“Rocketman”: Biografia de Elton John censurada em três países

Se Bohemian Rhapsody, biopic do icónico Freddie Mercury, foi altamente criticada por mitigar a homossexualidade do vocalista, Rocketman sofre repercussões por tomar uma abordagem inversa.

De facto, o filme, que narra a história de vida do cantor Elton John, foi, até ao momento, censurado e proibido em Samoa, Rússia e Egipto, por ser visto como uma afronta à ideologia conservadora dos países. Em causa, está o enredo de Rocketman que retrata, não só a ascensão de Elton (Taron Egerton) à fama, mas também a luta do artista contra o vício e a aceitação da sua sexualidade.

O primeiro país a tomar medidas foi a Rússia ao eliminar todas as cenas do filme que incluíssem drogas ou referências à comunidade LGBTI. De acordo com esclarecimentos prestados pela distribuidora de Rocketman à agência de notícias TAAS, a biopic foi “modificada para se adequar às leis russas”.

John, proeminente ativista de direitos LGBTI, com uma enorme plataforma de fãs no país, insurgiu-se, em 2013, contra o decreto que proíbe a circulação de “propaganda gay” na Rússia. A equipa do cantor criticou, de igual modo, estas recentes atitudes “hostis” em declarações à agência Reuters.

“O facto de a distribuidora local ter considerado necessário editar certas cenas […] é um triste reflexo do mundo dividido em que vivemos e de como o amor entre duas pessoas ainda pode ser tão cruelmente inaceitável.”

Um Caso de “Moralidade Seletiva”

Por outro lado, Egipto e Samoa baniram a exibição do filme por completo das salas de cinema nacionais. Leiataua Niuapu Faaui, principal responsável pela censura de conteúdos em Samoa, afirmou, em entrevista ao jornal Samoa Observer, que, apesar de ser uma boa história, Rocketman não é concordante com as crenças católicas e culturais do país, onde a homossexualidade é, ainda, criminalizada.

A notícia desapontou inúmeros ativistas que catalogaram a censura como “hipócrita” e “um problema de moralidade seletiva”, visto que a comunidade local fa’afafine, conhecida por inverter estereótipos de género, é aceite e celebrada na região.

“Fa’afafines são culturalmente aceitáveis. A nossa cultura é baseada no respeito e inclusividade. A censura deste filme demonstra que não aceitamos elementos desta comunidade, o que é ignorante e discordante com a realidade em que vivemos”, afirmou Toleafoa Chris Solomona, especialista em cultura samoana.

Já no Egipto, a censura era expectável, visto que Elton John foi proibido de atuar no país em 2010. A união de músicos egípcios impediu a realização do espetáculo, devido a “sentimentos antirreligiosos” alegadamente disseminados pelo músico.

Rocketman estreou, a nível internacional, no final de maio, com uma receção considerada até bastante calorosa, ao arrecadar cerca de 90 milhões de euros à escala mundial.

PARTILHAR

RESPONDER

Estados Unidos autorizados a aplicar taxas sobre produtos europeus

A Organização Mundial do Comércio (OMC) autorizou oficialmente esta segunda-feira os Estados Unidos a aplicar taxas alfandegárias sobre 7500 milhões de dólares de importações oriunda da União Europeia devido aos subsídios dados à Airbus. A OMC …

Tribunal rejeita providência cautelar requerida pela Ordem dos Enfermeiros contra ministério

O Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa rejeitou a providência cautelar pedida pela Ordem dos Enfermeiros (OE) contra o Ministério da Saúde no processo de sindicância à OE, anunciou esta segunda-feira o Governo. Em comunicado, o …

Paraísos fiscais. Portugal transferiu 672 milhões em 2018

Os bancos a operar em Portugal transferiram 672 milhões de euros no ano passado para territórios que constavam das listas de offshores problemáticos da União Europeia. Em 2018, os bancos a operar em Portugal transferiram 672 …

Discurso da Rainha. Entre crime, saúde e imigração, o Brexit foi destaque

Várias propostas de lei relacionadas com o Brexit destacam-se no programa do governo britânico para os próximos meses apresentado esta segunda-feira pela rainha Isabel II no parlamento, o qual inclui a implementação de um eventual …

Conservadores polacos vencem legislativas com maioria absoluta

Os conservadores nacionalistas no poder na Polónia venceram as eleições legislativas com 45,16% dos votos, de acordo com os resultados oficiais que se referem à contagem de 82,79% das circunscrições. O partido conservador eurocético Lei e …

Ambulâncias rejeitadas no Hospital de Setúbal por sobrelotação das urgências

Ambulâncias que chegavam ao Hospital de São Bernardo, em Setúbal, durante a tarde de domingo, foram encaminhadas para outros hospitais. As urgências do centro hospitalar estavam sobrelotadas. Entre as 12h e as 16h30 deste domingo, o …

Professores regressam à greve ao trabalho extraordinário

A paralisação poderá comprometer as avaliações intercalares dos alunos, alertam os sindicatos que pedem o cumprimento do horário de 35 horas semanais. A greve dos professores ao trabalho extraordinário regressa esta segunda-feira às escolas, sem data …

Caos na Síria. Bombardeamentos turcos levam à fuga de centenas de militantes do Daesh presos

Cerca de 800 militantes do Daesh fugiram neste domingo da prisão de Ain Issa, de acordo com a administração autónoma curda, que acusa a Turquia de ter dado “cobertura aérea” para que a fuga fosse …

Supremo Tribunal espanhol reativa mandado de detenção europeu contra Puigdemont

Um juiz do Supremo Tribunal de Justiça espanhol, Pablo Llarena, aceitou o pedido do Ministério Público e reativou o mandado de detenção europeu para a extradição de Carles Puigdemont. O ex-Presidente do governo regional da Catalunha …

A partir de agora, os saldos têm mesmo que ser saldos

Já estão em vigor as alterações à lei relativa aos saldos e promoções. As novas normas definem que um produto vendido em saldo ou promoção não pode ter um preço mais alto do que o …