Avião da Qantas aterra de emergência após queda de 9 mil metros

Lasse Fuss / Flickr

-

Um avião da companhia aérea australiana Qantas efetuou esta segunda-feira uma aterragem de emergência na cidade australiana de Perth depois de, rapidamente, ter descido mais de 9.000 metros, aparentemente devido a problemas com o ar-condicionado.

O avião, que realizava o voo QF2, entre o Dubai e Sydney, desceu dos 11.895 metros para os 2.745 metros em poucos minutos, revelou o canal 9 da televisão local.

O comandante da aeronave terá decidido executar uma “descida rápida controlada”, depois de terem sido detectados problemas no ar condicionado do avião, um Airbus A380.

Segundo o Sydney Herald, a aeronave encontrava-se a 800 km da costa australiana quando o comandante anunciou que iria fazer a descida rápida, dos 39.0000 aos 9.000 pés.

O avião desviou então a sua rota para o aeroporto de Perth, que lhe abriu uma “aterragem prioritária“.

Os serviços de emergência do aeroporto esperavam o avião na pista numa manobra que decorreu de forma segura.

“Uma forma interessante de começar o dia. Queda de 10.000 metros em quatro minutos. QF2, muitas pessoas a tremer. Os pilotos e a tripulação fizeram um bom trabalho”, comentou Nigel Richardson, um dos passageiros, numa mensagem publicada na hash #QF2 do Twitter, após o incidente.

@NigelRichardson / Twitter

Os passageiros do voo QF2 mantiveram a calma

Os passageiros do voo QF2 mantiveram a calma

Richardson elogiou o trabalho da tripulação, que manteve os passageiros mais nervosos informados do que se estava a passar.

“É sempre interessante, quando de repente começamos a ver a tripulação de cabine a correr de um lado para o outro…”, comentou Richardson.

ZAP / Lusa

 

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Exmºs Srs,
    Este texto está confuso e contraditório. Em primeiro lugar leva o leitor a entender que o avião desceu devido a problemas com o ar condicionado. Nos parágrafos seguintes relata que a descida é que causou os problemas no ar condicionado. Por fim, não explica o problema que levou à descida de 9.000 metros. Na minha opinião precisa de revisão.
    Bom trabalho.

  2. O titulo está… exagerado, o avião não “caiu”, os aviões, em regra, não “caem”, nem mesmo em muitas das vezes que chocam contra o chão. Correctamente só se pode dizer que “caem” quando deixam de voar, ou seja, quando as asas já não fornecem sustentação nem as superfícies de controlo fornecem controlo e o seu comportamento deixa de ser o de uma aeronave (que voa) para passar a ser mais parecido com o de uma pedra (que cai). Típicamente os aviões só “caem” quando se desintegram, ou, regra geral, perdem asas, ou a cauda, eventualmente quando entrem em perda tb se pode dizer que estão a “cair”.

    Uma descida rápida não é de forma nenhuma uma queda, caso contrário os caças e os aviões acrobáticos passavam uma parte razoável do seu tempo de voo a “cair”…

    🙂

    • Caro João,
      Aceitando o seu ponto de vista técnico, o título poderá estar impreciso, talvez devesse ser “descida rápida de 9.000 metros”.
      Obrigado pelo reparo

  3. É isso, pilotaço… as pedras é que caem. O titulo mais logico seria ” Avião aterra de emergência devido a avaria no ar condicionado”. Mas esse titulo não vendia como o que está…. bons voos 🙂

RESPONDER

Um aumento de 2 euros por mês para quem ganha mil. Proposta do Governo revolta a Função Pública

O aumento salarial de 0,3% proposto pelo Governo para a Função Pública em 2020, vai garantir um acréscimo líquido anual de 26,25 euros para um trabalhador que ganhe cerca de mil euros por mês, segundo …

Tribunal ordena ao Facebook que reative conta de partido neofascista italiano

Um tribunal de Roma ordenou que o Facebook reativasse a conta do partido italiano neofascista CasaPound, obrigando ainda a rede social a pagar 800 euros por cada dia que a conta esteve desativada. De acordo com …

Franceses não dão tréguas. Greves podem durar até ao Natal

As mobilizações em França contra a reforma dos sistema de pensões, que paralisam vários setores mas sobretudo os transportes públicos, entraram no seu nono dia esta sexta-feira e podem continuar até ao Natal. Os sindicatos de …

Treinadores portugueses dominam provas europeias. Vão 9 a sorteio

Nove treinadores portugueses vão continuar das provas europeias, que incluem a Liga Europa e a Liga dos Campeões. Ao todo, seguem nas competições 48 clubes, que vão ver o seu futuro decidido no sorteio da …

Aumentos da Função Pública. Frente Comum abandona negociações com o Governo (e já pensa em formas de luta)

A Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública abandonou as negociações com o Governo sobre as medidas a incluir no próximo Orçamento do Estado, indignada com os aumentos salariais de 0,3% propostos pelo Executivo. Segundo relatou …

Alphonso Davies. De refugiado no Gana a um dos maiores prodígios da Baviera

Alphonso Davies é um dos maiores talentos do futebol mundial na atualidade. O jogador nasceu num campo de refugiados no Gana e brilha agora nos relvados de Munique. Nascido já no novo milénio, Alphonso Davies é …

Bruxelas deverá aceitar redução do IVA da luz por escalões de consumo

A intenção do Governo de aplicar uma redução do IVA da eletricidade por escalões de consumo deverá ter o aval da Comissão Europeia. A notícia é avançado pelo Jornal de Negócios, que recorda que, em abril, …

Diretora da RTP boicotou investigação do "Sexta às 9" a instituto onde deu aulas

A diretora da RTP Maria Flor Pedroso confessou ter informado a diretora de uma instituição de ensino sobre uma investigação que estava a ser feita pela equipa do programa "Sexta às 9". Há uma nova polémica …

Bruno Lage renova com o Benfica até 2024

O treinador do Benfica, Bruno Lage, renovou o contrato até 2024, anunciou hoje o clube campeão português de futebol, no seu site oficial. Bruno Lage, de 43 anos, assumiu o comando da equipa principal do Benfica …

Autonomia para a contratação nos hospitais continua a depender de Centeno

Os hospitais já não precisam de autorização do Ministério das Finanças para substituir os profissionais de saúde. Porém, se quiserem ter total autonomia, continuam a precisar da aprovação do ministério tutelado por Mário Centeno. Na quarta-feira, …