BE diz que investimento nos serviços públicos não compensou “deterioração”

Luís Forra / Lusa

“Nos últimos quatro anos houve mais investimento nos serviços públicos, mas não o suficiente para compensar a deterioração dos anos anteriores e para lançar novos projetos”, disse Catarina Martins.

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) disse na terça-feira, em Aveiro, que o investimento do Governo PS nos serviços públicos não compensou a “deterioração” dos anos anteriores.

“Nos últimos quatro anos houve mais investimento nos serviços públicos, mas não o suficiente para compensar a deterioração dos anos anteriores e para lançar novos projetos”, disse Catarina Martins.

A coordenadora do BE falava perante uma plateia com cerca de 80 militantes em Aveiro, a quem deu a conhecer as propostas dos bloquistas para as áreas da educação e da saúde que vão fazer parte do programa eleitoral do partido.

Na sua intervenção, Catarina Martins disse que investir na escola pública e salvar o Serviço Nacional de Saúde (SNS) são “dois objetivos estratégicos” do Bloco na próxima legislatura, afirmando que se trata de um programa “ambicioso, porque está muito por fazer”, mas que é “exequível”.

“Todos os tostões que investimos no SNS, tudo o que investimos na escola pública fez este país mais forte, fez esta economia mais forte. A ideia de que podemos poupar na saúde e na educação para fazermos de conta que estamos a abater em défice é uma ideia errada, porque o que não for feito hoje na educação, o que não for feito hoje na saúde, vai voltar como uma dívida, como um défice muito maior de um País que não teve o desenvolvimento de que precisa”, alertou a dirigente.

O BE defende, entre outras medidas, o reforço do orçamento do SNS, com um plano plurianual de investimentos, uma separação entre o público e o privado e acabar com as Parcerias Público Privadas.

“A maior doença de que sofre a saúde em Portugal é a ideia de que quatro em cada dez euros do Orçamento devem servir para pagar ao grupo Melo ou à Luz Saúde”, disse Catarina Martins.

Na próxima legislatura “temos a obrigação de ter uma lei que diga que a gestão dos hospitais públicos é mesmo pública, acabar com a promiscuidade, garantir a exclusividade dos profissionais e a gratuitidade no acesso ao SNS”, acrescentou.

Na área da educação, Catarina Martins defendeu a abertura de um “enorme” processo de reflexão” para trazer a escola para o século XXI, considerando que a escola pública é “patriarcal, racista e discriminatória”.

“Precisamos de mudar muito a escola. Só quem não conhece a escola hoje em dia é que pode achar que está tudo bem. A escola está desatualizada face às necessidades de toda a comunidade. Temos de mudar o paradigma, a forma como olhamos para a escola”, sublinhou.

A coordenadora do BE alertou ainda que o descongelamento das carreiras dos professores é um problema que vai continuar “pendurado” para a próxima legislatura.

“Bem pode o PS e o PSD fazer de conta que o assunto está arrumado. Não está arrumado. A realidade vai obrigar a voltar a ele porque Portugal não pode ter um corpo docente que ainda por cima tem concursos para todo o território nacional, com umas regras nos Açores, outras na Madeira e outras no continente”, afirmou.

Na mesma sessão foi apresentada a lista do BE pelo distrito de Aveiro que volta a ser encabeçada por Moisés Ferreira.

O deputado, que chegou à Assembleia nesta legislatura, lembrou que há quatro anos “faltaram 100 votos” para os bloquistas conseguirem eleger o segundo deputado no distrito de Aveiro.

“Se o Bloco agora tiver esses 100 votos e muitos outros a somar a esses 100 terá mais força para fazer tudo aquilo que ainda temos de fazer no futuro”, disse Moisés Ferreira.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Portimonense 1-3 Sporting CP | Raphinha dá vida a visão de Bruno

O Sporting assumiu a liderança da Liga NOS, ao arrancar uma vitória por 3-1 no terreno do Portimonense. Raphinha foi o herói da partida ao apontar dois golos. Num jogo que teve um arranque louco, com …

Psicólogos revelam o que pensam as outras pessoas das suas selfies

Uma experiência com centenas de utilizadores do Instagram descobriu que aqueles que publicam muitas selfies são vistos como menos amigáveis, bem-sucedidos, extrovertidos e também mais inseguros. "Mesmo quando dois feeds têm conteúdo semelhante, como conquistas ou …

Descoberta em Alenquer uma das maiores muralhas do país do Calcolítico

Arqueólogos portugueses e espanhóis descobriram em Alenquer uma muralha monumental, uma das maiores do país do período Calcolítico, com quatro a cinco mil anos, após terem realizado este mês as primeiras escavações. A uma altitude de …

Minas americanas continuam inseguras apesar de multas de mil milhões de dólares

O veredito é dado pela sistema federal que multa as empresas mineiras: nem os mais de mil milhões de dólares em multas se revelaram suficientes para desencorajar as práticas inseguras do setor. Esta foi a conclusão …

Ainda há esperança. Corais do Atlântico reproduziram-se pela primeira vez em laboratório

Este é um avanço histórico que poderia ajudar a salvar corais em todo o mundo, incluindo o ameaçado recife da Flórida, nos Estados Unidos. O Aquário da Flórida, nos Estados Unidos, conseguiu que o coral Dendrogyra …

Cientistas descobrem a melhor maneira de ensinar uma nova língua a crianças

As pessoas muitas vezes assumem que as crianças aprendem novas línguas facilmente e sem esforço, independentemente da situação em que se encontram. Mas será verdade que as crianças absorvem linguagem como esponjas? Estudos mostraram que as …

Cientistas descobrem que as mantas gostam de socializar e de fazer amigos

Embora já tenham sido consideradas criaturas solitárias, um novo estudo descobriu que as mantas formam relações sociais e escolhem parceiros sociais. De acordo com o IFLScience, uma equipa de cientistas estudou mais de 500 grupos sociais …

Planta que não se reproduzia há 60 milhões de anos no Reino Unido revivida pelas alterações climáticas

Há 60 milhões de anos que as cicas não se reproduziam no Reino Unido. Agora, com a subida das temperaturas devido às alterações climáticas, fizeram-no pela primeira vez. As cicas são plantas lenhosas muito parecidas com …

Líderes políticos e religiosos ultraconservadores reunidos secretamente em Fátima

A reunião foi promovida pela International Catholic Legislators Network (ICLN). O encontro começou na quinta e termina este domingo. Entre muitos, conta com a participação do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán. Vários líderes políticos e religiosos ultraconservadores …

Rio alerta para "divórcio violento" e medo de Costa em perder votos para o BE

O líder do PSD, Rui Rio, disse este sábado que as críticas de António Costa ao Bloco de Esquerda refletem "ingratidão" e o "medo" que o Partido Socialista tem em "perder" votos para os bloquistas …