Aviso da PGR compromete investigação às suspeitas de corrupção no Benfica

Estela Silva / Lusa

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira

A investigação ao alegado esquema de corrupção de árbitros em favorecimento do Benfica pode ter ficado comprometida, depois de a Procuradoria-Geral da República ter anunciado a abertura do inquérito, antes de proceder a buscas.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) anunciou que vai instaurar um inquérito à denúncia anónima de que, durante a época 2013/2014, se verificou um “esquema de corrupção de árbitros” a favor do Benfica.

O assunto foi abordado publicamente pelo director de comunicação do FC Porto, Francisco Marques, num programa do Porto Canal, onde leu emails que terão sido trocados entre o director de conteúdos da Benfica TV, Pedro Guerra, e o ex-árbitro Adão Mendes, denunciando um alegado favorecimento das arbitragens ao clube da Luz.

Com o anúncio da abertura do inquérito, a Procuradoria-Geral da República acabou por avisar os eventuais envolvidos, “em vez de avançar em segredo com buscas urgentes”, aponta o Correio da Manhã.

O jornal ouviu fontes judiciais que se manifestam “incrédulas” com a actuação da PGR, considerando que se aniquilou “voluntariamente” o chamado “efeito surpresa”, que é essencial no arranque de qualquer investigação criminal.

“Ao contrário do que ditam as “boas práticas” de investigação criminal quando os alvos estão alertados, não foi feita, nomeadamente, qualquer busca com carácter de urgência para, por exemplo, apreender os computadores com os quais possam ter sido trocados os tais emails comprometedores”, acrescenta o CM.

Deste modo, e uma vez que o caso terá sido despoletado por uma “denúncia anónima recebida na plataforma do DCIAP”, conforme sustenta a PGR, muito dificilmente será possível encontrar provas da alegada corrupção, sendo certo que a mera cópia dos emails suspeitos não é indício suficiente.

Enquanto isso, o FC Porto garante que tem “mais material” que compromete o Benfica, conforme declarações de Francisco Marques na TSF.

“O FC Porto vai fazer chegar estas coisas às autoridades desportivas e não desportivas. Vai fazê-lo no momento em que entender fazê-lo e quando estiver reunida toda a informação que estamos a reunir”, destaca o director de comunicação dos dragões.

Entretanto, Pedro Guerra, que é visado nos emails sob suspeita, vai reagir à polémica numa edição especial do programa “Prolongamento”, na TVI24, no domingo à noite.

No domínio desportivo, o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol também já anunciou a abertura de um inquérito.

3 COMENTÁRIOS

  1. Francisco Marques não lhe chega o estado em que se encontra o FCP? sabe que você também irá depor na justiça sobre onde e como conseguiu emails de funcionários do Benfica, pirataria informática para roubar informação privada é crime, espero que o Benfica o leve á justiça e o façam pagar pelas falsas calúnias

RESPONDER

O secretário geral da NATO, Jean Stoltenberg

Ciberataque poderá desencadear mecanismo de defesa mútua da NATO

O secretário geral da NATO, Jean Stoltenberg, lembrou esta quarta-feira que um ciberataque pode ser objeto de aplicação do artigo 5 do tratado da NATO e que se está a estabelecer o âmbito "ciber como …

"A Fila" da série de quadros The Vulnerability Series

Artista sírio pinta líderes mundiais como refugiados

E se os grandes líderes mundiais fossem, na verdade, refugiados? Foi assim que o artista sírio Abdalla All Omari os imaginou e mostrou ao mundo. "The Vulnerability Series" é o nome do projeto criado por Abdalla Al …

-

Polícias realizam manifestação nacional contra falta de respostas do Governo

Os polícias realizam esta quarta-feira, em Lisboa, uma manifestação nacional para protestar contra a falta de respostas do Governo às principais reivindicações e demonstrarem indignação pela forma como estão a ser tratados. A manifestação, que vai …

Salvador Sobral atua no Festival Confluências, no Marco de Canaveses

Salvador Sobral pede desculpa por comentário "inoportuno"

O cantor pediu desculpa pelo comentário "inoportuno" que fez, esta terça-feira, durante a atuação no evento solidário "Juntos por Todos", no MEO Arena, em Lisboa, para reforçar o apoio às populações afetadas pelos incêndios. Salvador Sobral …

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo Rebelo de Sousa faz sucesso no Facebook dos The Doors

Marcelo Rebelo de Sousa é uma inusitada "estrela" na página oficial da banda The Doors no Facebook. O Presidente de Portugal destaca-se numa imagem que está a fazer sucesso na rede social. "O Presidente de Portugal, …

A Ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa

Governo defende SIRESP e culpa PSP e Protecção Civil pela tragédia de Pedrógão Grande

O Governo critica a PSP e a Protecção Civil. A Protecção Civil e os bombeiros falam em falhas no SIRESP. Mas ninguém assume culpas pela tragédia em Pedrógão Grande, onde morreram 64 pessoas num incêndio …

Donald Trump

Revista Time pede a Trump que retire capa "fake" dos seus clubes de golfe

Donald Trump está envolvido em mais uma polémica. Depois de passar tanto tempo a criticar os media por fazerem aquilo a que chama de "notícias falsas", o próprio foi apanhado numa capa falsa da Time …

Imagem retirada do filme E.T., de 1982, do realizador Steven Spielberg

NASA desmente que "vai anunciar brevemente" descoberta de vida extraterrestre

Thomas Zurbuchen, administrador associado e director científico da NASA, clarificou esta segunda-feira nas redes sociais que a agência espacial norte-americana "não tem nenhum anúncio pendente" sobre a descoberta de vida extraterrestre. Num post publicado esta segunda-feira …

O vice-presidente brasileiro, Michel Temer

Temer diz que denúncia contra si é “uma ficção”

O Presidente do Brasil disse, esta terça-feira, numa declaração ao país que a denúncia de corrupção contra si, apresentada na segunda-feira no Supremo Tribunal Federal (STF) pelo procurador-geral, Rodrigo Janot, é "uma ficção". "A denúncia é …

Edifício do Ministério das Finanças em Lisboa

Mão humana no apagão de 10 mil milhões para offshores "é improvável”

A auditoria da Inspeção-Geral de Finanças (IGF) concluiu ser "extremamente improvável" que a falha informática que permitiu a saída de dez mil milhões de euros para offshore sem a análise do fisco tenha sido causada …