel na sociedade. Na Malásia, as leis draconianas estão a reacender o debate em torno da liberdade de expressão. Fahmi Reza, um artista gráfico e ativista social malaio, foi detido no …

António Barreto

Portugal vai ter "um problema de cor de pele" (por muitos anos e com conflitos)

O sociólogo António Barreto considera que Portugal vai "ter um problema" de "cor de pele" e "por muitos anos". Uma ideia defendida numa entrevista onde se reporta para "o que se passa em toda a …

Um laboratório vivo. Há residentes "superimunes" à covid-19 numa pequena cidade italiana

A pequena cidade de Vo, no norte de Itália, tornou-se um dos primeiros locais com um surto de covid-19 da Europa em fevereiro de 2020. Agora, os cientistas descobriram que a cidade abriga um número …

Portugal com duas mortes e 406 novos casos nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje duas mortes atribuídas à covid-19, 406 novos casos de infeção pelo coronavírus e nova descida no número de internamentos em enfermaria e em cuidados intensivos, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo …

Portugal "tem nível de rendimentos baixíssimo". Muitos municípios que perdem população desde o final II Guerra

Portugal tem municípios que perdem população desde o final da II Guerra Mundial e dificilmente fenómenos como o teletrabalho irão alterar esta paisagem, na opinião do geógrafo Álvaro Domingues, da Universidade do Porto. Em entrevista à …

Gestora em teletrabalho esqueceu-se da filha no carro. Bebé encontrada sem vida sete horas depois

Maria Pilar, uma bebé de dois anos, morreu esta sexta-feira, depois de ter ficado esquecida dentro do carro durante cerca de sete horas. A menina de dois anos esteve cerca de sete horas dentro do carro, …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Cimeira Social cheia de boas intenções deixa factura de um milhão de euros (e "erro" na comida da PSP)

Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia comprometeram-se, na Cimeira Social do Porto, a "trabalhar em prol de uma Europa social". Mas o evento deixa uma polémica com as refeições distribuídas aos …

Alfredo Casimiro contrata Banco Nomura para vender 50,1% da Groundforce

O principal acionista da Groundforce anunciou este sábado, em comunicado, ter contratado o banco Nomura para assessorar a venda da participação de 50,1% da Pasogal na empresa de handling Groundforce, e pediu "especial atenção" ao …