Bastonário quer fim do tratamento dos médicos por “doutor”

Miguel Guimarães / Facebook

Miguel Guimarães, o novo bastonário da Ordem dos Médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos afirma que os clínicos deixaram, de uma forma geral, de acreditar no ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes, que “já ultrapassou a linha vermelha” e propõe o fim do tratamento dos médicos por “doutor”.

O bastonário da Ordem dos médicos, Miguel Guimarães, quer que os médicos deixem de ser chamados de “doutores” e prepara-se para avançar com a proposta no Conselho Nacional Executivo da Ordem dos Médicos.

Há tantos licenciados. Toda a gente é doutor. Gostava de uma designação nova. Doutor é um título que corresponde a uma licenciatura ou a um mestrado. Estas nomenclaturas já estarão ultrapassadas”, diz Miguel Guimarães.

De acordo com o Público, Miguel Guimarães que ainda não pensou numa designação alternativa. A ideia surge depois de ter sido aprovada uma licenciatura em medicina tradicional chinesa, “a cereja no topo do bolo da nossa indignação“, refere o bastonário da Ordem dos Médicos.

“Os médicos já não acreditam no ministro da Saúde”

“Os médicos já não acreditam no ministro da Saúde. E os médicos representam muito mais do que o bastonário. O ministro ultrapassou a linha vermelha, não só com os concursos para os recém-especialistas, mas com a medicina tradicional chinesa”, afirma o bastonário  em declarações à Lusa.

Sobre a relação institucional entre a Ordem dos Médicos e o ministro da Saúde, o bastonário afirma que irá ser “difícil, muito difícil”, já que “neste momento, não tenho razões para acreditar no ministro da Saúde”.

Miguel Guimarães recorda que o ministro Adalberto Campos Fernandes anunciou que os concursos para os médicos recém-especialistas hospitalares, que acabaram a especialidade há largos meses, iam abrir “dentro de dias”, sem que tal se tenha verificado. “Já lá vai quase um ano”, comentou o bastonário.

Esta quinta-feira, elementos da Ordem dos Médicos acompanharão ao Parlamento um grupo de recém-especialistas da área hospitalar, para entregar uma carta a contestar o facto de 700 profissionais estarem há largos meses à espera da abertura de concurso.

Este atraso na abertura dos concursos para os 710 médicos especialistas que concluíram o internato há cerca de 10 meses é, para Miguel Guimarães, uma “vergonha e um drama nacional”.

Além da questão dos concursos, o representante dos médicos alude à publicação da portaria que valida a criação de ciclos de estudo que conferem o grau de licenciado em medicina tradicional chinesa. A portaria recebeu a contestação imediata da Ordem dos Médicos, que acusou o Governo de ameaçar a saúde dos portugueses validando cientificamente práticas tradicionais chinesas através de uma licenciatura.

A Ordem admite, por isso, avançar para “formas inéditas” de mostrar o descontentamento dos médicos, mas ainda não explicou de que forma o fará.

 

ZAP // Lusa

PARTILHAR

22 COMENTÁRIOS

  1. este bastonário devia preocupar-se em colocar medicos onde nao existem (interior do país) e nao estar preocupado com estas ninharias de o doente chamar ao medico de doutor.
    ponha os medicos a praticar o juramento de Hipócrates (“A vida que professar será para benefício dos doentes e para o meu próprio bem, nunca para prejuízo deles ou com malévolos propósitos”), nao é so nas grandes cidade que existem doentes.

    • É isso Zé. Alguns destes cagões estão agora preocupados com o titulo. Mas no fundo têm alguma razão, porque já não há cão nem gato neste país que não exija ser tratado por doutor.

  2. Pois, arranjar um substituto para doutor… e eu a pensar que finalmente iam acabar com o anacronismo e com o sinal de um povo socialmente atrasado que é o tratamento com base em títulos académicos e outros similares.
    O que devia acontecer era acabar, pura e simplesmente, com o doutor e outros que tais, não substituí-los.
    Mas se querem arranjar substituto, então senhor e senhora penso que são os mais indicados, além de serem conhecidos de todos os portugueses e utilizados por estes há já muito tempo.
    No que me toca, eu já acabei há muito com esses títulos ridículos (bem vistas as coisas, nunca os utilizei), quer para mim próprio, quer para os outros
    No mínimo, acho que na função pública e em contextos similares devia ser proibido o uso de títulos.

      • Pois, e vai concretizar, indicando todos os erros que encontrou, ou será que é só mais um dos frustrados que por aqui vão vomitando umas palavras?

        • Ó Pois, não percas tempo com essa criatura, que comprovadamente não percebe nada de pontuação, para ter dado um erro numa frase tão curta. Além do mais nem o seu próprio nome sabe escrever, pois escreveu Trolha quando deveria escrever Trol.

          • Caro Analfabruto.
            Quem demonstrou, claramente, não fazer puto ideia onde colocar as vírgulas foi o caro amigo. Uma vírgula ante do que??!!!! Não queria antes colocar antes e depois do comprovadamente? Leia um pouco mais a gramática portuguesa e depois volte… já com outro acaboiço aqui para a discussão.

            • Ó Trolha, de facto não quero, que seria um erro clamoroso.
              A vírgula antes do “que” faz todo o sentido, pois o “que” inicia uma oração relativa explicativa e não uma oração relativa restritiva (que era o que aconteceria sem a vírgula).
              Aprende, ó ignorante, que esta lição foi de borla!

            • Eu já aprendi!
              O Trolha = Trol, que é um profundo analfabruto, pensa que ensinou alguma coisa ao Trolha. Mas este continua a só saber assentar tijolo. É mais ou menos isto, não é?

  3. ah bom… não vamos acabar com os titulos, vamos apenas “arranjar mais um” ihihihihih ! Este tipo de certeza que não é do BE ou feminista ?

  4. Na OMS (e Nacoes Unidas e agencias da ONU em geral) medicos sao os unicos doutores. Todos os outros licenciados sao Mr. Os engenheiros sao Engineer e em Frances os Advogados sao Maitre. Somente QUEM fez Doutorado (a pos graduacao) tambem eh chamado de doutor. Pode ter estudo superior,mas a nivel de Licenciatura e Mestrado eh tao somente Mr. E assim eh que deveria ser em todo o Mundo. Doutor somente para quem cursou Medicina.

    • Correção:
      Um licenciado é Dr.
      Um doutorado é Doutor (e doutoramento, em Portugal, não é uma pós-graduação, é um curso de 3º ciclo com a duração mínima de 4 anos).
      Um doutorado que leciona é Professor Doutor.
      Atualmente, há já uma tendência nas instituições de ensino para rotular Lic. aos licenciados.
      No entanto, os alunos chamam professor a todos, quer sejam licenciados, Mestres ou Doutores e ninguém se sente ofendido.
      Estas designações enquadram-se e fazem sentido nas instituições de ensino ou nas empresas, em contexto profissional. Obviamente que, quando vai à mercearia, um Professor Doutor é apenas um consumidor. Como tal deve ser chamado Sr.
      Um médico é um licenciado em Medicina, que normalmente prossegue os estudos com o internato geral mas raramente faz o doutoramento. Neste caso, tem o grau de Especialista. Será que o Bastonário quer que seja chamado Esp.?

  5. Se um professor é professor, enfermeiro é enfermeiro, cozinheiro é cozinheiro, trolha é trolha, advogado é advogado, engenheiro é engenheiro…
    Porque é que médico não é… médico!?
    Porque é que vivemos num país onde parece existir uma necessidade de títulos? As pessoas têm um nome desde a sua nascença, é tão mais fácil e mais simples chamar as pessoas pelos… seus nomes, não?

  6. porquê somente para quem cursou medicina?!!!para isso acabem com os titulos honoríficos para toda a gente. O que acho piada é que ninguém quer ser chamado de Dr. na teoria, mas na na hora da verdade quem é licenciado fica chateado se não é chamado de Dr. DEIXEM-SE DE HPOCRISIAS. Sófala assim quem não tem
    curso superior.Claro que há raras excepções!!

  7. Basta ver as entrevistas na TV com doutores ou engenheiros e se por acaso não for vista de início corre-se o risco de não saber o nome da pessoa mas saber apenas que é doutor ou engenheiro, isto acontece por um lado por vaidade acompanhada de uma certa mesquinhez nacional.

  8. Completamente de acordo e há países em que dizer-se ou assinar como Dr. ou Doutor sendo somente Licenciado, entra em delito de Direito Penal e não de Direito Civil. Mas em Portugal a diferença do Dr. para Doutor, já vem dos maus hábitos adquiridos e aceites pela sociedade e instituições ao longo do tempo, espelho de uma sociedade bastante permissiva, resultado de entre muitas outras coisas também dos 40 anos de isolamento no período da ditadura e da necessidade de sermos um pouco mais que os outros e aparentarmos uma melhor posição social. E é necessário? Não havendo frustração, não há necessidade de aparências. Entretanto não esquecer também que não acontece por mal quando os pais dizem dos seus filhos serem doutores. Fazem-no por desconhecimento. A alegria e a felicidade supera tudo o demais e dessa forma vai-se moldando os caminhos do povo, mesmo que venham a traduzir-se futuramente em injustiças.

  9. Cretino. Cr.
    Este homem anda mal devia ir ao médico . Internamento psiquiátrico talvez assim podes se ver o que realmente é importante na saúde e na medicina

  10. Calma aí, essa dos barões e das altezas, já temos bués na Assembleia da Republica, no governo e por aí à volta dessas coisas todas.

  11. Eles não são Doutores são DR , Doutor é apenas aqueles que tem o Doutoramento, eles mereciam ser chamados por Sr Médico como eles chamam de Sr Enfermeiros ou sr Técnico, que ridículo, deviam se preocupar em saber o que fazem para não haver tantos erros que custam vidas isso sim.

RESPONDER

Felipe VI designa Sánchez como candidato a formar o próximo Governo

O Rei de Espanha designou, esta quarta-feira, em Madrid, o secretário-geral do PSOE e primeiro-ministro em funções como candidato a chefe do próximo Governo, anunciou a presidente do Parlamento. "Sua majestade o Rei [...] comunicou-me a …

No Porto, há um painel publicitário que recicla tanto ar como 230 árvores

O painel publicitário da Volvo, instalado na fachada de um prédio entre a Avenida da Boavista e a Rua 5 de Outubro, no Porto, é mais do que publicidade. A tela ajuda a reciclar o …

Governo recua e deixa cair proposta sobre perda de férias em caso de baixa prolongada

O Governo recuou e deixou cair a proposta apresentada aos sindicatos que previa que os funcionários públicos mais antigos que estivessem de baixa prolongada perdessem dias de férias, disse esta quarta-feira o líder da Fesap, …

Marta Temido recusa ser "refém" de Centeno e anuncia maior concentração de Urgências até ao verão de 2020

"Eu nunca me senti refém [de Mário Centeno]. Tenho alguma dificuldade nessa leitura. Este reforço de meios também permitirá injetar mais confiança no sistema e criar respostas. Mas não considero que tenho estado refém do …

IVA da luz. Proposta do Governo foi afastada há um ano porque "não tinha enquadramento legal"

Em 2018, o Bloco de Esquerda apresentou a proposta da taxa reduzida do IVA da luz para um primeiro escalão de consumo. O Governo não fez o pedido a Bruxelas - como fez agora -, …

Nenhum dos treinadores do FC Porto ou Belenenses relatou agressões à PSP

Nem Sérgio Conceição nem Pedro Ribeiro mencionaram uma eventual agressão nas suas declarações à polícia. O treinador portista deverá ser ilibado de qualquer acusação. No domingo, os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e …

Estado não cumpre os requisitos mínimos que criou para os cuidados paliativos

A maioria das equipas de cuidados paliativos do SNS não tem cumprido os requisitos mínimos definidos pelo próprio Estado. Há uma grave falta de profissionais nesta área. Os cuidados paliativos em Portugal têm vindo a regredir …

Rússia diz que pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos

Na sequência da exclusão por quatro anos, anunciada na segunda-feira, a presidente do Parlamento russo sugeriu que o país pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos. A presidente do Parlamento russo, Valentina Matviyenko, afirmou que o …

Israel vai voltar às urnas. É a terceira eleição consecutiva em menos de um ano

Israel vai ter o terceiro ato eleitoral consecutivo em menos de um ano, estancado num bloqueio político e com um primeiro-ministro acusado de corrupção. Ao terminar à meia-noite de quarta-feira o prazo do Parlamento para eleger …

Benfica é cabeça-de-série no sorteio da Liga Europa

O Benfica será cabeça-de-série no sorteio dos 16-avos-de-final da Liga Europa, que está agendado para a próxima segunda-feira. Depois da vitória por 3-0 sobre o Zenit, que garantiu ao Benfica o apuramento para a Liga Europa, …