Avião da Qantas aterra de emergência após queda de 9 mil metros

Lasse Fuss / Flickr

-

Um avião da companhia aérea australiana Qantas efetuou esta segunda-feira uma aterragem de emergência na cidade australiana de Perth depois de, rapidamente, ter descido mais de 9.000 metros, aparentemente devido a problemas com o ar-condicionado.

O avião, que realizava o voo QF2, entre o Dubai e Sydney, desceu dos 11.895 metros para os 2.745 metros em poucos minutos, revelou o canal 9 da televisão local.

O comandante da aeronave terá decidido executar uma “descida rápida controlada”, depois de terem sido detectados problemas no ar condicionado do avião, um Airbus A380.

Segundo o Sydney Herald, a aeronave encontrava-se a 800 km da costa australiana quando o comandante anunciou que iria fazer a descida rápida, dos 39.0000 aos 9.000 pés.

O avião desviou então a sua rota para o aeroporto de Perth, que lhe abriu uma “aterragem prioritária“.

Os serviços de emergência do aeroporto esperavam o avião na pista numa manobra que decorreu de forma segura.

“Uma forma interessante de começar o dia. Queda de 10.000 metros em quatro minutos. QF2, muitas pessoas a tremer. Os pilotos e a tripulação fizeram um bom trabalho”, comentou Nigel Richardson, um dos passageiros, numa mensagem publicada na hash #QF2 do Twitter, após o incidente.

@NigelRichardson / Twitter

Os passageiros do voo QF2 mantiveram a calma

Os passageiros do voo QF2 mantiveram a calma

Richardson elogiou o trabalho da tripulação, que manteve os passageiros mais nervosos informados do que se estava a passar.

“É sempre interessante, quando de repente começamos a ver a tripulação de cabine a correr de um lado para o outro…”, comentou Richardson.

ZAP / Lusa

 

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Exmºs Srs,
    Este texto está confuso e contraditório. Em primeiro lugar leva o leitor a entender que o avião desceu devido a problemas com o ar condicionado. Nos parágrafos seguintes relata que a descida é que causou os problemas no ar condicionado. Por fim, não explica o problema que levou à descida de 9.000 metros. Na minha opinião precisa de revisão.
    Bom trabalho.

  2. O titulo está… exagerado, o avião não “caiu”, os aviões, em regra, não “caem”, nem mesmo em muitas das vezes que chocam contra o chão. Correctamente só se pode dizer que “caem” quando deixam de voar, ou seja, quando as asas já não fornecem sustentação nem as superfícies de controlo fornecem controlo e o seu comportamento deixa de ser o de uma aeronave (que voa) para passar a ser mais parecido com o de uma pedra (que cai). Típicamente os aviões só “caem” quando se desintegram, ou, regra geral, perdem asas, ou a cauda, eventualmente quando entrem em perda tb se pode dizer que estão a “cair”.

    Uma descida rápida não é de forma nenhuma uma queda, caso contrário os caças e os aviões acrobáticos passavam uma parte razoável do seu tempo de voo a “cair”…

    🙂

    • Caro João,
      Aceitando o seu ponto de vista técnico, o título poderá estar impreciso, talvez devesse ser “descida rápida de 9.000 metros”.
      Obrigado pelo reparo

  3. É isso, pilotaço… as pedras é que caem. O titulo mais logico seria ” Avião aterra de emergência devido a avaria no ar condicionado”. Mas esse titulo não vendia como o que está…. bons voos 🙂

RESPONDER

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …