Barclays e Deutsche Bank acusados de más práticas nos EUA

spiegelneuronen / Flickr

-

Os bancos Barclays e Deutsche Bank são acusados de vender um produto financeiro complexo que permitiu a fundos de investimento especulativo fugir ao fisco e assumir posições arriscadas nos mercados, segundo um relatório do Congresso dos EUA, divulgado esta terça-feira.

As perdas fiscais para os EUA ascenderam a vários milhares de milhões de dólares, estimou o relatório dos senadores John McCain, republicano, e Carl Levin, democrata.

No cento do inquérito estão “cabazes de opções”, produtos financeiros indexados a um conjunto de valores, como ações ou matérias-primas, que o britânico Barclays e o alemão Deutsche Bank venderam a uma dúzia de fundos especulativos entre 1008 e 2013, alimentando operações que atingiram os 100 mil milhões de dólares (74 mil milhões de euros).

Através de uma manobra contabilística, os dois bancos criaram a “ficção” que detinham os ativos comercializados, quando na realidade eram comprados e vendidos pelos próprios fundos.

O interesse para estes estava em fazer crer que tinham conservado estes ativos mais de um ano e que o produto da sua venda devia, assim, ser considerado como ganhos de capitais de longo prazo, que são taxados em 20%.

De facto, garante o documento, os fundos vendiam e compravam estes ativos no curso prazo, não os detendo, por vezes, mais do durante “alguns segundos”. Os lucros destas operações deveriam desta forma ser considerados como ganhos de curto prazo, que são taxados a 39%.

Um vasto jogo de falsidade

Além do seu interesse fiscal, esta manobra permitia ainda aos fundos dissimular o seu nível de endividamento e escapar assim às regras sobre o rácio entre dívida e capital destinadas a “reduzir as posições de risco” assumidas no mercado, acrescentou-se no documento.

Entretanto, a venda e a gestão destes produtos financeiros complexos proporcionou “várias centenas de milhões de dólares” aos dois bancos que os comercializaram, ainda segundo o texto de McCain e Levin.

“Estes bancos e estes fundos especulativos usaram produtos financeiros duvidosos num vasto jogo de falsidade, que custaram milhares de milhões ao Tesouro e contornaram as regras que protegem a economia dos créditos bancários excessivos destinados à especulação”, denunciou o senador democrata.

“Os americanos estão cansados de ver que as grandes instituições financeiras seguem as suas próprias regras quando se trata de pagarem os seus impostos”, reforçou McCain.

Por seu turno, o Deutsche Bank garantiu que os produtos em causa estavam “em total conformidade” com a regulamentação em vigor e que os deixou de comercializar “em 2010”.

Por outro lado, o banco da Reserva Federal (Fed) em Nova Iorque criticou recentemente, de forma dura, algumas filiais do banco alemão nos EUA, considerando os seus relatórios financeiros “inexatos e não fiáveis”, escreveu hoje o Wall Street Journal na sua edição eletrónica.

“A dimensão e a profundidade dos seus erros sugerem fortemente que o conjunto da estrutura americana de comunicação financeira e de regulação da empresa necessita de medidas corretivas de grande amplitude”, escreveu em dezembro um responsável da Fed em Nova Iorque, segundo uma mensagem de correio eletrónico, citada pelo diário.

Contatada pela AGP, o ramo norte-americano do Deutsche Bank não reagiu.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Ljubomir Stanisic rescindiu contrato “de forma unilateral” com a TVI

A caminho da SIC, o apresentador rescindiu o contrato com a estação de Queluz, avança a TVI. Ljubomir Stanisic tinha contrato até dezembro de 2020. “O Chef Ljubomir Stanisic rescindiu hoje [esta sexta-feira], unilateralmente, o contrato …

Netflix tem uma nova funcionalidade. Os cegos e os surdos agradecem

A nova funcionalidade da Netflix permite alterar a velocidade de reprodução dos seus filmes e séries. Esta é uma novidade bem recebida por espetadores cegos e surdos. A Netflix tem uma nova funcionalidade que permite que …

Cientistas transformam tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade

Uma equipa de investigadores descobriu como converter o pigmento vermelho dos tijolos num plástico condutor de eletricidade. Esse processo permitiu transformar os tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade. Esses supercapacitores de tijolo podem ser …

Primeiro Museu do Godzilla abre no Japão (e os visitantes podem entrar na boca do monstro)

O primeiro Museu do Godzilla do mundo está agora aberto no Japão e tem uma estátua enorme do icónico monstro, em cuja boca se pode entrar de slide. De acordo com a Newsweek, atualmente, os visitantes …

Hubble faz a primeira observação de um eclipse lunar total

Tirando vantagem de um eclipse lunar total, astrónomos usaram o Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA para detetar ozono na atmosfera da Terra. Este método serve como um substituto de como vão observar planetas semelhantes à Terra …

Biden tem 71% de probabilidade de vencer as eleições contra Trump

Joe Biden, candidato democrata à Casa Branca, tem 71% de probabilidade de vencer as eleições presidenciais norte-americanas frente a Donald Trump, o atual Presidente dos Estados Unidos, aponta uma nova sondagem. A pesquisa de opinião, levada …

Barcelona 2-8 Bayern | Atropelamento histórico na Champions

Noite histórica no Estádio da Luz. Em jogo dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o Bayern goleou o Barcelona por impensáveis 8-2 – com 4-1 em cada uma das metades. Um resultado que se tornou …

Depois das sementes, norte-americanos recebem máscaras, óculos de sol e até meias sujas da China

Vários residentes da Flórida, nos Estados Unidos, receberam pacotes misteriosos da China pelo correio que não tinham encomendado. Desta vez não eram sementes, mas sim máscaras cirúrgicas, óculos de sol e até meias sujas. Em declarações …

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …