Cientista que criou bebés geneticamente modificados foi despedido

Alex Hofford / EPA

He Jiankui apresentou o seu trabalho durante a conferência

O cientista chinês He Jiankui, que anunciou a criação da primeira modificação genética de bebés, foi acusado pelo Governo chinês de driblar a fiscalização e de quebrar as diretrizes em busca de fama e fortuna.

Esta segunda-feira, a equipa de investigação da província de Cantão anunciou os resultados preliminares da averiguação desencadeada após o anúncio do cientista chinês He Jiankui que, em novembro, reclamou ter editado geneticamente os primeiros dois bebés.

O grupo de trabalho criado pela Comissão de saúde confirmou a existência dos bebés e concluiu que o investigador “desafiou as proibições do Governo chinês“, agindo em busca de “fama e fortuna”. A universidade onde He Jiankui dava aulas já anunciou que rescindiu contrato com o cientista, avança o Público.

Desta forma, com base nas conclusões do grupo de trabalho, a Universidade de Ciência e Tecnologia do Sul da China, em Shenzhen, divulgou uma declaração pública no seu site na qual informa que decidiu rescindir o contrato de trabalho do cientista, com efeito imediato, ficando He Jiankui impedido de exercer ali qualquer atividade de ensino ou investigação.

Segundo a equipa de trabalho, o cientista “evitou intencionalmente a supervisão do seu trabalho, angariou fundos e organizou um grupo de investigadores por conta própria para realizar a edição genética de embriões humanos destinados à reprodução, que é explicitamente proibida”, adianta a agência de notícias estatal Xinhua.

Em novembro do ano passado, o professor associado da Universidade de Ciência e Tecnologia do Sul afirmou que os primeiros bebés geneticamente editados do mundo tinham nascido com a sua ajuda, referindo ainda que o ADN foi alterado para evitar que contraíssem HIV.

A equipa confirmou que o cientista iniciou a sua investigação em junho de 2016 com uma equipa de cientistas que incluía alguns “membros estrangeiros” e que “conduziu as atividades de edição de genes usando tecnologias sem garantia de segurança e eficácia”.

He Jiankui conseguiu recrutar oito casais de voluntários com um certificado falso de aprovação ética na mão. O grupo de trabalho confirmou duas mulheres grávidas – uma que terá dado à luz as gémeas Lulu e Nana e outra que ainda se encontra grávida -, um casal que desistiu da experiência e outros cinco que não terão conseguido conceber.

As atividades violaram seriamente princípios éticos e integridade científica e violaram regulamentos relevantes da China, de acordo com a investigação”, lê-se no comunicado, que adianta apenas que os responsáveis “receberão punição de acordo com as leis e regulamentos”, sem especificar.

O comunicado adianta ainda que tanto os bebés como as mulheres grávidas vão receber todos os cuidados e observação médica através de regulares visitas de acompanhamento.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Deputado Lobo d'Ávila abre portas ao futuro no CDS. "Não digo não" ao partido

O ex-deputado Filipe Lobo d'Ávila afirmou que não afasta a possibilidade de se candidatar à liderança do CDS. O potencial candidato à sucessão de Assunção Cristas indicou que a estratégia do partido, nos últimos anos, …

Só o Governo prevê uma aceleração em 2020. OCDE também está pouco otimista (e deixa um conselho a Centeno)

A economia portuguesa vai abrandar nos próximos anos, segundo antecipa a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE). No Economic Outlook publicado esta quinta-feira, as previsões para a economia nacional aponta para um crescimento …

Trump exige que se pare "a caça às bruxas" em reação a testemunho de embaixador

"Esta caça às bruxas deve parar agora. Tão prejudicial para o nosso país!", escreveu Donald Trump no Twitter, em reação ao testemunho do seu embaixador da União Europeia. O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, manifestou …

Seis embaixadores portugueses mudam de países

Há seis embaixadores portugueses que vão mudar de cidade. O Presidente da República já assinou o decreto que rege a nomeação de novas chefias para tutelar as embaixadas de Portugal em Berlim, Madrid, Praga e …

Rúben Dias pede dois milhões por ano. Vieira não está disposto a pagar tanto

A negociação de contrato entre Rúben Dias e o SL Benfica atingiu um impasse. O jogador não se contenta com um salário inferior a dois milhões de euros líquidos por ano, mas Vieira não está …

Secretarias de Estado instaladas em "casa" dos governantes

As três secretarias de Estado que ficarão fora de Lisboa serão instaladas nas terras natal dos seus respetivos governantes. Esta medida do Governo faz parte de um esforço de descentralização. O Governo decidiu avançar nesta legislatura …

Governo quer bolsas do Ensino Superior automáticas para alunos de ação social escolar

O Governo quer que os alunos do secundário com direito à ação social escolar tenham direito, de forma automática, a bolsas do ensino superior, algo que pode acontecer já no próximo ano letivo. Segundo noticiou o …

Modelo económico do Google e Facebook "ameaça" direitos humanos, diz Amnistia Internacional

A Amnistia Internacional criticou esta quinta-feira o modelo económico "baseado na vigilância" dos gigantes da internet Google e Facebook, considerando que é uma "ameaça sistémica aos direitos humanos". Num relatório, a organização não-governamental argumentou que, ao …

Da Amora a Lima. Jorge Jesus "está a dois passos de alcançar a eternidade"

A cumprir a 31.ª época da sua carreira de técnico, iniciada há 30 anos, na temporada 1989/90, ao serviço do Amora, Jesus precisa de bater os argentinos do River Plate, os detentores do título, para …

Revolucionários colombianos estão a recrutar crianças venezuelanas para guerrilha

A Federação de Associações de Professores Universitários da Venezuela (FAPUV) denunciou na quarta-feira que grupos e subversivos da vizinha Colômbia estão a recrutar crianças em idade escolar para a guerrilha. "Temos jovens e crianças, especialmente nas …