BE diz que investimento nos serviços públicos não compensou “deterioração”

Luís Forra / Lusa

“Nos últimos quatro anos houve mais investimento nos serviços públicos, mas não o suficiente para compensar a deterioração dos anos anteriores e para lançar novos projetos”, disse Catarina Martins.

A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) disse na terça-feira, em Aveiro, que o investimento do Governo PS nos serviços públicos não compensou a “deterioração” dos anos anteriores.

“Nos últimos quatro anos houve mais investimento nos serviços públicos, mas não o suficiente para compensar a deterioração dos anos anteriores e para lançar novos projetos”, disse Catarina Martins.

A coordenadora do BE falava perante uma plateia com cerca de 80 militantes em Aveiro, a quem deu a conhecer as propostas dos bloquistas para as áreas da educação e da saúde que vão fazer parte do programa eleitoral do partido.

Na sua intervenção, Catarina Martins disse que investir na escola pública e salvar o Serviço Nacional de Saúde (SNS) são “dois objetivos estratégicos” do Bloco na próxima legislatura, afirmando que se trata de um programa “ambicioso, porque está muito por fazer”, mas que é “exequível”.

“Todos os tostões que investimos no SNS, tudo o que investimos na escola pública fez este país mais forte, fez esta economia mais forte. A ideia de que podemos poupar na saúde e na educação para fazermos de conta que estamos a abater em défice é uma ideia errada, porque o que não for feito hoje na educação, o que não for feito hoje na saúde, vai voltar como uma dívida, como um défice muito maior de um País que não teve o desenvolvimento de que precisa”, alertou a dirigente.

O BE defende, entre outras medidas, o reforço do orçamento do SNS, com um plano plurianual de investimentos, uma separação entre o público e o privado e acabar com as Parcerias Público Privadas.

“A maior doença de que sofre a saúde em Portugal é a ideia de que quatro em cada dez euros do Orçamento devem servir para pagar ao grupo Melo ou à Luz Saúde”, disse Catarina Martins.

Na próxima legislatura “temos a obrigação de ter uma lei que diga que a gestão dos hospitais públicos é mesmo pública, acabar com a promiscuidade, garantir a exclusividade dos profissionais e a gratuitidade no acesso ao SNS”, acrescentou.

Na área da educação, Catarina Martins defendeu a abertura de um “enorme” processo de reflexão” para trazer a escola para o século XXI, considerando que a escola pública é “patriarcal, racista e discriminatória”.

“Precisamos de mudar muito a escola. Só quem não conhece a escola hoje em dia é que pode achar que está tudo bem. A escola está desatualizada face às necessidades de toda a comunidade. Temos de mudar o paradigma, a forma como olhamos para a escola”, sublinhou.

A coordenadora do BE alertou ainda que o descongelamento das carreiras dos professores é um problema que vai continuar “pendurado” para a próxima legislatura.

“Bem pode o PS e o PSD fazer de conta que o assunto está arrumado. Não está arrumado. A realidade vai obrigar a voltar a ele porque Portugal não pode ter um corpo docente que ainda por cima tem concursos para todo o território nacional, com umas regras nos Açores, outras na Madeira e outras no continente”, afirmou.

Na mesma sessão foi apresentada a lista do BE pelo distrito de Aveiro que volta a ser encabeçada por Moisés Ferreira.

O deputado, que chegou à Assembleia nesta legislatura, lembrou que há quatro anos “faltaram 100 votos” para os bloquistas conseguirem eleger o segundo deputado no distrito de Aveiro.

“Se o Bloco agora tiver esses 100 votos e muitos outros a somar a esses 100 terá mais força para fazer tudo aquilo que ainda temos de fazer no futuro”, disse Moisés Ferreira.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Famalicão 1-5 Benfica | "Águia" faminta com nota artística

Após a desilusão de Salónica, que ditou um adeus precoce dos milhões da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica goleou na noite desta sexta-feira o Famalicão por 5-1, numa espécie de redenção. Neste …

O anonimato de Banksy teve um custo. Perdeu os direitos sobre uma das suas obras mais icónicas

O famoso artista de rua britânico Banksy perdeu uma longa batalha judicial pelos direitos autorais da obra "The Flower Thrower", contra a Full Colour Black, empresa que produz postais de felicitações. Banksy, o misterioso artista que, …

Reino Unido e Espanha aumentam restrições. Itália e Alemanha com quase dois mil casos

Madrid restringe movimentos de 850 mil pessoas, Itália regista um aumento dos casos de infeção nas últimas 24 horas, britânicos enfrentam novas restrições no país e Alemanha com dois mil novos casos de covid-19. A região …

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …

Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recupera, avisa neurologista

Um neurologista ouvido num documentário da RMC Sport diz que o ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recuperará. Já passaram quase sete anos desde que Michael Schumacher sofreu um acidente …

Processos com acórdãos a meias entre Rangel e Galante estão em risco

Durante dez anos, centenas de acórdãos do Tribunal da Relação de Lisboa foram feitos a meias entre Rui Rangel e Fátima Galante. Agora, esses processos estão em risco. A Procuradoria-Geral da República anunciou esta sexta-feira a …

Espanha. Jovem é esfaqueado após alertar para o uso de máscara

Três homens foram detidos em Madrid sob suspeita de terem esfaqueado um jovem que chamou a atenção de um deles por não usar máscara no interior de uma mercearia. Espanha é dos países do mundo mais …

Dez apostas que podem despontar o seu talento na Liga NOS

Nos últimos anos, dificilmente se encontra um mercado de Verão tão interessante como este. Contra todas as expectativas, dado que a pandemia trouxe alguma incerteza, os clubes portugueses têm investido mais e melhor, desde o …

Mulher morre devido a um ataque de ransomware a um hospital na Alemanha

Uma mulher morreu esta semana devido a um ataque de ransomware direcionado ao sistema operativo de um hospital em Duesseldorf, na Alemanha. Segundo as autoridades alemãs, a mulher precisava de cuidados médicos urgentes e foi encaminhada …