Bill Gates alerta que “os próximos quatro a seis meses podem ser os piores da pandemia”

Michael Buholzer / World Economic Forum

Numa altura em que o mundo, e sobretudo os Estados Unidos da América, começam a ver uma luz ao fundo túnel, devido ao desenvolvimento de várias vacinas, Bill Gates deixa uma novo alerta sobre a pandemia de covid-19.

Bill Gates tem feito constantes alertas sobre a forma como os EUA estão a lidar com a a pandemia, e a forma como esta pode evoluir no mundo. Neste domingo, voltou a fazê-lo, um dia depois da vacina da Pfizer e da BioNTech, já aprovada pela FDA, começar a sair da fábrica do laboratório norte-americano, no Michigan, para ser distribuída nos EUA.

Em entrevista à CNN, o cofundador da Microsoft avisou os americanos que “os próximos quatro a seis meses podem ser os piores da pandemia”, ao argumentar que os dados do IHME estimam a ocorrência de mais de 200 mil mortes adicionais.

O empreendedor confessa que inicialmente achou que “os EUA conseguiriam lidar” com a situação pandémica e que “fariam um trabalho melhor”.

Nos EUA, o número de mortes diárias por covid-19 ultrapassa as três mil, mais do que as registadas no ataque de 11 setembro de 2001, e, no total, quase 300 mil. Ao todo, e numa população de 330 milhões, há 17 milhões de infetados, sendo o país mais afetado pela pandemia. “Temos de fazer melhor”, argumentou Gates.

Questionado sobre se aceitará tomar a vacina para a covid-19, já que nos EUA há uma forte contestação por parte de movimentos antivacinas, Bill Gates disse que não só a tomará como o irá fazer publicamente, como já o declararam os ex-presidentes Bill Clinton, George Bush e Barack Obama, para aumentar a confiança das pessoas.

Defendeu ainda que os critérios sobre quem deve ter acesso ou não à vacina devem ser definidos pelas necessidades médicas e não pela riqueza. Tanto nos EUA, como em outros países, nomeadamente o Brasil, onde a pandemia tem posto a descoberto as fragilidades sociais e aumentado as desigualdades entre classes.

Na entrevista Gates defendeu ainda que só a vacina não chega, reforçando assim que os “próximos quatro a seis meses exigem que os americanos façam o melhor”. “Sabemos que a situação um dia acaba, mas ninguém quer que aqueles que ama sejam os últimos a morrer por covid”.

A única solução “é evitar a transmissão da doença, é seguir as regras, usar máscara não tem qualquer desvantagem”. O cofundador da Microsoft, cuja fundação criada por ele e pela mulher, Belinda Gates, tem apoiado o financiamento da investigação para uma vacina ou medicamento para a doença, disse que se os casos continuarem a aumentar nos EUA “bares e restaurantes da maior parte do país terão de fechar“.

Em pleno período de transição entre uma administração republicana e democrata, Gates diz que “a nova administração está disposta a confiar nos especialistas e não em os atacar”. “Acho que vamos superar a situação de forma positiva. Estou satisfeito com as pessoas e com as prioridades que o presidente eleito, Joe Biden, e a sua equipa estão a definir para enfrentar o problema “, concluiu.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ministra da Coesão diz que Portugal vai precisar de imigrantes

A ministra da Coesão Territorial disse hoje que a perda de população é preocupante e que Portugal vai ter de trabalhar numa política de imigração muito ativa e acolhedora para fazer face aos investimentos previstos. "Estando …

Testes rápidos serão gratuitos até ao final de agosto

A comparticipação a 100% dos testes rápidos de antigénio (TRAg), que vigorava até final do mês, foi alargada até 31 de agosto, segundo uma portaria esta quinta-feira publicada em Diário da República. "Perante a atual situação …

Tiago Antunes acusa Rui Rio de usar Constituição como "moeda de troca" para agradar ao Chega

No podcast Política com Palavra do PS, o secretário de Estado adjunto do primeiro-ministro, Tiago Antunes, acusou Rui Rio de propor a revisão da Constituição e do sistema eleitoral como "moeda de troca" para o …

Pedro Nuno Santos quer receitas da rodovia a ajudar a financiar a ferrovia

Há dois anos, o ministro defendia a possível separação da REFER das Estradas de Portugal. Agora, volta atrás e quer que as receitas de rodovia ajudem a financiar a ferrovia. O Ministro das Infraestruturas e da …

A China está a construir 110 novos silos nucleares. Estados Unidos estão preocupados

Na segunda-feira, a Federação de Cientistas Americanos (FAS) publicou um relatório no qual denuncia a existência de um campo de instalações nucleares perto da cidade de Hami, na província chinesa de Xinjiang. Estarão a ser …

Inglaterra desconfinou totalmente. Então, porque estão os novos casos a descer?

O fim das restrições a 19 de Julho fez soar alarmes por toda a Europa sobre o possível aumento exponencial de casos. Na verdade, o número de novos casos tem vindo a descer e a …

Siza Vieira admite possibilidade de "alargar" funcionamento das atividades económicas

O ministro de Estado e da Economia disse que o Conselho de Ministros desta quinta-feira vai analisar "todas as medidas restritivas" atualmente em vigor e terá a possibilidade de "alargar" o funcionamento das atividades económicas. "Eu …

Relatório do Novo Banco. Centeno, Costa e Ramalho ficam mal na fotografia

A versão final do relatório do Novo Banco apontou mais responsabilidades a Mário Centeno e António Costa, visto estarem ambos no governo durante a venda. A tese do Banco de Portugal sobre as injecções de …

OE. PSD fecha a porta a negociações, mas socialistas preferem mantê-la aberta

Rio remete a posição do PSD para declarações de António Costa em que o primeiro-ministro admitiu a intenção de se demitir caso o Orçamento só seja aprovado com votos dos sociais-democratas. Já José Luís Carneiro, …

FC Porto empata com a Roma em jogo manchado por conflito entre jogadores

O FC Porto empatou hoje 1-1 com os italianos da Roma, treinados pelo português José Mourinho, em jogo de preparação para a próxima temporada, disputado no Estádio Municipal da Bela Vista, em Lagoa. A equipa italiana, …