Um Big Brother secreto está a vigiar Baltimore a partir do ar

Bloomberg

Imagens recolhidas pelo sistema de vigilância aérea de Baltimore

Imagens recolhidas pelo sistema de vigilância aérea de Baltimore

A cidade norte-americana de Baltimore está a testar desde janeiro um sistema de vigilância aérea que transmite às autoridades imagens em tempo real para ajudar a combater a criminalidade.

De acordo com a Bloomberg, o dispositivo tem estado em funcionamento desde o início do ano em Baltimore, mas a polícia manteve o projeto em segredo – nem mesmo o Presidente da Câmara tinha conhecimento deste Big Brother, de acordo com o Guardian.

O sistema foi criado pela Persistent Surveillance Systems, com base em tecnologia desenvolvida para cenários militares.

O método consiste num avião com um módulo de múltiplas câmaras que registam imagens de alta resolução de toda a cidade, permitindo facilmente seguir o movimento de veículos e pessoas, o que já permitiu apanhar vários criminosos.

A resolução das imagens não permite identificar pessoas, apenas seguir as suas movimentações, algo que tem que ser feito de forma manual.

As imagens ficam armazenadas durante 45 dias, caso não sejam utilizadas para nenhuma investigação, e podem ser acedidas apenas pelos analistas da Persistent Surveillance Systems, que comunicam as suas conclusões a “investigadores, procuradores, advogados de defesa e magistrados”.

Todos os que têm acesso a estas imagens têm os seus passos guardados – “cada movimento do teclado e cada coordenada à qual fizeram zoom para espreitar mais de perto” -, e fazem-no, regra geral, quando existem alertas por parte da polícia ou com base em algoritmos.

O sistema levanta as óbvias questões de privacidade, mas também traz à baila protestos sobre tratamento diferenciado da polícia, em especial em caso de abusos.

Os entrevistados da Bloomberg recordam que as imagens das câmaras de vigilância nos edifícios da cidade não têm sido suficientes para esclarecer situações de abuso por parte da polícia, como o caso de Freddie Gray, que em abril de 2015 morreu durante o transporte numa carrinha da polícia.

No caso, que foi concluído há poucas semanas com a absolvição dos agentes envolvidos, o polícia terá conduzido a carrinha de forma brusca e violenta, deixando o detido com o pescoço partido – algo que poderia ter sido confirmado com a ajuda de um sistema deste género.

AF, ZAP / Os Velhotes dos Marretas

PARTILHAR

RESPONDER

Jornal Económico e A Bola avançam para regime de lay-off

O Jornal Económico e o desportivo A Bola vão avançar para o regime de lay-off devido a quebras significativas nas vendas e publicidade desencadeadas pela pandemia de covid-19, que já fez mais de 300 vítimas …

Moratória nos créditos à habitação não suspende Seguros (e pode ter que os pagar durante mais tempo)

A suspensão dos pagamentos dos empréstimos do Crédito à Habitação, por parte dos clientes bancários que queiram aderir à moratória aprovada pelo Governo, pode não travar os pagamentos dos Seguros de Vida e Multi-riscos que …

Espanha poderá ser o primeiro país na Europa a avançar com rendimento básico universal

A ministra da Economia espanhola assegurou, este domingo, que o Governo está a trabalhar para aplicar o rendimento básico universal, embora não tenha dado ainda uma data concreta. Em declarações ao canal televisivo laSexta, a ministra …

Presidente revela que não está imune e é contra "descompressão" de medidas em abril

O Presidente da República revelou numa entrevista esta terça-feira divulgada pela Antena 1 que já fez um dos novos testes sorológicos para detetar a presença de anticorpos para o novo coronavírus e não está imunizado. "Depois …

Ministros das finanças procuram entendimento. Itália ameaça consenso de Centeno

Os ministros das Finanças da zona euro voltam a reunir-se esta terça-feira, por videoconferência, com a responsabilidade de chegarem a um compromisso sobre uma resposta comum para minimizar os efeitos da pandemia covid-19, precisando para …

Empresas estão a cobrar às farmácias 150 euros por caixa de máscaras

Empresas, muitas das quais nem sequer são do ramo farmacêutico, estão a cobrar às farmácias 150 euros por uma caixa de máscaras. Antes, eram vendidas por cinco euros. A pandemia de covid-19 levou a que a …

Governo alarga apoios a sócios-gerentes sem trabalhadores

O Governo enviou esta segunda-feira para promulgação pelo Presidente da República um decreto com alterações ao regime de apoio extraordinário dos trabalhadores independentes, estendendo agora os benefícios aos sócios-gerentes sem trabalhadores por conta de outrem. Este …

"Futebol precisa de dar e sofrer porque pode." Anúncio de lay-off do Liverpool gera críticas e um pedido de desculpas

O Liverpool anunciou que ia avançar com um mecanismo do Governo britânico semelhante ao lay-off que está a ser usado em Portugal, para receber apoios para pagar aos funcionários do clube que não são jogadores, …

"Semana D" na Educação. Alunos do 12.º com prioridade no regresso às aulas

O Ministério da Educação, liderado por Tiago Brandão Rodrigues, reúne-se esta terça-feira com os vários representantes da comunidade escolar para discutir como será o 3.º período de aulas numa época de contenção do novo coronavírus. Esta …

Benfica, Sporting e FC Porto querem cortar salários em 50%

Os 'três grandes' do futebol português querem cortar a folha salarial dos jogadores em 50%. Em causa está o controlo dos danos financeiros da pandemia de covid-19. Benfica, Sporting e FC Porto querem reduzir os salários …