Avião russo explodiu depois de se despenhar

Yuri Kochetkov / EPA

Avião russo caiu perto de Moscovo

O avião de passageiros AN-148 com 71 pessoas a bordo que se despenhou alguns minutos depois de ter descolado do aeroporto internacional moscovita de Domodedovo, no momento da queda estava intacto e a bordo não foi registado nenhum incêndio.

A explosão ocorreu depois de o avião ter caído, comunicou a porta-voz do Comité de Investigação da Rússia, Svetlana Petrenko. “Foi estabelecido que no momento da queda o avião estava intacto, sem incêndios, a explosão ocorreu depois do acidente”, declarou a porta-voz, segundo a Sputnik News.

Svetlana acrescentou também que a investigação já levou a buscas no escritório das Linhas Aéreas de Saratov, de onde foram retiradas amostras de combustível, arquivos com dados de comunicação e monitorização do avião no ar e no solo e gravações digitais dos indicadores do radar com o voo do aparelho.

Antes, um representante do gabinete de emergência informou que foram encontrados mais de 200 fragmentos de corpos. As buscas continuam.

De acordo com a RT, o piloto do avião informou os controladores de voo de uma falha técnica e tentou averiguar a possibilidade de efetuar uma aterragem de emergência na cidade de Zhukovski.

Pouco antes, as autoridades apontavam na versão preliminar da causa do sinistro uma falha técnica ou do motor.

O avião An-148 caiu perto de Moscovo a 11 de fevereiro, todos os 65 passageiros e 6 tripulantes morreram no acidente. A investigação considerará todas as versões de causas que possam ter provocado a tragédia.

Caixa negra do avião que se despenhou perto de Moscovo foi encontrada

A caixa negra do avião que se despenhou no domingo, nos arredores de Moscovo, provocando a morte das 71 pessoas que seguiam a bordo, foi hoje encontrada, comunicaram as autoridades russas.

Apesar das dificuldades causadas pela neve que cai na zona do acidente, entre as localidades de Arguntsevo e Stepanovo, a caixa negra do aparelho acabou por ser encontrada na operação, tendo já sido aberta por especialistas.

O Comité Intergovernamental da Aviação russa salientou que a caixa negra, que vai revelar dados do voo e poderá indicar, com certezas, as causas do acidente do bimotor, está a ser analisada.

A operação, que recolheu já mais de 400 peças de material do Antonov An-148, mobiliza mais de mil pessoas e 200 veículos e prolongar-se-á por “quase uma semana”, como indicou o ministro dos Transportes russo, Maxime Sokolov.

As autoridades russas frisaram as dificuldades de “uma área muito grande, na qual muitos fragmentos do avião estão espalhados, da neve e do desnível do terreno”.

Maxim Sokolov, que lidera a comissão governamental responsável pela investigação do desastre, indicou que a identificação das vítimas vai requerer exames comparativos de ADN.

AN-148 tinha passado numa revisão completa há um mês

O avião de passageiros AN-148 que de despenhou este domingo tinha passado no último janeiro uma revisão completa de manutenção, informou Saratovskie Avialinii, a companhia aérea proprietária do aparelho.

A revisão, conhecida como “revisão tipo C”, realiza-se a cada dois anos e inclui, entre outras coisas, “a revisão do motor, a fuselagem e as asas“, afirma um comunicado divulgado pela companhia aérea baseada na cidade de Saratov (região no Volga), que suspendeu os voos de todos os seus AN-148.

A aeronave, além disso, passou na revisão de manutenção obrigatória que se deve fazer antes de cada voo “sem que se tenha detetado qualquer falha”, acrescentou a companhia aérea.

O avião, que caiu minutos após descolar do aeroporto Domodedovo (Moscovo), tinha completado outras três rotas durante o mesmo dia.

Inicialmente, as autoridades comunicaram que todos os ocupantes do avião eram cidadãos russos, mas mais tarde precisaram que havia três passageiros estrangeiros, um cidadão da Suíça, um do Azerbaijão e outro do Cazaquistão.

O AN-148 é um avião desenhado pela empresa aeronáutica ucraniana Antonov para cobrir rotas de distância média, com uma autonomia de voo de entre 2.200 e 4.400 quilómetros, dependendo da sua configuração.

O acidente aéreo deste domingo é o mais grave ocorrido na Rússia desde 25 de dezembro de 2016, quando o SU-154 caiu no mar Negro, causando a morte aos seus 96 ocupantes.

Salvo por milagre: russo resolve não viajar no avião An-148 em pleno aniversário

Maksim Kolomeitsev, um residente da cidade russa de Sochi, planeava viajar para Orsk a bordo do avião An-148, que caiu. No entanto, no último momento, teve de adiar a viagem para a semana seguinte porque o seu carro ainda se encontrava na oficina.

“Perdi 10.000 rublos (cerca de 140 euros) na troca de passagens, mas ganhei a vida“, escreveu Kolomeitsev na rede social russa VK. Kolomeitsev ficou a par da tragédia através de um amigo por telefone.

No início, não acreditei e pensei ser uma maneira estranha de me desejar ‘Feliz aniversário'”, confessou. Maksim revelou que faz anos a 11 de fevereiro e o presente do destino foi o mais valioso.

“As minhas condolências para todos os familiares dos falecidos, porque, na realidade, o que ocorreu é terrível. Não posso nem imaginar o que aconteceria se algum familiar meu estivesse nesse avião”, declarou Kolomeitsev.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O passageiro que decidiu não voar, e que se salvou, por modificar o voo perdeu mais de 140 mil Euros???? Qualquer coisa esta errado. Lamentável toda esta tragédia.

RESPONDER

Macron segue os passos de Portugal e remodela o Governo francês

Depois de Portugal, foi a vez da França fazer uma remodelação governamental. Quatro ministros estão de saída, entram oito e seis mudam de pasta. A remodelação do Governo francês foi anunciada na terça-feira, duas semanas depois …

Governo quer vender fardas da PSP e GNR na Internet

A criação de uma plataforma online para a venda das fardas dos militares da GNR e dos agentes da PSP é uma das medidas que consta do Orçamento do Estado para 2019, com o objectivo …

Explosão em escola na Crimeia faz 10 mortos e centenas de feridos

Pelo menos 10 pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas numa explosão no Instituto Politécnico da cidade de Kerch, no leste da Crimeia, de acordo com fontes médicas russas. "Como resultado de uma explosão no Instituto …

Relação confirma pena de prisão máxima para Pedro Dias

O Tribunal da Relação de Coimbra confirmou esta quarta-feira a decisão da primeira instância de condenar Pedro Dias a 25 anos de prisão por vários crimes cometidos em Aguiar da Beira, a 11 de outubro …

Benefícios fiscais só para novos contratos podem acelerar despejos

Depois de analisar as propostas do pacote de habitação, a UTAO avisa para as possíveis consequências das medidas de alívio fiscal no arrendamento, por apenas se aplicarem a novos contratos.   A Unidade Técnica de Apoio …

Subvenções vitalícias a políticos custam 7,17 milhões (e a lista continua em segredo)

O Orçamento de Estado para 2019 prevê um gasto de 7,17 milhões de euros com as subvenções vitalícias atribuídas a políticos. Um valor que desce apenas 90 mil euros, relativamente a 2018, numa altura em …

Afinal, a Google cedeu dados de bloggers ao Benfica

O Benfica chegou a acordo com a Google para a obtenção da identidade dos autores de blogues que divulgaram emails roubados ao clube. Os encarnados terão desistido da acção contra a gigante tecnológica. O Jornal de …

Centeno contraria Marcelo: “O único orçamento eleitoralista foi o de 2016”

Na sua primeira entrevista após a entrega do Orçamento de Estado para 2019, Mário Centeno rejeitou que a proposta seja eleitoralista, afirmando que o único orçamento eleitoralista nesta legislatura foi o de 2016. Ao contrário das …

Cerveja pode ficar cinco vezes mais cara devido às alterações climáticas

Más notícias para os amantes de cerveja. As alterações climáticas, além de elevarem o nível médio de mar e causarem furacões mais fortes e incêndios mais intensos, podem também prejudicar a produção e, consequente, a …

Governo acaba com curso que dava acesso direto a emprego no Estado

Na edição desta quarta-feira, o Público avança que, no Orçamento do Estado para 2019, o CEAGP será revogado e será criado um novo programa de formação destinado aos técnicos superiores. O Governo vai acabar com o …